468x60
Início BRASIL Ex-jogador do Vasco é assassinado a tiros no litoral de SP
Ex-jogador do Vasco é assassinado a tiros no litoral de SP

Ex-jogador do Vasco é assassinado a tiros no litoral de SP

68
0

A torcida do Vasco da Gama deve se lembrar dele. O jogador de futebol, Alan Pereira, de apenas 26 anos, foi morto na noite da última sexta-feira (12) em uma praia do litoral de São Paulo a tiros. O atleta, que estava atuando no Club Deportivo y Social Santa Rita, do Equador, estava em um campo de várzea com um amigo, quando os dois foram alvos de atiradores que estavam em uma moto.

Leia também: São Raimundo acerta mais três contratações para 2018

O crime aconteceu em Praia Grande. De acordo com informações da Polícia Militar, os disparos foram feitos na rua Cora Carolina, próximo do Canal 18. Testemunhas afirmam que a dupla estava em cima de uma moto preta, efetuou o disparo contra um grupo de pessoas e logo em seguida fugiu do local. Alan e o seu outro amigo, identificado como Mafaldo Alexandre Pereira, foram socorridos até o Pronto-Socorro de Quietude. No entanto, o jogador de futebol já estava morto quando chegou à unidade de saúde. O outro rapaz, também baleado, foi transferido para o Hospital Irmã Dulce.

Leia também: Flamengo anuncia renovação de contrato do meia Ederson até junho

A prefeitura de Praia Grande confirma a informação de que Alan Pereira foi socorrido pelos moradores locais. Assim que chegou ao Pronto-Socorro, recebeu os primeiros procedimentos médicos, mas momentos depois a equipe da unidade de saúde protocolou o óbito. Já a assessoria de imprensa do Hospital Irmã Dulce afirma que a outra vítima, Mafaldo, foi levado imediatamente para o centro cirúrgico. O quadro clínico do paciente não foi informado, pois os médicos estariam focados no atendimento ao homem.

Leia também: Atleta paralímpico Brendow Christian ministra palestra no auditório da Vila Olímpica

Para a imprensa, as autoridades afirmaram que irão passar o caso para a Delegacia Sede. Até o final da madrugada deste sábado (13), os policiais ainda não tinham descoberto qual poderia ser a possível motivação do crime, ainda mais que não foi constatado roubo. Na delegacia, algumas testemunhas já foram ouvidas, o que pode ajudar na resolução do caso. Já a dupla de atiradores ainda não foi identificada, assim, os oficiais ainda buscam descobrir algo para depois saber do paradeiro dos criminosos.

Alan Pereira atuava como zagueiro. Antes de chegar ao futebol equatoriano, o jogador atuava como atacante e chegou a defender clubes como o Americano, Comercial, Arapongas e Goytacaz.

(68)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

script charset="UTF-8" src="//cdn.sendpulse.com/28edd3380a1c17cf65b137fe96516659/js/push/694f057914f01ff839cc74d8f75a3baf_0.js" async>
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE