Início BRASIL PT transfere sede nacional para Curitiba; governadores tentam visitar Lula nesta terça
PT transfere sede nacional para Curitiba; governadores tentam visitar Lula nesta terça

PT transfere sede nacional para Curitiba; governadores tentam visitar Lula nesta terça

52
0

Nessa terça-feira (10), dez governadores de estados do Nordeste, de Minas Gerais e do Acre vão tentar visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba.

De acordo com a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, a visita serve para prestar solidariedade a Lula.

Preso desde sábado, em Curitiba, o petista está sereno, mas indignado com a situação, segundo o advogado Cristiano Zanin.

Após visita, o advogado afirmou que o ex-presidente ainda não tinha tomado banho de sol, mas que a Polícia Federal já está se organizando para viabilizar a medida.

Contou que Lula está lendo o livro “A Elite do Atraso”, de Jessé de Souza. Detalhou, também, que ele assistiu ao jogo do Corinthians, no domingo (8), pelo Campeonato Paulista, e ficou feliz com a vitória.

No primeiro dia útil após a prisão do ex-presidente, a Executiva Nacional do PT se reuniu para definir os rumos do partido a partir de agora.

Segundo Gleisi Hoffmann, uma das decisões foi a mudança temporária da sede da legenda para Curitiba, enquanto Lula estiver preso na cidade.

Também nesta segunda-feira recomeçou o atendimento ao público na sede da Polícia Federal. Serviços como a emissão de passaporte continuam, mas foi montado um esquema especial.

Com as ruas bloqueadas, quem tem atendimento agendado deve comprovar o serviço para passar pela interdição feita pela Polícia Militar (PM), em torno do prédio. Após passar pelo primeiro bloqueio, a pé, é preciso aguardar do lado de fora do portão da Superintendência, em fila.

Agentes da instituição controlam a entrada e liberam as pessoas em grupos para entrar no prédio à medida que outras deixam o local.

O administrador Leandro Oliveira veio tirar o passaporte e contou que teve de comprovar o agendamento para ter permissão e passar pelas barreiras policiais. Mas avaliou que a ação é necessária.

A Polícia Federal não divulgou detalhes sobre o esquema nem até quando o atendimento será assim. Mas destacou que os serviços não pararam.

(52)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

script charset="UTF-8" src="//cdn.sendpulse.com/28edd3380a1c17cf65b137fe96516659/js/push/694f057914f01ff839cc74d8f75a3baf_0.js" async>
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE