Amazonas integra projeto internacional de monitoramento de biossegurança contra Covid-19

23 de julho de 2020 14:290 comentários

Amazonas e São Paulo são os Estados brasileiros selecionados para integrar o projeto de vigilância epidemiológica e monitoramento de práticas de biossegurança contra Covid-19 em hospitais, a partir de agosto. A iniciativa é do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos e é liderada pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

O projeto atua na melhoria das práticas de triagem em prontos-socorros para atendimento de pacientes com diferentes diagnósticos, incluindo os que apresentam Síndrome Gripal Aguda Grave (SRAG) e Covid-19. A estratégia observa ações de prevenção contra a transmissão de Covid-19 intra-hospitalar.




De acordo com a diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, a ação será importante para enfatizar as boas práticas de prevenção e controle de infecção já praticadas no estado. “São melhorias na prevenção à transmissão de Covid-19 e servem de exemplo para outras localidades”, afirmou.

A coordenadora da Comissão e Serviços de Controle de Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (Ceciss), da FVS-AM, Tatyana Amorim, apontou que as melhorias incluem diferentes abordagens. “As melhorias incluem a triagem de pacientes externos, de visitantes, e monitoramento de profissionais de saúde e de pacientes internados”, destacou.

No Amazonas, o projeto conta com dois profissionais bolsistas e contempla as unidades: Hospital e Pronto-Socorro (HPS) ‪28 de Agosto, HPS João Lúcio, HPS Dr. Platão Araújo, Maternidade Ana Braga e Pronto-Socorro da Criança da Zona Sul.

Iniciativa – O projeto é uma iniciativa do CDC dos EUA e é coordenado pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (USP), além de contar com o apoio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Deixe um comentário


× Como posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: