Início INTERIOR Secretário de Saúde sofre atentado no interior do AM
Secretário de Saúde sofre atentado no interior do AM

Secretário de Saúde sofre atentado no interior do AM

8
0

O secretário de saúde de Iranduba, Marcos Antônio Peixoto Coelho, de 51 anos, foi agredido a murros por volta das 21 horas de ontem, quando deixava a sede da Secretaria, no centro da cidade.

O carro em que estava Marcos Coelho, que era dirigido por um assessor de nome Wallace da Silva, foi fechado por um veículo tipo Fiat Strada vermelho de cabine estendida.

Segundo testemunhas, um outro veículo, que seria uma pick-up de cor azul, também estava dando suporte à ação criminosa.

Pelo menos três homens, sendo dois aparentemente mais idosos e um jovem, ameaçaram o secretário de saúde e o assessor, que chegaram a ficar sob a mira uma pistola de cor prata.

Um deles obrigou Marcos Coelho a sair do veículo e tentou tomar-lhe a mochila, mas ele se recusou a entregar.

O assessor Wallace da Silva também resistiu à ordem dos bandidos de entregar a chave do veículo.

Na Delegacia do 31º DIP, onde o caso foi registrado, o secretário de saúde de Iranduba, Marcos Coelho, contou que o homem mais jovem foi quem lhe aplicou pelo menos dois murros, um deles na boca.

O secretário e o assessor, que não quiseram gravar entrevista porque estavam bastante abalados com a ocorrência, também relataram ter ouvido de um dos homens a frase: “isso é só um aviso”.

A agressão a Marcos Coelho ocorreu segundos após ele atender a uma ligação de um repórter que buscava informações sobre o pagamento dos salários de cerca de 500 funcionários da saúde que se encontram em atraso há quase 10 dias, de acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos do município, que programou uma paralisação de advertência para hoje caso o dinheiro não esteja nas contas.

Na ocasião, o secretário informou que a transferência dos recursos foi feita na tarde de ontem e que os salários estarão disponíveis nesta sexta-feira (9).

Garis e servidores comissionados da Prefeitura de Iranduba também estão com os vencimentos de agosto em atraso.

A prefeita do município, Madalena de Jesus, do PSD, que concorre à reeleição, disse na noite de ontem que o motivo do atraso é a queda de arrecadação federal e municipal. (Colaboração: J.RAY)

(8)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

script charset="UTF-8" src="//cdn.sendpulse.com/28edd3380a1c17cf65b137fe96516659/js/push/694f057914f01ff839cc74d8f75a3baf_0.js" async>
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE