468x60
Início MANAUS Secretário de Saúde, Francisco Deodato, inspeciona estrutura montada pela SUSAM para o Carnaval
Secretário de Saúde, Francisco Deodato, inspeciona estrutura montada pela SUSAM para o Carnaval

Secretário de Saúde, Francisco Deodato, inspeciona estrutura montada pela SUSAM para o Carnaval

1
0

O secretário Estadual de Saúde, Francisco Deodato, inspecionou, neste sábado (10/02), as três principais unidades de urgência e emergência da capital – os prontos-socorros 28 de Agosto, na zona centro-sul, Platão Araújo e João Lúcio Machado, na zona leste. Ele foi conferir a estrutura das unidades que estão funcionando seguindo o esquema especial montado pela Secretaria de Estado de Saúde (SUSAM) para o feriado de Carnaval.

 

A SUSAM reforçou o atendimento nas grandes unidades, SPAs e até maternidades, com abastecimento de medicamentos e materiais hospitalares, aumento das equipes de plantão e a abertura de novos leitos de retaguarda em hospitais da rede.

 

Segundo constatou Deodato, tudo estava funcionando conforme o planejado. “Nós agora completamos a inspeção que estamos fazendo desde o inicio da manhã. Estivemos no 28 de Agosto, no Platão Araújo e no João Lúcio, exatamente verificando as condições deste esquema de saúde especial que  foi montado para o Carnaval. Nós estamos, portanto, com as três grandes unidades de urgência prontas para atender ás pessoas. Obviamente, esperando que não seja necessário, pedindo a elas que divirtam-se com tranquilidade, que evitem os excessos, mas, se for necessário, nos estamos prontos para isso”, disse Deodato, ao ressaltar que a determinação do governador Amazonino Mendes foi de que  o atendimento ocorra de forma tranquila.

 

Reforço de leitos – Na sexta-feira (09/02) foram abertos 47 novos leitos no Hospital da Fundação Adriano Jorge, que somam-se a mais 45 na Beneficente Portuguesa e outros 56 no HPS Zona Norte para aliviar a lotação nos prontos-socorros. A medida surtiu efeito e, na manhã deste sábado de Carnaval, já era possível visualizar corredores mais vazios e já quase sem macas. “As macas vão sempre existir, porque os prontos-socorros são unidades de ‘portas abertas’ e têm obrigação de atender a todos que buscam atendimento. Mas, conforme vamos dando vazão ao fluxo, seja por alta ou por transferência, vamos ocupando os leitos vagos com estes pacientes”, explicou o diretor do PS Platão Araújo, Carlos Nossa.

 

Na Sala Vermelha do PS 28 de Agosto, onde os pacientes que dão entrada recebem os primeiros atendimentos, a situação estava bem tranquila na manhã de sábado, com poucas pessoas sendo atendidas. “Temos doze leitos, mas, às vezes, precisamos expandir alcançando até o dobro, porque não tem leito de internação. Com as remoções que estamos fazendo para os hospitais de apoio, melhoramos o nosso fluxo interno”, disse a diretora do PS, Claudia Teixeira.

 

Além dos três prontos-socorros visitados, explica Deodato, também houve reforço na rede de prontos-socorros infantis e de Serviço de Pronto Atendimento (SPAs), que estão dando suporte às unidades maiores. “Viemos nas três grandes, na verdade,  porque são referência nas urgências –  28 de Agosto, Platão e João Lúcio, mas todas as demais que compõem a rede de urgência e emergência foram reforçadas com equipamento com abastecimento de produto, com fluxo pronto e especial para atender as pessoas no Carnaval.

(1)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

script charset="UTF-8" src="//cdn.sendpulse.com/28edd3380a1c17cf65b137fe96516659/js/push/694f057914f01ff839cc74d8f75a3baf_0.js" async>
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE