10ª Mostra de Teatro do Amazonas é sucesso de público

10ª Mostra de Teatro do Amazonas é sucesso de público

Sucesso de público, a 10ª Mostra de Teatro do Amazonas apresenta mais 11 espetáculos até o encerramento, no próximo sábado, 7. Duas apresentações estão programadas para esta quarta-feira, às 17h e 19h, respectivamente. Iniciado no último dia 30, o evento já contabilizou 11 peças montadas e a expectativa é de que tenha um alcance de público de três mil pessoas até o último dia, segundo a Federação de Teatro do Amazonas (Fetam).

Com programação gratuita, a Mostra acontece em parques, praças e espaços públicos de livre acesso, aproximando as artes cênicas do público em geral. “Este projeto foi contemplado, via edital, no Prêmio Manaus de Conexões Culturais 2015, e é um exemplo de como a sociedade em geral, associações, produtores e agentes culturais podem propor e ajudar a compor o cenário artístico-cultural da cidade”, afirmou o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula.

Na avaliação do diretor e produtor Douglas Rodrigues, vice-presidente da Fetam, eventos como esse são muito importante para valorização da produção local. “Temos todas as apresentações lotadas, com pessoas em pé, inclusive, o que demonstra que o público acompanha artes cênicas e que quer ver isso na cidade. Somando 22 apresentações, acreditamos que iremos atingir mais de 3 mil pessoas”, afirmou.

De crianças a adultos, a programação da 10ª Mostra de Teatro do Amazonas vem chamando a atenção de todos os tipos de público. No Les Artistes Café Teatro, crianças se divertiram com o espetáculo “Contra Regra”, do ator e diretor Jean Palladino, apresentado na última-segunda-feira, 2. O espetáculo, que traz números circenses e clássicos da palhaçaria, conquistou os pequenos e pais dos pequenos.

Segundo Aline Santos, 26, mãe de Paulo Ricardo, de apenas 4 anos, o filho se divertiu tanto que ela pretende levá-lo em outras apresentações. “É muito bom poder assistir apresentações como essa, com uma linguagem tão simples e muito engraçada. Ver as gargalhadas do meu filho foi gratificante”, disse.

A estudante de Direito Aline de Jesus, 26, também foi conferir a apresentação de “O Pequeno Príncipe”, da Cia Trilhares, no Les Artistes Café Teatro. “Fiquei sabendo pelo jornal sobre a Mostra, e, como estudo aqui no Centro, e vi que era gratuito, vim conferir. Gosto muito da história do Pequeno Príncipe, que é encantadora e a gente acaba aprendendo muito”, afirmou. “O incentivo à cultura é muito importante. Isso estimula o público e o artista”, completou. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *