Arquivo para novembro 13th, 2018

Prefeitos ganham espaço na comissão de transição de Wilson Lima para apontar obras prioritárias em seus municípios

13 de novembro de 2018 17:540 comentários
Prefeitos ganham espaço na comissão de transição de Wilson Lima para apontar obras prioritárias em seus municípios

Ivon Rates, prefeito do município de Envira

Às vésperas da mudança de governo, que passará a ser comandado por Wilson Lima, prefeitos do interior começam a se perguntar sobre as atuais obras em andamento em seus municípios, tanto as licitadas quanto as conveniadas, autorizadas pelo atual governador Amazonino Mendes, uma vez que a próxima gestão pode não possuir orçamento para manter as iniciativas e ter de reduzi-las drasticamente.

De acordo com o prefeito de Envira, Ivon Rates, um dos principais apoiadores de Wilson durante o pleito deste ano, o futuro governador já apresentou boa vontade para com os municípios. Ivon disse que os prefeitos terão espaço para apresentar, junto à comissão de transição, um relatório das obras desenvolvidas atualmente pelo governo do Estado e quais delas são as mais importantes.



Ivon destacou que procurou Wilson Lima pessoalmente para tratar do assunto a fim de garantir que os municípios tivessem o mínimo de prejuízo. “O próprio governador que me autorizou a tratar com o deputado Luiz Castro e outros membros da comissão, onde ficou pactuado que os prefeitos farão um relatório de todas as ações de governo que estão em curso nos seus municípios, sejam por convênio ou por contrato, e vão escolher entre elas, as maiores prioridades”, afirmou.

O prefeito disse que os gestores sabem que cortes acontecem em mudanças de gestão e trabalham para reduzir os impactos para a população do interior. “Nós, enquanto prefeitos, entendemos que em uma transição dessas é natural que haja cortes, uma vez que a próxima gestão não deverá ter orçamento para manter o que foi autorizado pelo governo atual. Isso é natural. Porém, o governador eleito, Wilson Lima, entende que no bojo dessas obras há investimentos de absoluta importância para os municípios, entre eles alguns que podem ser, inclusive, redimensionados”, completou o prefeito.

Com a iniciativa de Ivon, os prefeitos devem elaborar seus relatórios o mais rápido possível e uma vez pronto, será apresentado na Associação Amazonense de Municípios, que deve formalizar a entrega junto à Comissão de Transição de Wilson, representada pelo seu vice, Carlos Almeida.

Comissão de Transição do governador eleito, Wilson Lima, forma as subcomissões para análise socioeconômica do Estado

Comissão de Transição do governador eleito, Wilson Lima, forma as subcomissões para análise socioeconômica do Estado

A Comissão de Transição do governador eleito, Wilson Lima, formalizou, nesta terça-feira (13), na Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), os nomes que irão compor as subcomissões. Os trabalhos de ampla análise de contratos, despesas, receitas e projetos em andamento do Governo do Amazonas iniciam nesta tarde. As equipes estão divididas em oito áreas estratégicas e devem fornecer as informações para as coordenações de transição até o dia 28 deste mês. O relatório final, com o levantamento de informações e diagnósticos da situação fiscal e orçamentária do Governo do Estado, será divulgado no dia 13 de dezembro deste ano.

O vice-governador eleito, Carlos Almeida, destaca que os diagnósticos fornecidos pelas subcomissões servirão de base para estruturar o futuro corpo do secretariado do Executivo Estadual. “São oito subcomissões em áreas estratégicas e cada uma possui três representantes, mas isso não impede tanto por parte do governo eleito quanto da administração atual que haja consulta a diversos outros profissionais que possam colaborar com mais expertise técnica. O que precisamos dessas subcomissões é um diagnóstico de como está o Estado para que possamos encaminhar para o futuro secretariado as possíveis soluções”.



As orientações específicas para os integrantes das subcomissões serão realizadas na tarde desta terça-feira na Sefaz pelo coordenador da Comissão de Transição do governador eleito, Wilson Lima, o administrador, Humberto Laudares. “O primeiro passo será dividir os trabalhos nas grandes áreas que afetam os cidadãos e montar grupos de trabalhos para que possamos ter um diagnóstico claro dos problemas. A partir disso, vamos ter muita clareza sobre quais serão as principais medidas que o futuro governo poderá tomar nos primeiros 100 dias de gestão. Em outras palavras, teremos um ‘raio-X’ do cenário estadual para os quatro anos de mandato do governador eleito”.

Apoio – Carlos Almeida também explicou que, devido à impossibilidade de uma rotina diária no Estado, o ex-secretário de Educação de São Paulo, Gabriel Chalita, e o médico infectologista, David Uip, vão somente colaborar para aprimorar os trabalhos das subcomissões. “Precisamos de pessoas aqui para que possam circular nas unidades e, por conta dessa distância, eles vão dar opiniões para colaborar com o diagnóstico das subcomissões”.

Comissões – A Comissão de Transição de Wilson Lima vai ser coordenada pelo administrador e especialista em políticas públicas, Humberto Laudares, pelo vice-governador eleito, Carlos Alberto Almeida Filho (PRTB), e pelo deputado estadual Luiz Castro (Rede). Integram a equipe de Amazonino Mendes, o secretário de Estado da Fazenda, Alfredo Paes dos Santos, o secretário de Estado de Saúde, Francisco Deodato Guimarães, e o secretário de Estado da Casa Civil, Arthur Cesar Lins.

Subcomissões

Saúde

– Daniele Reis de Araújo Magalhães

– Manoel Jesus Pinheiro Coelho

– Ezequias Nascimento dos Santos

Educação

– Joésia Moreira Julião Pacheco

– Luiz Fabian Pereira Barbosa

– Darling Katiuscia de Goes Borges

Segurança

– Cel. Louismar de Matos Bonates

– Emília Ferraz Carvalho Moreira

– Fabiano Machado Bó

Social

– Maria Joseilda da Silva Pinheiro

– Caroline Braz Germano Ribeiro Penha

– Marcia de Souza Sahdo

Planejamento

– Rodemark Nunes Castelo Branco

– Lucio Meirelles da Silva Bezerra de Menezes

– Niro Higushi

Infraestrutura

– Odenilson Roberto Azevedo Serique

– Marcellus José Barroso Campêlo

– Rosilene Silva de Medeiros

Economia

– Alex Del Giglio

– Alessandro Moreira Silva

– Dario José Braga Paim

Sistema produtivo

– Petrúcio Pereira Magalhães Júnior

– Thomaz Antônio Perez da Silva

– Eduardo Costa Taveira

Adaf intercepta cargas com frutos hospedeiros da mosca da carambola em Parintins

Adaf intercepta cargas com frutos hospedeiros da mosca da carambola em Parintins

Equipes da central da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf) e local de Parintins, município localizado a 369 quilômetros de Manaus, em operação de fiscalização à embarcações fluviais, na última quarta-feira (07/11), interceptou cargas inconformes de hospedeiros da mosca da carambola e por não possuir documentação fitossanitária. Mais de 300 quilos de tangerina, 12.210 toneladas de tomates e 120 quilos de pimenta do cheiro foram rechaçados para o Estado do Pará.

Durante a fiscalização, os agentes da Adaf, observaram que a partida de tomate com procedente da Bahia com trânsito pelo Pará, possuía a Permissão de Trânsito de Vegetal (PTV), mas não apresentava os mecanismos de proteção recomendadas pela Instrução Normativa (IN), n°28 de 20 de julho de 2017, artigo 21, 22 e parágrafo único; Já a partida de tangerina procedente de São Paulo e o cheiro verde proveniente do Pará não possuíam documentação fitossanitária.



A PTV é um documento obrigatório que deve ser apresentado pelos condutores que trafegam com produtos oriundos de outras regiões, em consonância com as legislações específicas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Ação- Os fiscais da Adaf realizaram o acompanhamento do transbordo e a liberação da embarcação, com Termo de Fiel Depositário, até o estado do Pará, em Santarém. O ocorrido foi notificado para a Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará).

A ação faz parte do trabalho de fiscalização do trânsito interestadual de vegetais e suas partes e a Adaf vem executando suas atividades de defesa vegetal por entender que o ingresso da mosca da carambola é extremamente prejudicial para os produtores rurais do Amazonas e do país, por impedir a exportação de frutos.

A mosca carambola – A praga está associada aos prejuízos que pode causar à produção de frutos hospedeiros, as restrições impostas pelo mercado consumidor, às implicações de medidas de controle e aos impactos econômicos, políticos, sociais e ambientais do aparecimento e disseminação dessa praga.

Atualmente, a mosca da carambola encontra-se no Amapá, Pará e há existência de focos em Roraima. No Amazonas este trabalho está sendo monitorado através dos postos fixos das Barreiras de Vigilância Agropecuária (BVA), em Jundiá (RR), em parceria com agência Roraimense (ADERR) e no município de Parintins com a Adepará.

Bolsonaro anuncia general do Exército para o Ministério da Defesa

Bolsonaro anuncia general do Exército para o Ministério da Defesa

presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) anunciou na manhã desta terça-feira (13) mais um nome que vai integrar o seu governo. Trata-se do general da reserva Fernando Azevedo e Silva, que vai comandar o Ministério da Defesa.

Bolsonaro confirmou a indicação pelo Twitter, logo após desembarcar em Brasília para uma série de encontros com autoridades, em razão da transição de governo.



Fernando Azevedo e Silva estava no Supremo Tribunal Federal (STF) como assessor do ministro Dias Toffoli, presidente da Corte.

Adolescente é morto após trocar tiros com a polícia em assalto a posto na Torquato Tapajos

Adolescente é morto após trocar tiros com a polícia em assalto a posto na Torquato Tapajos

Uma dupla de suspeita tentar assaltar um posto de combustíveis trocou tiros com policiais civis da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), na noite desta segunda-feira (12). O confronto ocorreu em um trecho da avenida Torquato Tapajós, no bairro Colônia Terra Nova, Zona Norte de Manaus. Um dos suspeitos tinha 17 anos e morreu depois de ser baleado com dois tiros.

Por volta das 22h, os policiais e a dupla trocaram tiros nas proximidades de um condomínio residencial de luxo na avenida Torquato Tapajós. A dupla estava em uma motocicleta e caiu após ser baleada no terceiro posto de combustíveis, que era alvo de roubo.



Os dois suspeitos foram baleados. Um deles é Jhonatan Xavier Gomes, de 17 anos. Ele foi atingido com dois tiros sendo um nas costas e outro no braço esquerdo, que atravessou e perfurou a artéria do coração.

Os dois baleados foram levados para o Hospital Pronto-Socorro (HPS) Delphina Aziz. Jhonatan Xavier chegou morto à unidade hospitalar. O segundo suspeito ainda não teve a identidade revelada e permanece internado no hospital. Ele usa tornozeleira eletrônica. O hospital ainda não divulgou boletim médico com estado de saúde.

Ele foi preso em flagrante e será encaminhado para o presídio após receber alta médica.

A família do adolescente morto em confronto disse ao G1 que desconhecia o envolvimento de Jhonatan Xavier em roubos.

“Ele morava com a esposa que tem 15 anos na Compensa. Nos disseram que ele e um colega que não conhecemos estavam tentando roubar um posto de gasolina e o Jhonatan foi baleado. Os próprios policiais foram até casa da mãe dele para avisar. Ele nunca foi apreendido pela polícia, foi uma surpresa para nós essa situação”, revelou uma sobrinha do adolescente, que prefere não ser identificada.

O corpo do adolescente foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML) e submetido a exame de necropsia.

Associação da Transparência de Humaitá critica Herivaneo Seixas e diz que esgoto à céu aberto é uma ameaça à saúde da população

Associação da Transparência de Humaitá critica Herivaneo Seixas e diz que esgoto à céu aberto é uma ameaça à saúde da população

Imagens captadas, sábado, 10, pela Associação da Transparência de Humaitá, revelam com absoluta incontestável exatidão a fragilidade da gestão medíocre do prefeito Herivaneo Vieira de Oliveira (PROS), conhecido como Herivaneo Seixas.

Esgoto à céu aberto, ruas esburacadas, em vários bairros como São Cristóvão, São Domingos, Nova Esperança – total ausência de saneamento básico – são simples, tímidas e pálidas amostras, por assim dizer, da ineficiente administração Herivaneo Vieira de Oliveira.

Ah! a prefeitura não tem disponibilidade de recursos, maquinário e pessoal suficientes para atender a todas as necessidades de urbanização da cidade, poderia alegar o prefeito. E com justa razão.

Ocorre que não é bem esse o problema de Herivaneo Vieira de Oliveira para tirar a população do lodo e dos constantes ataques de mosquitos que proliferam aos às margens das ruas por completa ausência de saneamento básico.

O problema de Herivaneo Vieira de Oliveira é bem mais grave: falta de criatividade, competência administrativa, compromisso público e, sobretudo, capacidade de articulação política.

Que tal um mutirão para melhorar as péssimas condições sanitárias da cidade? Não seria uma boa ideia? Como fazer? Enxada, terçado, um trator, uma caçamba e uma pá carregadeira.

Ah! e arregaçar a manga.

A reportagem do Fato Amazônico tentou ouvir o prefeito Herivaneo Seixas a respeito da denúncia, mas o celular 69-9811x729x, estava fora da área de serviço.

Homens são presos com arma, drogas e R$50 mil na Cidade Nova

Homens são presos com arma, drogas e R$50 mil na Cidade Nova

Policiais da Força Tática da Polícia Militar do Amazonas prenderam três homens na tarde de segunda-feira (12), na avenida Atroaris, bairro Cidade Nova, na Zona Norte de Manaus.

Com o trio a policia encontrou seis quilos de maconha, R$ 50 mil reais e dinheiro e uma arma de fogo.

Depois de receber denúncia no linha direta, uma equipe da Força Tática se deslocou até o endereço informado para averiguar denúncia de venda de drogas. Os policiais foram informados que um veículo Gol de cor branca iria ser usado para fazer a entrega e venda de entorpecentes.



Material apreendido:

  • 6 kg de entorpecentes supostamente maconha
  • 1 Pistola Calibre 380 Marca Embel
  • 8 Munições/ 380
  • 1 Balança de precisão
  • 1 Máquina seladora a vácuo
  • 1 Cordão de dourada com medalha
  • 1 Pulseira de cor dourada
  • 1 Veículo Gol de cor Branca, placa PHN-8405
  • R$ 50 mil em dinheiro
  • Material para embalo de entorpecentes

TEXTO

%d blogueiros gostam disto: