14º Seminário Amazônico de Geriatria e Gerontologia reúne pesquisadores e médicos internacionais em Manaus

14º Seminário Amazônico de Geriatria e Gerontologia reúne pesquisadores e médicos internacionais em Manaus
SAMSUNG CSC

Médicos, pesquisadores e sociedade estão reunidos no ‘14º Seminário Amazônico de Geriatria e Gerontologia’ para discutirem novos modelos de prevenção e qualidade de vida dos idosos. O evento começou nesta terça-feira, dia 8, e termina na quarta-feira, (9), no Auditório da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), localizado na Avenida Mário Ypiranga, Nº 3950, bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul. O evento é uma realização da Universidade Aberta da Terceira Idade da Universidade do Estado do Amazonas (UnAti-UEA).

O diretor-presidente da UnATI, o médico Euler Ribeiro, destaca ainda que pretende, durante o Seminário, mobilizar a sociedade para a construção de uma casa-laboratório da UnAti-UEA. “Em Madrid temos o exemplo de um hospital para cuidados preventivos com o idoso. Queremos o apoio de indústrias do PIM, como a Samsung, para patrocinar a construção de uma casa-laboratório com o objetivo de cuidar de pessoas fragilizadas”, explicou.

O médico Manoel Grandal, do Hospital de Madrid, palestrou sobre o “Modelo Poveda de reabilitação e recuperação de idosos pós-internações hospitalares”. “O hospital de Madrid utiliza a telemedicina para evitar que as pessoas se desloquem até o local. As informações também são disponibilizadas na Internet para facilitar a vida da família e do idoso. Há a possibilidade de implantar o modelo no Brasil”, destacou.

O Reitor da UEA, Cleinaldo Costa, explica que essa é a parte mais importante da UnAti, pois ela aplica o conhecimento diariamente e dialoga com a comunidade. “É um trabalho de resgate de qualidade de vida que a UnAti-UEA proporciona. Existem também as pesquisas em parceria com universidades nacionais e estrangeiras”, salientou.

Sobre o Seminário 

O 14º Seminário Amazônico de Geriatria e Gerontologia tem como tema ‘Delineando Modelos de Cuidados Adaptáveis em Saúde e sem Fronteiras’. O objetivo do encontro é discutir e refletir novas práticas de atenção e prevenção à saúde dos indivíduos e qualidade de vida do idoso no contexto amazônico. A programação segue durante toda a terça-feira (8) com palestras, mesas redondas, debates, apresentação teatral e exposição de banner. O seminário reúne pesquisadores locais, nacionais e internacionais.

Na quarta-feira (9), 9h30, o professor Toshiro Aigaki, da Tokyo Metropolitan University, ministrará a palestra “Ação na ampliação da longevidade e no espectro sexual das drosófilas (moscas)”. “É importante participar de seminários na região, principalmente em relação as pesquisas do guaraná. Fiquei encantado com o poder do fruto da Amazônia”, observou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *