468x60
Início POLÍTICA “Rio Negro pode virar reserva e afetar a economia”, alerta Dermilson Chagas
“Rio Negro pode virar reserva e afetar a economia”, alerta Dermilson Chagas

“Rio Negro pode virar reserva e afetar a economia”, alerta Dermilson Chagas

18
0

A confirmação do rio Negro como sítio Ramsar (reconhecimento internacional da importância ecológica e do valor social, econômico, cultural, científico e recreativo) foi alertada pelo deputado Dermilson Chagas (PEN) nesta quarta-feira (7) na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Se receber o título, o rio Negro passa a ser considerado uma espécie de reserva de preservação, inviabilizando atividades econômicas importantes para o Estado.

O parlamentar afirmou, em pronunciamento, que o título prejudicará a pesca, o turismo e área portuária. “Essa ação vai trazer prejuízos econômicos. Precisamos sim preservar, mas precisamos também pensar nas nossas necessidades e sustento, sem prejudicar o meio ambiente”, esclareceu Chagas.

A proposta de indicação do rio Negro como sítio foi enviada pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) ao Secretariado da Convenção das Zonas Úmidas de Importância Internacional, na Suíça, no último dia 2. O título deverá ser concedido antes do 8º Fórum Mundial das Águas, que será realizado em Brasília, em março. Caso aprovado, será o maior sítio Ramsar do mundo.

“Isso significa engessar nossas possibilidades econômicas e é um impacto violento para o estado do Amazonas. Não vai haver mais investimentos e isso é inviabilizar nosso desenvolvimento”, finalizou.

 

(18)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

script charset="UTF-8" src="//cdn.sendpulse.com/28edd3380a1c17cf65b137fe96516659/js/push/694f057914f01ff839cc74d8f75a3baf_0.js" async>
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE