468x60
Início AMAZONAS Pesquisa no Amazonas, busca identificar perfil de pacientes que têm nódulos de tireoide
Pesquisa no Amazonas, busca identificar perfil de pacientes que têm nódulos de tireoide

Pesquisa no Amazonas, busca identificar perfil de pacientes que têm nódulos de tireoide

7
0

Saber o perfil epidemiológico e clínico dos pacientes com nódulos de tireoide no Amazonas é o objetivo de uma pesquisa científica desenvolvida pela graduanda em Medicina, Fernanda Cessel, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). O estudo quer identificar quais são as características dos portadores do nódulo, de acordo com a idade, sexo, característica clínica e ultrassonográficas da tireoide.

A pesquisa vem sendo realizada na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), por meio da coleta de dados dos prontuários dos pacientes com nódulo na tireoide, encaminhados ao ambulatório de ultrassonografia da FCecon, no período de agosto de 2014 até junho de 2017.

De acordo com Fernanda, com a pesquisa será possível caracterizar, especificamente, a população do Amazonas e saber quais são os pacientes com perfis mais comuns para o surgimento do câncer benigno e maligno. Com isso ajudará a traçar as ações de prevenção e a não evolução da doença.

Com o trabalho, a estudante espera mostrar que os pacientes portadores de nódulo na tireoide no Estado possuem características diferenciadas, quando comparados com o perfil estabelecido por estudos em pacientes de outras regiões do país.

Apoio da Fapeam

A pesquisa, que começou em agosto de 2017, tem previsão para terminar em julho deste ano, conta com apoio do Governo do Amazonas via Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), no âmbito do Programa de Apoio à Iniciação Científica (PAIC).

Até o momento, já foram coletados dados de 400 pacientes. Desse número, apenas cinco são homens. Segundo informações do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de tireoide é três vezes mais frequente no sexo feminino.

“Primeiro analisamos os laudos dos ultrassons, depois comparamos o resultado do ultrassom com a citologia para saber quais as características ultrassonográficas são mais prevalentes nos perfis malignos ou benignos da citologia” disse. Os resultados parciais da pesquisa estão previstos para serem divulgados no mês de fevereiro.

Paic

O programa visa disseminar o conhecimento científico por meio do envolvimento das instituições, pesquisadores e estudantes de graduação em todo o processo de investigação, proporcionando principalmente aos alunos a experiência prática e o desenvolvimento de habilidades em pesquisas.

“A iniciação científica é uma oportunidade para despertar no estudante o interesse para a pesquisa. Este incentivo faz com que os alunos continuem trilhando o caminhando da ciência durante e após a graduação”, finalizou.

Com informações da assessoria

(7)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

script charset="UTF-8" src="//cdn.sendpulse.com/28edd3380a1c17cf65b137fe96516659/js/push/694f057914f01ff839cc74d8f75a3baf_0.js" async>
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE