Arquivo para junho 29th, 2018

Motociclista tem cabeça esmagada por carreta na Av. Buriti

29 de junho de 2018 18:141 comentário
Motociclista tem cabeça esmagada por carreta na Av. Buriti

Um motociclista identificado apenas como Pastor Alex, morreu na tarde desta sexta (29), após ter cabeça esmagada por uma carreta na Av. Buriti, na saída do bairro Japiim, Zona Sul de Manaus

De acordo com as primeiras informações a vitima teria caído após passar em um buraco e acabou tendo a cabeça esmagada por uma carreta que cruzava o sinal no momento.

Uma outra pessoa também ficou ferida, Rui Rodrigo, de 17 anos, que estava na garupa da vitima, quebrou o braço e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhado para o Pronto Socorro Platão Araujo.

*Mais informações em instantes

 

Ministro Alexandre de Moraes nega pedido de liberdade de Lula

Ministro Alexandre de Moraes nega pedido de liberdade de Lula

Servidores do sistema prisional participam de curso de escolta armada promovido pelo Depen

Servidores do sistema prisional participam de curso de escolta armada promovido pelo Depen

Instrutores do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) estão em Manaus para promover o curso de escolta armada em nível básico para servidores da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) do Amazonas. Com início na última quarta-feira (27/06), o curso teve conclusão nesta sexta-feira (29/06), após aulas teóricas, práticas e com realização de prova com o conteúdo aplicado nos três dias de capacitação.

A aula inaugural teve como base as noções teóricas do curso e foi ministrada no auditório da Seap. As aulas práticas foram passadas nos dois dias seguintes, sendo aplicadas nas estruturas do Centro de Detenção Provisória de Manaus II (CDPM II), localizado no km 8 da BR-174.

De acordo com o agente federal da execução penal e supervisor do Depen, Fábio Dias, o curso tem três fases, e que futuramente os servidores certificados no nível básico poderão participar dos níveis intermediário e avançado. “O que está sendo aplicado no momento são noções para algemamento, condução de presos dentro de uma penitenciária e idas externas a fóruns, como passar por populares durante as escoltas com presos e transposição das algemas dos presos nas apresentações do fórum para assinatura de documentos”.

Fábio Dias ressaltou ainda que o curso e outras capacitações são disponibilizados para todos os estados pela Escola Nacional de Serviços Penais (Espen) do Depen, mediante solicitações conforme a necessidade de cada região. Para o curso de escolta armada, a Escola de Administração Penitenciária (Esap) da Seap, realizou o contato para que a capacitação fosse promovida para 30 servidores, entre agentes penitenciários de carreira do estado, policiais militares lotados nas áreas operacionais da Seap e policiais militares que atuam no Batalhão de Guardas das unidades prisionais.

Continuidade – A previsão é que os certificados neste primeiro módulo passem pelas outras fases do curso no início do ano que vem. Para os níveis intermediário e avançado serão aplicadas noções para comboio de viaturas, preparo e intervenções policiais em casos de emboscadas durante escoltas.

Saiba como reduzir a conta de luz em época de reajustes

Saiba como reduzir a conta de luz em época de reajustes

AAgência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou recentemente que a bandeira tarifária em junho ficaria no segundo patamar da cor vermelha, o mais alto. De acordo com analistas do setor, isso implica em um aumento de 10% a 25,7% na conta de energia do mês de junho, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Além disso, muitas distribuidoras regionais devem repassar nos próximos meses os reajustes do serviço, deixando a conta ainda maior. Mas o consumidor pode recorrer a sistemas alternativos de energia para evitar despesas futuras excedentes.

Desde 2012, a resolução 482 da Aneel permite ao consumidor abater o preço da conta de luz se o mesmo possuir um sistema independente de geração de energia em sua casa ou empresa. Ruberval Baldini, diretor executivo da BR Solar e presidente da Associação Brasileira de Energias Alternativas (Abeama), um dos responsáveis pela implantação da medida, disse à ANSA que é viável, sim, criar o próprio sistema.

De acordo com Baldini, o consumir precisa primeiro contatar uma companhia especializada em energias renováveis para fazer um estudo da conta de luz e entender qual a melhor maneira de modificá-la.

Feito isso, a energia geradora é aplicada na residência, que passará a ter dois relógios de medição: um de ida, que contabiliza o consumo, e outro de volta, que “empresta” a energia solar que não foi utilizada pelo consumidor para a concessionária realizar a redistribuição em outros locais.

Através do método, é gerado um crédito energético, que pode ser compensado da tarifa de luz em até 36 meses. Como ter energia renovável em casa e no trabalho? Segundo Baldini, é necessário que haja uma boa área de insolação no local que se deseja aplicar a tecnologia. Porém, também existem no mercado soluções caso a incidência solar não seja suficiente para sustentar o sistema.

“Se o cliente tem uma garagem com área descoberta em casa, podemos cobrir o carro com painéis. E se esse mesmo automóvel for elétrico, fornecemos um carregador”, falou o diretor executivo da BR Solar. Outra forma de reduzir a conta de energia elétrica é ter um sistema de aquecimento para água do chuveiro, ou para reaproveitar água da caixa para regar jardins.

A energia gerada também pode beneficiar empresas com grande área de insolação ou pequenos comércios que usem os painéis fotovoltaicos. Vantagens: Para Gerson Max, gerente de negócios da Premium Solar, que atende integradores e empresas de engenharia oferecendo treinamentos profissionais para a instalação de energia solar, o sistema “reduz custo, ajuda o planeta e cria independência”.

Além disso, o Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) anunciou a liberação de créditos para a instalação residencial de sistemas fotovoltaicos em 26 de junho, o que torna mais fácil o pagamento do modelo.

A BV Financeira também realiza financiamentos para a energia solar. A resposta para o empréstimo, segundo apontado por Max, leva 48 horas e o banco apresenta propostas a serem restituídas em até 60 meses.

As propostas da BR Solar, da Premium Solar e de diversas outras companhias foram apresentadas durante 7ª EnerSolar + Brasil, ocorrida entre os dias 22 e 24 de maio, no São Paulo Expo. A feira ocorre anualmente e é promovida pela Cipa Fiera Milano.

Em 2019, o evento chegará à sua 8ª edição, sendo considerada uma das mais importantes da América Latina no setor, pois aborda, além da energia solar, outros tipos de energias alternativas, limpas e renováveis, como fotovoltaica, eólica e biomassa.

Simultaneamente à feira, a Cipa Milano organiza debates e discussões nos eventos paralelos Ecoenergy – Feira e Congresso Internacional de Tecnologias Limpas e Renováveis para a Geração de Energia, que está em sua 8ª edição – e no Biomass Day – Congresso Internacional da Biomassa, que em 2018 chegou em sua 2ª edição.

Com a greve de caminhoneiros que afetou todo o Brasil em maio, sendo chamada de “Crise do Diesel”, a pauta de energias alternativas propostas pela feira deve ganhar ainda mais força na próxima edição do evento.(ANSA)

FHAJ divulga resultado dos selecionados para o Programa de Iniciação Científica

FHAJ divulga resultado dos selecionados para o Programa de Iniciação Científica

A Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), órgão da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), divulgou, nesta sexta-feira (29), o resultado final dos selecionados para 45 bolsas do Programa de Apoio à Iniciação Científica (PAIC). O resultado pode ser conferido no site da FHAJ – www.fhaj.am.gov.br.

Os bolsistas selecionados deverão apresentar documentação, conforme edital e informativo publicado, no período de 3 a 11 de julho, das 7h30 às 12h, na coordenação do PAIC/FHAJ. O PAIC é desenvolvido em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam).

De acordo com a coordenadora do PAIC/FHAJ, Rosiane Pinheiro Palheta, as bolsas terão vigência de 1º de agosto de 2018 a 31 de julho de 2019. “Os selecionados devem ficar atentos ao período de entrega de documentação e ao formato de entrega, esclarecidos no Informativo PAIC edição 2018/2019”, alerta Rosiane.

Os bolsistas devem escanear e inserir toda a documentação relacionada no informativo na Plataforma SigFapeam. “Todo o processo de requisição de bolsas acontecerá via sistema”, reforçou.

O objetivo do PAIC é disseminar o conhecimento científico através do envolvimento dos estudantes de graduação em todo o processo de investigação, proporcionando um pensamento crítico-analítico. Também tem por meta proporcionar aos alunos a experiência prática e o desenvolvimento de habilidades em pesquisas.

Informações adicionais poderão ser obtidas diretamente no Departamento de Pesquisa da FHAJ, com a coordenação do PAIC/FHAJ, no telefone (92) 3612-2428.

Campeonato Mundial de Luta Livre Esportiva acontece neste domingo, em Manaus

Campeonato Mundial de Luta Livre Esportiva acontece neste domingo, em Manaus

Manaus sedia pela segunda vez, neste domingo (01/07), o Campeonato Mundial de Luta Livre Esportiva, a partir das 9h, na Arena Poliesportiva do Amazonas (Amadeu Teixeira), bairro de Flores, zona centro-sul. A competição, que conta com a inscrição de 589 atletas, recebe o apoio do Governo do Estado do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel). A entrada para o evento será gratuita.

A competição reunirá atletas vindos da França, Peru, Estados Unidos, Chile, Itália, Israel e Alemanha, que estarão na briga pelo título mundial, a ser disputado no coração da Amazônia. Além de medalhas para os três primeiros colocados, os campeões da categoria Absoluto (naipes feminino e masculino adulto), receberão uma premiação em dinheiro. Uma novidade deste evento, é a realização inédita do Mundial Kids, com a participação de lutadores de 02 a 15 anos de idade.

Coordenação – Realizado pela Federação Internacional de Luta Livre Esportiva (FILL), em parceria com a Confederação Brasileira de Luta Livre Esportiva (CBLLE), a competição conta com a direção da Federação Amazonense de Submission e Luta Livre Esportiva (Fasub), que já possui uma boa experiência na realização de grandes eventos da modalidade. No último Brasileiro, realizado em Manaus, a Fasub reuniu 1345 atletas, um número bastante expressivo, e que tornou a cidade, de acordo com a CBLLE, o primeiro polo de Luta Livre do Brasil.

Para o presidente da Fasub, Antônio Aleixo, este Mundial está dentro das expectativas e, além da capital amazonense, atletas de outros Estados estarão participando do evento. “Nossa expectativa é das melhores e com o número de atletas confirmados, já percebemos que teremos um nível excelente na competição. Manaus, atualmente, pelo grande desenvolvimento da modalidade e adesão de praticantes, é o maior polo da luta livre no Brasil, mas também teremos atletas de São Paulo, Ceará, Rio de janeiro, Boa Vista, Santa Catarina, Minas Gerais e Pará, que estarão participando e lutarão com determinação pelo título mundial”, comentou Antônio.

Sistema de estacionamento rotativo começa a funcionar com tarifa neste sábado

Sistema de estacionamento rotativo começa a funcionar com tarifa neste sábado

Começa a funcionar, neste sábado, 30/6, com cobrança de taxa, o sistema de estacionamento rotativo Zona Azul. Os motoristas que forem ao centro da cidade terão, a partir de agora, maior comodidade e  garantia de espaço para estacionar o veículo. Lançado em janeiro pela Prefeitura de Manaus, o sistema vinha funcionando apenas de forma educativa, sem cobrança de taxa.

O prefeito Arthur Virgílio Neto destacou a importância do funcionamento efetivo do sistema para benefício de toda a área e para a cidade como um todo. “Teremos a partir do Zona Azul um sistema mais organizado e moderno de estacionamento. É um projeto de grande importância neste momento em que as famílias estão retornando ao Centro Histórico, voltando a visitá-lo. Então, nada melhor que oferecer comodidade para estes cidadãos”, disse.

As vagas de estacionamento do Zona Azul estão disponíveis na avenida Eduardo Ribeiro e nas ruas 10 de Julho, Barroso, Henrique Martins, Rui Barbosa, 24 de Maio, Costa Azevedo, Marçal, Dona Libânia, Monsenhor Coutinho, Tapajós, Lobo D’Almada, Joaquim Sarmento, José Clemente, Ramos Ferreira, Frei Lourenço e Ferreira Pena.

Cada veículo poderá permanecer estacionado por até, no máximo, três horas, permitindo a rotatividade no local. Cada vaga do sistema Zona Azul é dotada de sensor, que vai detectar a hora em que o veículo estacionou. O sistema rotativo irá funcionar de segunda-feira à sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, de 8h às 17h. No domingo não funcionará. O valor cobrado, de segunda a sábado, será de R$ 2,45 a cada hora.

Moradores e comerciários do centro têm benefícios. No caso dos comerciários, a tarifa terá 50% de desconto. Os moradores terão isenção de cobrança. As vantagens são válidas somente para as pessoas que realizaram o cadastro na sede do Consórcio Amazônia, concessionária do sistema.

Segundo o diretor operacional do Consórcio Amazônia, Guilherme Ruiz, com o Zona Azul, o motorista terá muito mais tranquilidade para estacionar, principalmente, se o usuário fizer a compra antecipada dos créditos, pelo aplicativo de celular ‘Zona Azul Manaus’ ou no site www.zamanaus.com.br. O aplicativo está disponível gratuitamente nas lojas Play Store  ou Apple Store.  “Quem tem a rotina de ir ao centro com frequência pode optar por comprar os créditos antecipadamente. No momento em que estacionar o veículo em uma das vagas do Zona Azul, basta sair e fechar o carro. O monitor do sistema dará baixa, automaticamente, no saldo do usuário”, explicou.

O pagamento no site pode ser efetuado por meio de cartão de crédito e débito. No app, apenas com cartão de crédito. Com os monitores nas ruas, o pagamento pode ser em dinheiro ou cartão de crédito e débito.

Cadastro

Os moradores e comerciários do centro da cidade precisam cadastrar-se para utilizar as vagas do estacionamento rotativo, com os benefícios concedidos.

O cadastro de moradores e comerciários está sendo feito na sede do Consórcio Amazônia, na avenida Leonardo Malcher, 834, Centro,  próximo ao Sebrae, no horário comercial – das 8h às 12h30 e das 13h30 às 18h. Mais informações no número (92) 3348-5505.

Moradores precisam apresentar cópia de identidade e comprovante de residência (conta de água, luz ou telefone, não superior aos últimos 90 dias). Para quem aluga imóvel, se não houver conta de consumo, deve apresentar cópia do contrato de locação. Em ambos os casos, é preciso levar, também, cópia autenticada do certificado de propriedade do veículo.

No caso dos trabalhadores, os documentos exigidos são: comprovação da condição de comerciário, bancário ou prestador de serviços naquela área da cidade, por meio de uma declaração da empresa em que atua; cópia da Carteira de Trabalho; e cópia autenticada do certificado de propriedade do veículo.

As vagas para os moradores serão disponibilizadas nas ruas que circundam o quarteirão da residência ou que estejam na divisa deste. A casa que estiver instalada em área destinada ao estacionamento para comerciários e profissionais que trabalham no Centro, mesmo nesses locais, o morador terá a isenção do pagamento da taxa, respeitando o perímetro estabelecido.

As vagas para os comerciários serão disponibilizadas dentro dos limites do sistema Zona Azul, em dois setores perimetrais, que envolverão deslocamento de aproximadamente 500 metros, para que se dirijam até o local de trabalho. As vagas para os comerciários estarão centralizadas nos seguintes locais: avenida Joaquim Nabuco e suas travessas, até a avenida Getúlio Vargas (ruas Lauro Cavalcante; Huascar de Figueiredo, 24 de Maio, 10 de Julho e Ramos Ferreira); rua Luiz Antony e suas travessas, até a rua Epaminondas (ruas Simão Bolívar, Ramos Ferreira, Monsenhor Coutinho, 10 de Julho, Padre Estélio Dalison, Travessa Padre Ghisland, Frei José dos Inocentes, Bernardo Ramos, Avenida Sete de Setembro, Visconde de Mauá, Governador Vitório e Tamandaré).

Bando usando coletes e armamento pesado executam homem no Bairro da União

Bando usando coletes e armamento pesado executam homem no Bairro da União

Um homem identificado como Elpídio Rego dos Santos, 36, foi executado a tiros na tarde desta sexta (29), nas proximidades da Rua Pires de Carvalho, no Bairro da União, Zona Centro-Sul de Manaus.

Segundo testemunhas, aproximadamente dez homens, fortemente armados, usando coletes a prova de balas chegaram em três carros, desceram dos carros e atiraram várias vezes contra a vítima, acertando cabeça e o rosto.

De acordo com os peritos do Departamento de Polícia Técnica-Científica (DPTC), os suspeitos usaram armas do tipo calibre 12 e pistola .40.

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

 

Ação da Defensoria Pública em parceria com UniNorte e Instituto de Identificação emite 100 segundas vias de RG

Ação da Defensoria Pública em parceria com UniNorte e Instituto de Identificação emite 100 segundas vias de RG

Uma ação especial da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), em parceria com Instituto de Identificação Adelson de Melo e Centro Universitário do Norte (UniNorte), emitiu nesta sexta-feira, dia 29 de junho, 100 segundas vias da carteira de identidade em atendimento realizado no Polo Avançado de Atendimento Inicial de Família DPE/Uninorte, na   Unidade 7 da Uninorte – esquina das ruas Major Gabriel com Ramos Ferreira.

A defensora pública Melissa Credie, que coordena o Polo Avançado da DPE no UniNorte, informou que mais de 300 pessoas procuraram o serviço e, devido a esta demanda, uma nova iniciativa será agendada em breve. “Trabalhando em conjunto com a UniNorte e o Instituto de Identificação Adelson de Melo, sistematicamente buscamos solucionar as mais variadas demandas, com efetividade social”, ressaltou.

A ação faz parte da Campanha nacional “Defensoras e Defensores Públicos pelo direito à documentação pessoal: onde existem pessoas, nós enxergamos cidadãos”. O atendimento é o segundo deste tipo realizado neste ano em Manaus, como parte da campanha. A primeira ação ocorreu na unidade da DPE-AM localizada no Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) do Shopping Cidade Leste, em maio, quando foram reemitidas 100 carteiras de identidade em menos de quatro horas.

“Além de compor com a Campanha Nacional da ANADEP, reforçamos nossa atribuição constitucional de promover a cidadania a todos, pela reemissão de documentos pessoais dos assistidos”, acrescentou a defensora pública Melissa Credie.

O universitário Marcos Vinícius da Silva dos Santos, 20, morador da Ponta Negra, foi um dos atendidos na ação especial. “Vim até a Defensoria para emitir a segunda via do meu RG devido eu ter sido furtado. O atendimento está bom e eu tenho certeza que vai se resolver, só não estou mais contente, porque não vai sair no mesmo dia o documento, o que eu entendo. Mas deram um prazo de 60 dias para telefonar e ver se está tudo certo”.

A defensora pública Melissa Credie explica que o prazo estipulado pelo Instituto de Identificação para que o assistido receba o documento é necessário para que este verifique a veracidade da documentação apresentada pelos atendidos.

Governo do Amazonas entrega primeiro Centro Multifuncional “Casa do Produtor” do Amazonas, em Parintins

Governo do Amazonas entrega primeiro Centro Multifuncional “Casa do Produtor” do Amazonas, em Parintins

O governador Amazonino Mendes participou da inauguração, na manhã desta sexta-feira (29/06), do primeiro Centro Multifuncional “Casa do Produtor” do Amazonas, em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus). Com o novo espaço, o Governo do Amazonas inicia o processo de descentralização da gestão ambiental de regularização de atividades produtivas e fundiárias, assistência técnica e agricultura indígena junto aos municípios amazonenses.

Amazonino Mendes destacou a luta, tanto do Governo do Estado quanto da Prefeitura de Parintins, para a liberação do recurso da Cooperação Financeira Brasil/Alemanha do Banco KfW Entwicklungsbank e da Gopa (Cooperação Técnica Internacional), no valor de R$ 1,077 milhão. “Eles (produtores rurais) precisam de licenças ambientais. Isso está centralizado em Manaus. É humanamente impossível atendê-los de forma a contento. Estamos descentralizando. Esse dinheiro da Alemanha estava liberado desde 2009, ia ser perdido, mas com a competência do Governo do Estado, na figura do Marcelo (Dutra, secretário estadual de Meio Ambiente), mais a luta do prefeito (Bi Garcia, prefeito de Parintins), que sensibilizaram de novo o povo alemão, que nos brindou com essa obra”, afirmou o governador.

O chefe do Executivo Estadual lembrou que o centro será uma referência também para os municípios vizinhos. “É um trabalho muito bom porque descentraliza, tira de Manaus a exclusividade, nesse território imenso que é o Amazonas. Ao mesmo tempo acumula as funções do Ipaam, fato mais reclamado pelos produtores. Permite a inclusão de vários órgãos do estado, concentrando”, observou o governador.

Pacote pronto – De acordo com o secretário da Sema e presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Marcelo Dutra, com a unidade, o Governo do Amazonas oferece toda a cadeia de serviços ambientas, funcionários e de assistência técnica que os produtores rurais necessitam para ter seu empreendimento regularizado. 

“Esse é o primeiro centro multifuncional que estamos entregando, dentro de um arco de serviço de proteção e combate ao desmatamento, através da regularização. Vamos ofertar um pacote pronto para que os nossos amigos do interior tenham uma referência. Não adianta combater o desmatamento se nós não oferecemos a assistência técnica. Nós estávamos longe e combatíamos todas as práticas de forma desordenada. A partir de agora vamos estar presentes para dizer para as pessoas a melhor forma de fazer, além de levar o licenciamento e a educação ambiental”, afirmou Marcelo Dutra.  

O prefeito de Parintins, Bi Garcia, afirmou que o Centro Multifuncional “Casa do Produtor” é uma obra importante para a população do município e vai facilitar a vida dos produtores rurais. “Além disso, significa o aceleramento das licenças ambientais, tanto para o produtor quanto para a questão de obras no município. Agora, o Ipaam se instala em Parintins, junto com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente”, explicou o prefeito, lembrando que nessa parceria, a Prefeitura fez a liberação do terreno para a realização da obra, localizada na rua Itacoatiara, bairro Centro.

Além do prédio de 450 metros quadrados de área construída, foram entregues uma lancha de 16 lugares, uma motocicleta, uma picape modelo L-200 Mitsubishi, mobiliárias de escritório (mesas, cadeiras e armários), computadores e equipamentos de GPS, máquina fotográfica e scanner para que os 16 servidores possam oferecer os serviços ambientais com qualidade aos produtores rurais de Parintins.

Atividades – O Centro Multifuncional vai centralizar os serviços oferecidos pela Sema, Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), Secretaria de Estado de Política Fundiária (SPF) e a Fundação Estadual do Índio (FEI). Esta última, por meio da agricultura indígena.

No local também vai funcionar a Secretaria de Meio Ambiente de Parintins, que começa a receber as primeiras atividades de emissão de Licença de Operação (LO) para projetos de empreendimentos produtivos no município.

Novas inaugurações – A próxima unidade será inaugurada em julho, no município de Humaitá (distante 590 quilômetros da capital), cujas obras foram concluídas este mês. Em Apuí (distante 453 quilômetros de Manaus), os trabalhos estão adiantados e devem encerrar no próximo mês. Em Boca do Acre, o Centro Multifuncional está sendo construído e deverá ficar pronto ainda este ano. As quatro cidades fazem parte do “Arco do Desmatamento” e são estratégicas para o combate aos crimes ambientais.

 Cada uma das quatro unidades conta com um investimento de R$ 1,077 milhão e faz parte do Projeto Prevenção e Combate ao Desmatamento e Conservação da Floresta Tropical no Amazonas (Profloram).

Aprova resolução que autoriza os serviços de transportes semiurbanos

Aprova resolução que autoriza os serviços de transportes semiurbanos

As empresas de transporte intermunicipal de passageiros de ônibus de linha regular vão poder realizar o transporte de caráter semiurbano, mediante a aprovação da resolução nº 005/2018  deliberada pelo Conselho Estadual de Regulação e Controle (Cercon), publicada no Diário Oficial do Estado de quinta-feira (28/06).

O departamento de transportes intermunicipais da Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) constatou que  empresas de ônibus estavam realizando  serviços de transporte entre municípios a curtas distâncias, por meio da Ponte Jornalista Phellipe Daou (Ponte Rio Negro), e com isso  a diretoria técnica da agência detectou a necessidade de regulação desses veículos. Diante disso, o setor jurídico da autarquia criou a resolução nº 005/2018  que permite às empresas de ônibus, cadastradas e credenciadas na Arsam, a execução de viagens de até 45 km, entre municípios que não tenham proximidade nos perímetros, o que caracteriza o  transporte rodoviário intermunicipal de caráter semiurbano.

O decreto nº 2.521/98 da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) define que os transportes semiurbanos realizem viagens de 75 km, no entanto após a verificação da distância entre os municípios do Amazonas, o setor jurídico da Arsam estabeleceu a distância máxima de 45 km na resolução nº005/2018, para restringir o alcance das  linhas e evitar a superlotação.

A resolução foi deliberada e aprovada pelo Conselho Estadual de Regulação, no dia 15 deste mês de junho e o assessor jurídico da Arsam, Miguel Vital, explica que o procedimento de cadastro das empresas que pretendem realizar o transporte semiurbano é o mesmo das empresas de linha regular de longa distância. “Para  o cadastro das frotas é necessário que a documentação dos proprietários das empresas seja apresentada na agência, bem como toda a documentação da frota para a aferição do tempo de vida  útil dos veículos, Laudo de Inspeção Técnica (LIT) além da documentação dos motoristas que estarão em atividade, comprovantes dos imóveis destinados às instalações das garagens, comprovante de regularidade junto ao Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas(DETRAN-AM) dentre outros itens estabelecidos na lei estadual 3006/2005 e nas resoluções 001/2006 e 001/2010”.

Os veículos desta categoria podem realizar viagens entre os municípios de Manaus e Careiro da Várzea, Manaus e Iranduba, além de Silves  e Itapiranga, o que de acordo com a diretora técnica da Arsam, Sissy Santos, vai gerar benefícios de cunho social. “Para viagens de pequena distância, não há a necessidade da exigência de leitos e bagageiro dentro dos veículos, o que resulta diretamente em um valor de tarifa menor comparado aos ônibus que realizam o transporte rodoviário de caráter intermunicipal em longos trajetos, permitindo aos usuários a locomoção para fins de trabalho, estudo ou passeio, com preços justos” afirmou Santos.

Obras da UBS São José avançam em Eirunepé

Obras da UBS São José avançam em Eirunepé

Para atender de forma cada vez melhor a população de Eirunepé, a Prefeitura continua a construção de mais uma grande obra, a NOVA UBS SÃO JOSE. Obra essa orçada em mais de 1 milhão de reais, para trazer mais qualidade de vida aos moradores dos São Jose, Fatima e comunidades adjacentes.

A Unidade Básica de Saúde (UBS) de Eirunepé é uma conquista da Prefeitura de Eirunepé – Prefeito Raylan Barroso em parceria com o Governo Federal. Essa obra tem a proposta de beneficiar todos os munícipes daquela área de abrangência, e vai proporcionar num futuro próximo, mais conforto, saúde e estrutura adequada ao atendimento humanizado.

FONTE: Assessoria de Comunicação Social.

Finissage das exposições ‘Silêncio’ e ‘Filha de Maria’ terá show da Platinados

Finissage das exposições ‘Silêncio’ e ‘Filha de Maria’ terá show da Platinados

Evento acontecerá na Galeria do Largo, com entrada gratuita

Sábado (30/06), a partir das 18h, acontecerá o finissage das exposições “Silêncio”, assinada pelo artista Manausmacaco, e “Filha de Maria”, de Tatiana Sobreira, que estão em cartaz desde o dia 19 de maio, no Centro de Artes Visuais Galeria do Largo (Rua Costa Azevedo, 290, Centro Histórico de Manaus).

O finissage contará com show da banda Platinados, que se apresentará na área externa da Galeria, com repertório composto por músicas já consagradas e novos hits.

As mostras, realizadas com apoio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), contam com a curadoria de Turenko Beça. Mais de 300 trabalhos dos artistas estão dispostos nos dois andares da Galeria, são pinturas, esculturas, vídeos com animações e músicas autorais.

Assinada pelo artista plástico Manausmacaco e por Vanderlan Mota, a exposição “Silêncio” é dividida em duas partes complementares: “Silêncio” e “Homens de verdade”, com 150 obras (cem delas inéditas) que fazem reflexões ao comportamento social, estilo de vida, arte e o design.

“Filha de Maria”, de Tatiana Sobreira, mostra a arte praticamente abstrata com temáticas diversas e experimentação. Ela faz referência ao universo feminino através do uso das cores. Em sua primeira exposição, a artista conta que as obras são uma homenagem à sua mãe, que faleceu recentemente, e representam também as inúmeras facetas do arquétipo feminino.

Serviço: Finissage das exposições ‘Silêncio’ e ‘Filha de Maria’, com show da Platinados

Data/hora: Dia 30 de junho, sábado, às 18h

Local: Centro de Artes Visuais Galeria do Largo (Rua Costa Azevedo, 290, Centro Histórico de Manaus).

Entrada: Gratuita

Com investimento histórico, começa hoje o duelo entre Caprichoso e Garantido, no 53⁰ Festival Folclórico de Parintins

Com investimento histórico, começa hoje o duelo entre Caprichoso e Garantido, no 53⁰ Festival Folclórico de Parintins

O grande duelo entre os bumbás Caprichoso e Garantido, no 53⁰ Festival Folclórico de Parintins, começa a partir das 20h desta sexta-feira (29/06), no Centro Cultural de Parintins (Bumbódromo), na Ilha Tupinambarana, a 369 quilômetros de Manaus. Neste ano, o festival, uma das maiores manifestações folclóricas do Brasil, recebeu investimentos históricos do Governo do Amazonas, que também celebra os 30 anos do Bumbódromo, a arena palco do grande espetáculo.

“Fizemos de tudo para esse festival ser maravilhoso”, afirmou o governador do Amazonas, Amazonino Mendes, ao destacar os esforços do Estado e da Prefeitura de Parintins para a realização do festival e a melhoria da infraestrutura da cidade. Ao todo, o Governo do Amazonas investe perto de R$ 60 milhões em Parintins, o que inclui recursos para o festival, como a reforma do Bumbódromo e patrocínio dos bumbás, na infraestrutura, fomento e setor turístico da cidade.

Caprichoso e Garantido disputam o 53⁰ Festival Folclórico de Parintins durante três noites, nos dias 29 e 30 de junho e 1⁰de julho, com início às 20h. Como num teatro de arena, as agremiações prometem um espetáculo inesquecível de beleza e criatividade.

O bumbá Caprichoso, das cores azul e branco, entra na arena com o tema “Sabedoria Popular – Uma Revolução Ancestral”. O bumbá Garantido, das cores vermelho e branco, promete encantar com o tema “Auto da Resistência Cultural”.

“Eu quero receber um banho de emoções do Caprichoso e do Garantido, amar com vocês e me orgulhar de ter no meu Estado do Amazonas um povo tão criativo, tão inteligente e tão amável como o povo de Parintins”, ressaltou o governador, que destacou a importância do Bumbódromo para a população parintinense.

Para Amazonino Mendes, o Centro Cultural é uma homenagem ao povo de Parintins e, ao mesmo tempo, centro irradiador de desenvolvimento do município. “O Bumbódromo homenageia um povo criativo, um povo inteligente. Em contrapartida, o povo enriquece esse Bumbódromo, que gera emprego e aciona a economia. O prefeito (de Parintins, Bi Garcia) colocou claramente que, no período do festival, ingressam R$ 80 milhões, recursos que circulam na economia local. Além de gerar empregos diretos e indiretos, o Bumbódromo lustra e dá brilho a essa criatividade que Deus deu ao povo de Parintins”, afirmou o governador do Amazonas.

O prefeito de Parintins, Bi Garcia, destacou a decisão da Prefeitura e do Governo de investir no festival e na melhoria da infraestrutura da cidade, no setor de turismo e nas áreas da saúde e educação. “Nós trabalhamos num todo e a cidade está preparada para receber, nesse que eu considero o que será um dos maiores festivais de todos os tempos”, afirmou Bi Garcia.

A expectativa da Prefeitura é que a cidade receba um público de 100 mil visitantes durante o Festival deste ano. “Devemos ter um público bem expressivo. Vamos ter 25% de turistas estrangeiros e dobramos o número de voos para Parintins”, completou o prefeito.

Duelo dos bumbás – Com o tema “Sabedoria Popular – Uma Revolução Ancestral”, o Boi Caprichoso quer alcançar o feito que há mais de dez anos não se repete: o bicampeonato. “O Boi Caprichoso vem totalmente diferente de 2017. É um boi mais grandioso, audacioso, mais inovador, mas nunca perdendo sua essência, que é brincar de boi-bumbá, levar alegria a toda nação azulada. São mais de dez anos que o Boi Caprichoso não é bicampeão. O nosso pensamento é trazer esse título de volta, por isso o empenho de cada artista”, afirma o presidente do Boi Azul, Babá Tupinambá.

De acordo com o presidente do Conselho de Artes do Caprichoso, Ericky Nakanome, o boi, conhecido também como Touro Negro, promete revolucionar o Festival esse ano. “O Caprichoso vem dentro de uma proposta ousada, diferente, embasada, trazendo questionamentos políticos dentro da proposta da apresentação da Arena. Vamos fazer uma revolução, principalmente conceitual, aproximando muito mais essa linguagem folclórica operística. Uma revolução pelo saber popular”, explica Ericky.

 Para reconquistar o título perdido no ano passado, o Boi Garantido traz o tema “Auto da Resistência Cultural”. “O Garantido vem com um Boi grandioso, que vai emocionar e surpreender do início ao fim. Você que é apaixonado pelo Boi Garantido pode esperar um Boi campeão, emocionante”, garante o presidente da agremiação, Fábio Cardoso.

O presidente da Comissão de Artes do bumbá, Edwam Oliveira, explica como o Boi vai para a Arena. “O tema foi criado e planejado para mostrar toda essa luta de resistência dos povos que compuseram a identidade do povo brasileiro. Vamos fazer o retrospecto desde a colonização, começando pela resistência indígena, passando pela resistência negra, até chegar a resistência dos povos da floresta. Temos a convicção de que será um grande espetáculo nas três noites”, garante Edwam.

Investimentos do Governo do Amazonas – O Governo do Amazonas investe mais de R$ 20 milhões diretamente no Festival Folclórico de Parintins, sendo R$ 3,5 milhões no trabalho de manutenção e reforma do Bumbódromo. Além disso, mais R$ 20 milhões estão sendo destinados para a recuperação do sistema viário do município, perfazendo quase 40 quilômetros de obras.

Como parte dos cerca de R$ 60 milhões que o Governo do Estado investe em Parintins estão, ainda, ações de tapa-buracos; implantação de iluminação LED e equipamentos de limpeza pública. Contempla também concessão de microcrédito, construção do Centro Multifuncional Casa do Produtor e de novos prédios da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), reparos nas 21 escolas estaduais do município, além de recursos anunciados para muro de arrimo da cidade.

A realização do Festival envolve, ainda, 15 secretarias estaduais, com mais de 1.200 servidores das mais diversas áreas, que atuam na operação da festa e em ações de áreas como segurança, saúde, lazer, cultura e social, junto à população e visitantes de Parintins.

De acordo com o presidente da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), Orsine Junior, o governador Amazonino Mendes, na sua política pública de incentivo ao turismo e aos grandes eventos do estado, retorna a Parintins com um investimento merecido ao Festival Folclórico. Foi no primeiro governo de Amazonino Mendes (1987-1990) que as obras do Bumbódromo de Parintins tiveram início.

Entre as novidades desse ano, de acordo com Orsine Junior, está o incremento das festividades que acontecem em paralelo ao Festival de Parintins, como a apresentação das quadrilhas e danças folclóricas, dos Bois Mirins “Tupi”, “Estrelinha” e “Mineirinho”, além da famosa Festa dos Visitantes, que este ano voltou com força total. “Todo esse investimento significa um maior fluxo de turistas e geração de emprego e renda na cidade. Trata-se de um investimento alto, mas com um retorno alto também para a economia de Parintins”, destaca Orsine Junior.

Patamar internacional – Segundo dados da Secretaria Municipal de Turismo de Parintins, o fluxo de turistas na cidade aumentou significativamente esse ano, com mais de 90% de ocupação da rede hoteleira da cidade semanas antes do início do Festival.

“O Governo do Estado retorna com a pujança do Festival e brinda o aniversário de 30 anos do Bumbódromo com esse investimento. Trata-se de uma festa importantíssima para o nosso turismo, um dos cartões postais do Amazonas. O povo de Parintins está muito feliz com essa retomada”, observa o presidente da Amazonastur.

Segundo Orsine Junior, a ação do Governo do Estado começou bem antes do festival, com o trabalho de treinamento do pessoal envolvido na recepção dos turistas em Parintins, além de uma ampla divulgação da festa durante a participação do Amazonas em importantes feiras de turismo nacionais e internacionais.

Barroso autoriza PF a continuar investigação contra Temer

Nesta quinta-feira (28), polícia pediu ao ministro do STF prorrogação de inquérito dos portos

Nesta quinta-feira (28), polícia pediu ao ministro do STF prorrogação de inquérito dos portos

ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso autorizou, nesta sexta-feira (29), que a Polícia Federal (PF) dê andamento as investigações do inquérito que apura se o presidente Michel Temer favoreceu empresas do setor portuário, ao assinar um decreto, em maio de 2017.

Nesta quinta-feira (28), a PF havia solicitado a prorrogação da apuração, por mais 60 dias. O prazo para a conclusão do inquérito termina, em tese, na primeira semana de julho. O caso foi aberto em setembro de 2017.

Para justificar a solicitação, a PF alega que não conseguiu concluir a análise do material. Os investigadores já haviam pedido prorrogação do inquérito anteriormente. Barroso é relator do caso no Supremo.

De acordo com informações do portal G1, Barroso esclareceu que, em razão do recesso do Judiciário, que começa na próxima semana e dura todo o mês, o delegado responsável pelo caso está autorizado a prosseguir com as investigações mesmo sem uma decisão final sobre o pedido de prorrogação.

Na decisão desta sexta, Barroso também pediu um parecer da Procuradoria Geral da República sobre o tema. “Sem prejuízo, considerada a véspera do recesso e o conteúdo da peça em que formulado o pedido, autorizo o Ilmo. Sr. Delegado de Polícia Federal, Dr. Cleyber Malta Lopes, a prosseguir com as diligências de investigação […] até que venha aos autos a manifestação da Procuradoria-Geral da República”, escreveu o ministro.

Ex-prefeita de Atalaia do Norte, Anete Pinto, é condenada a devolver R$ 844 mil

Ex-prefeita de Atalaia do Norte, Anete Pinto, é condenada a devolver R$ 844 mil

A Justiça Federal condenou a ex-prefeita de Anete Peres Castro Pinto, a ex-secretária municipal de Finanças Lucila Quirino Garcia, a empresa Soleng Engenharia LDTA e o sócio, Waltino Barbosa Nunes, acusados de desvio de recursos públicos de convênio firmado com a União, no valor de R$ 844 mil, para a construção de um centro cultura no município de Atalaia do Norte, a 1.138 km de Manaus.

De acordo com o processo, a ex-prefeita pediu que a empresa Soleng Engenharia o pagamento de propina de R$ 44 mil para liberar o repasse total dos valores do convênio à empresa. Lucila Garcia que era secretária de Finanças do município, colaborou para o desvio de recursos, sendo responsável pela assinatura de cheques e pelo saque de valores do convênio da boca de caixa.

A empresa, responsável pela obra, Soleng, recebeu o valor integral sem ter executado toda a obra, repassou à ex-prefeita o valor da propina e emitiu uma nota fiscal falsa no valor de R$ 840.063,96, à pedido de Anete.

Na sentença, a ex-prefeita foi condenada a restituir o valor integral de R$ 844 mil, correspondente ao dano causado no patrimônio público. O valor deverá ser atualizado com juros e correção monetária. Além da restituição, foi incluído também o pagamento de multa no valor de R$ 132 mil, tendo em vista o enriquecimento ilícito e a lesão ao patrimônio, a perda de bens no valor de R$ 44 mil e a suspensão dos direitos políticos pelo prazo de oito anos.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a empresa e o sócio da ex-prefeita, Waltino Barbosa Nunes, estão proibidos de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos ficais non período de dez anos. Os outros envolvidos terão que restituir o valor integral do dano e pagar uma multa que varia de R$ 20 a R$ 132 mil.

Anete Peres Castro Pinto responde a, pelo menos, 30 ações na Justiça Federal em Tabatinga. Em uma das denúncias, a ex-prefeita responde por desvio de dinheiro público, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, ao lado da filha, Patrícia Galete.

Policiais realizam visitas comunitárias nos bairros de São Jorge e Vila da Prata

Policiais realizam visitas comunitárias nos bairros de São Jorge e Vila da Prata

Aliada às atividades operacionais, policiais militares da 21ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), diariamente, realizam visitas comunitárias nas áreas dos bairros de São Jorge e da Vila da Prata com o propósito de ampliar ainda mais a interação entre policiais e comunitários, visando estabelecer em definitivo a confiança e a parceria para o desenvolvimento de ações de segurança pública, efetivas e compartilhadas com os comunitários dos dois populosos bairros da zona oeste de Manaus.

Para o comando da 21ª Ccicom, que fica localizada no São Jorge,  o caráter espontâneo e planejado dessas visitas, permite aos policiais atender com eficácia as mais variadas ocorrências nas ruas residenciais e comerciais, becos, praças, escolas e igrejas, distribuídos dentro do espaço geográfico dos dois bairros que, reúnem vários conjuntos residenciais, condomínios e alguma área de favela na região dos igarapés.

Com essas visitas, os policiais militares empenhados na segurança pública da área podem obter mais e melhores informações dos próprios moradores para que o serviço operacional seja dentro do padrão esperado por todos.

Para informações e denúncias, a comandante da 21ª CICOM, capitã PM Priscila, informa o celular (92) 98842-1883 que estará sempre à disposição de todos os moradores dos dois bairros e arredores.

Polícia captura foragido da justiça no centro de Manaus

Jonathas Pedrosa, foi preso na madrugada desta sexta (29), no Centro de Manaus.

Jonathas Pedrosa, foi preso na madrugada desta sexta (29), no Centro de Manaus.

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) por meio da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) capturou na madrugada desta sexta-feira (29/06), um foragido da justiça estadual, quando ele trafegava na rua Jonathas Pedrosa, no Centro de Manaus.

Segundo as informações dos policiais da viatura 6331, que atuaram na ocorrência, quando eles realizavam patrulhamento pela referida via, por volta de 0h50, eles avistaram um homem que apresentou comportamento suspeito ao notar a equipe policial, o que resultou na imediata abordagem por parte deles. Ainda seguindo os policiais, o homem ainda tentou fugir, entrando em residência das proximidades, mas foi detido.

Após revista pessoal, nada de ilícito foi encontrado pelos policiais, mas, como não portava documento algum de identificação, ele tentou enganar aos policiais fornecendo-lhes nomes falsos, o que fez com que ele fosse conduzido ao distrito policial, onde foi constatado que se trava de Adriano Moraes Cardoso, 28, que possuía um mandado de prisão em aberto na justiça por roubo majorado.

Diante dos fatos, Adriano Cardoso foi apresentado à autoridade de polícia judiciária do 24º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no Centro, para as providências legais cabíveis.

Contêiner tomba no bairro Distrito Industrial em Manaus

O contêiner tombou na Rua Ministro João Gonçalves de Souza, bairro Distrito Industrial de Manaus/Foto: Divulgação

O contêiner tombou na Rua Ministro João Gonçalves de Souza, bairro Distrito Industrial de Manaus/Foto: Divulgação

Na manhã desta sexta-feira, 29, um contêiner tombou na Rua Ministro João Gonçalves de Souza, bairro Distrito Industrial de Manaus. O acidente não deixou feridos, mas causou a interdição parcial da via.

Testemunhas relataram que, por volta das 7h, a carreta carregada com espelhos seguia pela rua Ministro João Gonçalves sentido bairro e fez retorno na altura da rua Rio Quixito. Quando o motorista fez manobra na curva para seguir para sentido Centro, o contêiner tombou e o trilho se desprendeu da carreta.

Agentes de trânsito foram até o local para orientarem os condutores que passarem pela via, até a retirada do contêiner.

TEXTO

%d blogueiros gostam disto: