Arquivo para julho 5th, 2018

Em Eirunepé, FPS entrega máquina para agregar valor na comercialização de farinha

5 de julho de 2018 19:060 comentários
Em Eirunepé, FPS entrega máquina para agregar valor na comercialização de farinha

A valorização em torno de 20 a 30% na comercialização da farinha é o principal benefício estimado pelos membros da Associação dos Trabalhadores Agroextrativistas do município de Eirunepé (1.159 quilômetros de Manaus), com a entrega nesta quinta-feira (05/07) de uma máquina empacotadora, realizada pelo Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) na região. O investimento foi de R$ 83,7 mil e faz parte do Termo de Fomento firmado entre a associação e o FPS.

A Associação dos Trabalhadores Agroextrativistas do município de Eirunepé é responsável por intermediar a venda de mais de 60 mil quilos de farinha, ao mês. Com a máquina, os produtores vão empacotar em torno de 800 pacotes de 1kg por hora. A associação também fabrica e comercializa o óleo de andiroba e buriti.

Durante a solenidade de entrega da empacotadora, a presidente de honra do FPS, Mônica Mendes, destacou a importância do equipamento para o desenvolvimento da atividade extrativista e valorização do produto, uma vez que a farinha não será mais empacotada na capital amazonense. “A empacotadora vai agregar valor aos produtos que eles confeccionam que é a farinha de mandioca. Aqui é uma associação agroextrativista que se organizou e nós, por determinação do governador Amazonino, estamos interiorizado a economia do estado através da produção. O Governo do Estado está chegando nos produtores que levam alimento a nossa mesa”, disse a presidente.

De acordo com o presidente da associação, Haroldo Marães, atualmente 500 produtores estão vinculados à associação, e com a chegada da empacotadora receberão uma valorização na comercialização da farinha, eliminando o papel do atravessador.  “A partir do recebimento da máquina, não vamos vender mais para atravessador. Vamos vender diretamente para o mercado final, como os supermercados. Então, vai agregar um imenso valor, e o produtor vai receber uma recompensa bem melhor. Vamos acrescentar em torno de 20% a 30% do valor da farinha”, comentou o presidente da associação.

Investimentos- Em nove meses, o Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) realizou investimentos da ordem de R$ 2,7 milhões que alcançaram mais de 20 mil pessoas, em sete calhas do interior. Os benefícios entregues, por meio dos Termos de Fomento, como transportes e equipamentos agrícolas, ajudaram a fomentar a economia do setor primário no interior do Estado.

Governo não concedeu o reajuste desejado pelos PMs porque não quis, diz David

Governo não concedeu o reajuste desejado pelos PMs porque não quis, diz David
O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado David Almeida (PSB), afirmou nesta quinta-feira (5) que o governo do Estado não deu os 10,5% de reajuste para os policiais e bombeiros militares porque não quis, uma vez que a arrecadação do Estado registra superação de arrecadação.
 No último dia legal para conceder reajustes aos servidores, em ano eleitoral, o parlamento estadual aprovou apenas os 4,08% propostos pelo governo.
A proposta original do Poder Executivo, que teve como relatora a deputada Alessandra Campêlo, chegou na tarde da quarta-feira (4) na Aleam, tramitou em regime de urgência e recebeu 21 votos favoráveis dos deputados presentes.
O mesmo texto já tinha sido mandado pelo governo ao Poder Legislativo em maio. Assim como as matérias de reajustes da data-base dos servidores da saúde e da educação, o projeto dos policiais e bombeiros militares chegou a receber emendas que melhorias salariais, com reajuste de 10%, mas ao contrário das outras categorias, essa mensagem do governo foi a única que foi totalmente vetada e totalmente inviabilizada com os votos da base do governo da Assembleia.
Para o presidente da Aleam, deputado David Almeida (PSB), a nova proposta – com o mesmo texto da anterior -, não contempla o esperado pela categoria. David criticou a forma como o governo tratou a questão. “Por que não deram o reajuste para os policiais e bombeiros militares, no mesmo percentual concedido aos servidores da educação? A polícia e os bombeiros do meu Estado merecem muito mais e o governo não fez porque não quis”, afirmou.
David ressaltou que, o Estado tem dinheiro em caixa e poderia sim, conceder os 10% que a categoria pleiteava. No primeiro semestre de 2018, a arrecadação do Estado registrou superação de R$1,537 bilhão em relação ao arrecadado no mesmo período do ano passado. A previsão atual é até dezembro o alta na arrecadação seja de, aproximadamente, R$ 3 bilhões do que os R$ 15 bilhões estimados pelo governo, no final do ano passado.
“O momento é outro. Tem dinheiro em caixa e o pleito dos policiais e dos bombeiros poderia ter sido atendido pelo governo. Os professores precisaram parar e essa Assembleia corrigiu o projeto. Concedeu os 10%, inclusive com apoio da base aliada do Amazonino”, disse David.
De acordo com o presidente da Aleam, o impacto na folha estadual, com esse reajuste concedido aos policiais e bombeiros militares (vide tabela em anexo) vai ser da ordem de R$ 1,5 milhão, valor similar ao que foi gasto pelo executivo, durante os três dias de Festival de Parintins para receber seus convidados.

“Diferente dos outros eu faço, não prometo” Diz Omar em lançamento da sua pré-candidatura ao governo do AM

“Diferente dos outros eu faço, não prometo” Diz Omar em lançamento da sua pré-candidatura ao governo do AM

Nesta quinta-feira, 5, o senador Omar Aziz (PSD) anunciou, oficialmente, sua pré-candidatura ao Governo do Estado, para as eleições de outubro deste ano.

O assunto tratado durante coletiva de imprensa, foi sobre a participação do PSD na campanha eleitoral e as articulações para as eleições ao governo, senado e câmara federal.

Acompanhado da ex-primeira dama e pré- candidata a deputada estadual Nejmi Azi, também pelo PDS, Omar destacou alguns projetos socias realizadas no seu mandato de governador (2010 -2014)

Omar tomou a decisão de fazer o anúncio oficialmente após ter acesso as pesquisas de consumo interno do PSD que confirmam o crescimento dele nas intenções de voto junto ao eleitor.

Estavam presentes ao evento o deputado federal Alfredo Nascimento (PR) e o ex-deputado Marcelo Ramos (PR), que ao que tudo indica, deverão apoiar a candidatura de Omar Aziz ao governo do Amazonas.

 

Leonardo Vieira e companheiro se casam e mostram aliança; veja foto

Leonardo Vieira e companheiro se casam e mostram aliança; veja foto

Leonardo Vieira se casou. O ator, que não revela a identidade do marido, contou a novidade nesta quarta-feira (4).

“4 de Julho. Um dia para lembrar. Nosso amor nos uniu. Casamos”, afirmou ele em sua conta do Instagram (veja abaixo).

Vieira postou uma foto mostrando as alianças. Nos comentários, o ator recebeu carinho dos fãs. “Felicidades!”, disse um. “Parabéns!”, falou outro. “Muito amor e companheirismo sempre. Parabéns!”, desejou mais um.

Em junho, no Dia dos Namorados, Leonardo publicou uma foto abraçado ao namorado. “Quase oito anos de amor”, escreveu ele, que preferiu esconder o rosto do amado.

Leonardo Vieira falou sobre sua homossexualidade após fotos em que ele aparece beijando outro homem serem divulgadas em janeiro de 2017. Na ocasião, ele esteve na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática no Rio de Janeiro para denunciar ataques homofóbicos que sofreu na internet.

Após a repercussão do caso, Vieira afirmou que “não estava saindo do armário porque nunca esteve dentro de um”. Com informações da Folhapress.

Veja a foto:

Valendo vaga na semifinal do Brasileirão Série D, Manaus enfrenta o Imperatriz – MA no Estádio da Colina

Valendo vaga na semifinal do Brasileirão Série D, Manaus enfrenta o Imperatriz – MA no Estádio da Colina
Valendo uma vaga na semifinal do Campeonato Brasileiro de Futebol – Série D, o Manaus Futebol Clube encara o Imperatriz – MA pelo jogo de volta das quartas de final da competição, que acontece neste domingo (08/07), às 17h, no Estádio Ismael Benigno (Colina), localizado no bairro São Raimundo, zona oeste de Manaus. A partida conta com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).
 
No primeiro confronto entre as equipes, o Manaus sofreu um revés de 1 a 0 contra a equipe maranhense, ocorrido no Estádio Frei Epifânio, em Imperatriz – MA. Para conquistar a vaga nas semifinais e, consequentemente, o acesso à Série C do Brasileirão, o time amazonense precisa vencer por qualquer placar a partir de 2 a 0. Caso ele ganhe por 1 a 0 do Imperatriz – MA, a situação se iguala e a decisão será nos pênaltis.
 
Para o zagueiro do Manaus, Deurick Jonathan, tendo em vista o resultado da primeira partida, agora é hora de repor as energias e buscar corrigir aquilo que não deu certo fora de casa. “Sabemos do potencial do Imperatriz – MA, mas acreditamos mais ainda no nosso. A preparação para este jogo está sendo tranquila e estamos fazendo uma boa recuperação. Toda a equipe está focada em um resultado positivo e vamos dar o nosso melhor no domingo (08/07), para que possamos orgulhar o torcedor amazonense e conseguir o tão sonhado acesso à série C. Contamos com o apoio de todos na Colina e avançaremos juntos”, destacou.
 
Ingressos – Começou nesta terça-feira (03/07), a venda de ingressos para o jogo entre Manaus e Imperatriz – MA. Até às 18h desta sexta-feira (06/07), os bilhetes serão vendidos nos valores de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Após esse período, os valores serão R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).
 
Os ingressos poderão ser adquiridos através do site www.ingressodevantagens.com.br ou nos pontos físicos Asya Fashion – Shopping Cidade Leste (Avenida Autaz Mirim, 288 – Tancredo Neves) e Asya Fashion – Cidade Nova (Avenida Noel Nutels, 1762 – Cidade Nova), Arena RM Personal (Rua Raimundo Polari, antiga Rua 7, 261, Parque 10), Boutique do Torcedor (Avenida Carvalho Leal, 1092 , Cachoeirinha), Medicamentos Manaus (Avenida Constantino Nery, 732, Centro,  perto do T-1) e Camiseteria Os Barés (Avenida Umberto Calderaro, Adrianópolis, piso Tucumã do Manauara Shopping – perto da Comepi e Centauro).

Ministro do Trabalho é afastado pelo STF em investigação sobre fraudes

Ministro do Trabalho é afastado pelo STF em investigação sobre fraudes

A apuração mira esquema de fraudes e corrupção no Ministério do Trabalho. Também estão entre os alvos o deputado federal Nelson Marquezelli (PTB-SP) e o chefe de gabinete de Yomura, Júlio de Souza Bernardes, que teve mandado de prisão temporária expedido.

As medidas foram autorizadas pelo ministro do STF Edson Fachin, a pedido da PF e da Procuradoria-Geral da República. Segundo a PGR, “os investigados utilizam rotineiramente os cargos para viabilizar a atuação da organização criminosa e para solicitar tratamento privilegiado a processos de registros sindicais”.

Tanto Yomura quanto o congressista estão proibidos de frequentar a pasta, além de ter contato com seus servidores e investigados no caso.

Marquezelli só poderá ir até o órgão se considerado imprescindível para o exercício do mandato. Para isso, terá de enviar prévia justificativa ao STF.

Os agentes da PF cumprem três mandados de prisão temporária, contra o superintendente do ministério no Rio de Janeiro, Adriano José Lima Bernardo; Jonas Antunes Lima, assessor de Marquezelli; além de Júlio de Souza Bernardes, chefe de gabinete de Yomura.

Há ainda em curso dez mandados de busca e apreensão no Rio e em Brasília. Policiais vasculham os gabinetes de Yomura e Marquezelli.

A operação apura suposta atuação de políticos na cobrança de propinas e de apoio político em troca da concessão de registros sindicais. O PTB e o Solidariedade, partidos que controlam o ministério, além de centrais sindicais, estão no centro das apurações.

Segundo a PF, as investigações e o material coletado nas duas primeiras fases da Registro Espúrio indicam a participação de novos atores e apontam que “importantes cargos da estrutura do Ministério do Trabalho foram preenchidos com indivíduos comprometidos com os interesses do grupo criminoso, permitindo a manutenção das ações ilícitas praticadas na pasta”.

Na segunda etapa da operação, a PF fez buscas no apartamento da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), filha do presidente nacional do partido, Roberto Jefferson. Os dois são padrinhos hefe de gabinete de Yomura. Com informações da Folhapress.

Ciúme excessivo na relação deve ser alerta para violência doméstica contra mulheres

Ciúme excessivo na relação deve ser alerta para violência doméstica contra mulheres

Manaus registrou 7.458 mil casos de violência contra a mulher de janeiro a abril de 2018. Os números se referem aos boletins de ocorrência registrados nas duas delegacias especializadas em Crimes Contra a Mulher da capital. Até chegar à agressão física e outros casos de polícia, a violência se disfarça no cotidiano em episódios que não podem ser ignorados em uma relação. Cuidados excessivos, ciúme descontrolado e a imposição de limites à companheira, que vão da roupa às amizades. Estes são os sinais mais claros de uma relação abusiva.

“O autor de violência doméstica sempre demonstra alguns sinais desde o início do relacionamento. Mas a mulher acaba interpretando como excesso de amor, de ciúmes e não de abuso. A partir do momento em que ele quer controlar a vida, o celular, as redes sociais, quer segregá-la até do convívio familiar, controlar a roupa, é preciso ficar atenta”, afirma Andréa Nascimento, delegada titular da Especializada em Crimes contra a Mulher do bairro Cidade de Deus, zona norte de Manaus.

Segundo a delegada, a violência doméstica contra a mulher é cíclica. O autor não é violento em tempo integral. “O autor não é ruim o tempo todo e muitas vezes a violência só se manifesta com a vítima. Às vezes, ele é um bom pai, trabalhador, tem momentos bons com a vítima. Por isso, que a vítima permanece no ciclo da violência porque ela acredita que ele vai mudar. Porque aí tem o pedido de violência. Intensificação de violência”, disse.

Relacionamento abusivo – Titular da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher do Parque Dez, na zona centro-sul de Manaus, a delegada Débora Mafra, acredita que a gênese da violência contra a mulher é o relacionamento abusivo. Nessas relações, quase sempre a vítima tem a impressão de ter encontrado o homem ideal. “É sempre o cara da sua vida, um negócio que você não consegue acreditar. A pessoa mais cuidadosa, apaixonada, que já quer se envolver logo. Uma coisa realmente apaixonante. Depois começa a dar ordens, impor proibições de amizades, locais de visitação, começa a mexer no telefone, nas redes sociais e aí começam as ofensas e agressões físicas”, enfatiza Débora Mafra.

Prevenção – Antes de chegar à delegacia, a prevenção ainda é a melhor aliada para quebrar o ciclo de violência. Procurar ajuda profissional, terapia de casal e uma religião podem surtir efetivos positivos. “Dificilmente a mulher vai conseguir contornar sem ajuda. Muitas vezes a denúncia é um passo para o autor entender que está errado. A delegacia é uma forma de amparo à família. A partir daí, mesmo que seja um registro de boletim de ocorrência, eles recebem encaminhamento para o atendimento psicossocial, da vítima e do agressor”, disse Andréa Nascimento. As delegacias contam com o Serviço Apoio Emergencial à Mulher (Sapem), com equipes multiprofissionais.

Delegacias – Quando a tentativa de terminar a relação é infrutífera, o caminho para enfrentar o caso é o auxílio policial. Em Manaus, os registros de queixas podem ser feitos nas duas unidades de Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM), localizadas na avenida Mário Ypiranga Monteiro, Parque Dez, zona centro-sul, e na rua Santa Ana, Cidade de Deus, zona norte, atrás do 13º DIP. Os casos também podem ser registrados em qualquer delegacia de polícia na capital e interior.

“Muitas vezes as mulheres têm medo de vir à delegacia porque acharem que os homens já vão sair presos. É importante que elas saibam que a delegacia também está atuando como parceira, para orientá-las, informá-las a agir preventivamente, para que conheçam os seus direitos”, disse a delegada Andréa Nascimento.

Denúncias – Além das vítimas, denúncias de casos de violência contra a mulher também podem ser feitas por parentes, vizinhos e amigos, de forma sigilosa, através do Disque 181, o telefone de denúncias da Secretaria de Segurança Pública. De acordo com a Delegada Débora Mafra, todos os casos são apurados.

“O bom é que a mulher tome a atitude de denunciar. Mas ninguém pode ser omisso, é preciso avisar a polícia. Recentemente, fomos averiguar um caso de violência em um condomínio de luxo. Os relatos dos vizinhos indicavam que a mulher apanhava todo dia. Ela não quis que atendêssemos, mas ainda assim, a presença da polícia ali foi importante. Onde tem polícia, o homem começa a respeitar porque ele sabe que será punido”, disse Mafra.

Corpo de homem sem cabeça é encontrado no Parque Dez

Corpo de homem sem cabeça é encontrado no Parque Dez

O corpo de um homem até o momento não identificado, com uma tatuagem no braço direito escrita, “Vanderloura”, foi encontrado decapitado em uma área de mata fechada localizada na rua Maria Callas, bairro Parque Dez, Zona Centro Oeste de Manaus. 

No final da manhã desta quarta (05), policiais militares da 23 Companhia Interativa Comunitária, (CICOM), foram informados através de denúncia anônima que o corpo estaria no local, ao se deslocaram e fazerem uma busca no local encontraram o corpo.

Os peritos do Departamento de Pericia Técnica Científica, (DPTC) estiveram no local do crime e recolheram uma faca, uma pá e também um terçado que estavam no local.

Objetos de pessoas de pessoas foram encontrados próximo ao corpo, o local de acordo com moradores é usado por bandidos que após cometerem roubos fogem para o local e realizam a divisão dos roubos. 

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal, (IML), onde aguardará por reconhecimento de parentes ou familiares.

O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, (DEHS).

FVS realiza reunião de Atualização em Sarampo para os secretários municipais de saúde

FVS realiza reunião de Atualização em Sarampo para os secretários municipais de saúde

A Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), órgão da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), realizou, nesta quarta-feira (04/07), reunião com secretários de saúde dos municípios do Amazonas. No encontro que aconteceu na sede do órgão e contou ainda com a participação de representantes da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), a pauta foi a atualização sobre a situação epidemiológica da doença no Estado e a convocação para união de forças no sentido de conter o avanço da doença.

De acordo com a FVS, já são 2.844 casos notificados no Estado, situação que exige ações mais efetivas de vacinação e controle em todos os municípios. Trinta municípios do Amazonas tem casos notificados, com destaque para Manaus com 2.231 casos, Manacapuru com 507, Rio Preto da Eva, com 17 e Itacoatiara com 15.

Segundo o diretor-presidente da FVs, Bernardino Albuquerque, a Susam enviará reforço de vacina aos municípios, que têm até esta sexta-feira para informar a situação de seus estoques e a necessidade de reforço. “Para o combate ao sarampo precisa de estratégias mais efetivas e a vacinação é a principal ferramenta de controle, por isso, vamos complementar os estoques, para que essa busca da cobertura vacinal seja alcançada”, explicou.

O secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato, ressalta que a situação epidêmica do sarampo no Estado exige a união e esforço de todos. “É necessário entender que o sarampo é uma doença que atinge a família. Grande parte dos casos notificados é em adulto jovem, de 16 a 29 anos. Os municípios devem utilizar de todos os recursos para garantir a imunização”, reforçou.

Para o consultor nacional da Opas, Carlos Frederico Campelo, o Amazonas e suas características peculiares de logísticas devem ser levados em conta diante de uma epidemia. “Um dos principais meios de transporte são embarcações com centenas de pessoas, que seguem horas ou até dias de viagem, e para o sarampo esse aglomerado de pessoas proporciona a proliferação rápida do vírus. Desta forma, é necessário que os municípios sejam ágeis na intensificação  da vacinação, não mais na forma de rotina e, sim, buscando o público alvo, seja com vacinação casa a casa ou em mutirões de saúde”, explicou.

A coordenadora do Núcleo de Educação em Saúde da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc),  Delta Segadilha, defendeu a união de forças para atuar no combate ao sarampo. “Nós da educação não podíamos ficar de fora dessa luta contra o sarampo. Muitos alunos estão ficando doentes, por isso, estamos concluindo um cronograma para realizar a imunização deste público alvo e, desde já, solicitamos aos senhores pais a adesão a esta grande ação no esforço conjunto para evitar mais adoecimento”, comentou. A Seduc será parceira dos órgãos de saúde na vacinação de estudantes das escolas estaduais prevista para iniciar logo após o fim do recesso escolar, na semana que vem.

Treinamento – Nesta quarta-feira também foi realizada uma capacitação para alunos finalistas das áreas de enfermagem, saúde coletiva e medicina da Universidade de Estado do Amazonas (UEA), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e da Universidade Nilton Lins, que vão participar da força-tarefa de vacinação nas escolas e atuar na notificação de casos nos Núcleos de Vigilância Epidemiológica das unidades de saúde do Estado. Ao todo, participaram do treinamento realizado no auditório do Instituto de Pesquisa Clínica Carlos Borborema, na Fundação de Medicina Tropical Dr Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), cerca de 70 acadêmicos.

Para a acadêmica do 9º período de enfermagem da UFAM, Jaqueline Macedo, 22 anos, é uma oportunidade ímpar de contribuir no enfrentamento ao sarampo. “Na graduação pouco foi falado sobre o sarampo e a importância da vacina. Saio do treinamento com mais responsabilidade e serei mais uma apoiadora contra o sarampo”, comentou.

Durante a capacitação, a coordenadora do Núcleo de Vigilância Epidemiológica da FVS, Andréa Santos, abordou a importância da vacina tríplice viral, o preenchimento correto das fichas de notificação compulsória, o tempo para realização do bloqueio vacinal para as pessoas que tiveram contato com casos suspeitos. “Eles são os futuros profissionais  de saúde a serviço da sociedade e estão sendo preparados para reforçar as ações de vigilância”, salientou Andéa.

Boletim Epidemiológico – De acordo com a 15ª edição do Boletim Epidemiológico da Sala  de Resposta Rápida para Surto de Sarampo do Amazonas, divulgada nesta quarta-feira (04/07) pela FVS, foram notificados, até o momento, 2.844 casos da doença no Estado. A capital, Manaus, tem 2.231 casos notificados; Manacapuru tem 507; Rio Preto da Eva tem 17; Iranduba tem 14; Parintins tem 8; Presidente Figueiredo tem 8; Novo Airão tem 7. Foram confirmados 271 casos em Manaus e descartados 145. Outros 2.428 casos suspeitos seguem em investigação no Estado.

Governo do Estado intensifica atendimento dermatológico em 10 municípios, com foco na hanseníase

Governo do Estado intensifica atendimento dermatológico em 10 municípios, com foco na hanseníase

A Fundação Alfredo da Matta (Fuam), órgão da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), realiza até o dia 30 de julho uma programação com foco na intensificação de atendimento dermatológico, nos municípios de Apuí, Parintins, Nhamundá, Barreirinha, Japurá, Maraã, Jutaí, Juruá, Tapauá e Canutama. A ação, que começou na última terça-feira (03), faz parte do Monitoramento em Hanseníase, coordenado no Amazonas pela Fuam.

 

Para o diretor presidente da Fuam, médico dermatologista Helder Cavalcante, este tipo de ação é de grande importância, porque sinaliza a realidade da Hanseníase nos municípios amazonenses. Segundo ele, em 2017 foram visitados todos os municípios do Estado, o que deve ser repetido este ano. “Ano passado, estivemos em todos os municípios amazonenses fazendo um intenso trabalho de busca ativa e monitoramento das ações de combate à Hanseníase, o que rendeu 6.842 exames dermatológicos, 2.680 consultas médicas, 123 casos novos de Hanseníase identificados; além de 527 exames de contatos – pessoas que mantém convívio prolongado com pessoas diagnosticadas com a doença – e ainda um importante trabalho de treinamento in loco com 2.554 profissionais da saúde”, afirmou.

 

Cirurgias em Apuí – No município de Apuí, localizado na Região Sul do Amazonas, a 453 quilômetros de Manaus, pela distância e peculiaridades, a Fuam realizará, nesse mesmo período, além das Ações de Monitoramento e mutirão dermatológico, 35 cirurgias em pacientes portadores de neuropatias causadas pela Hanseníase. Os procedimentos foram agendados em Apuí, devido à necessidade detectada entre os pacientes que recebem acompanhamento naquele município –  pacientes com deformidades neurológicas, causadas pela doença.

 

A Hanseníase é uma doença que acomete, principalmente, pele e sistema nervoso periférico. As cirurgias neurológicas reparadoras são necessárias em alguns casos, em pacientes que por algum motivo tiveram evolução da doença a ponto de causar sequela no nervo. A indicação de cirurgia é definida pelos profissionais que acompanham os pacientes.

 

A equipe que está no município é composta por dois cirurgiões, dois dermatologistas, duas enfermeiras, além de técnicos de enfermagem e técnicos em dermatologia. Em 2017, quando equipe da Fuam esteve no município, foram computados 151 exames dermatológicos, 79 consultas médicas e um caso novo de Hanseníase.

Imagens fortes – Homem é morto a tiros no bairro Crespo em Manaus

Imagens fortes – Homem é morto a tiros no bairro Crespo em Manaus

Um homem não identificado morreu após ser baleado, na noite de quarta-feira (04), no bairro Crespo, Zona Sul de Manaus.

Segundo informações da polícia, o homem foi baleado por criminosos não identificados. Mesmo ferido, a vítima conseguiu fugir e chegou a pedir ajuda mas acabou caindo em uma outra rua.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foi acionado, mas o homem não resistiu aos ferimentos.

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) e o caso vai ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

 

 

Imagens Fortes -Menina de 14 anos é assassinada com 16 facadas no interior do AM

Imagens Fortes -Menina de 14 anos é assassinada com 16 facadas no interior do AM

O corpo de uma adolescente de 14 anos foi encontrado no quintal de uma casa, Na madrugada desta quarta-feira (04), no município de Borba, a 151 km de Manaus.

O corpo foi encontrado após uma denúncia anônima feita para o numero 190 da Polícia Militar, a  informação era de que um corpo estaria em uma residência, no bairro Bela Vista.

Existe a suspeita de que um outro jovem de 17 anos tenha cometido o crime.

Apos os policias chegarem ao local, foi constatado que realmente havia um corpo e em seguida acionaram uma ambulância para levar a vítima a uma unidade de saúde, para constatação da morte,já que no município não existe IML.

De acordo com o hospital, a jovem tinha 16 perfurações de faca pelo corpo.

O caso está sendo investigado pela 74ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), localizada em Borba.

 

TEXTO

%d blogueiros gostam disto: