Amazonas registra 18,6 mil casos de malária no 1º trimestre de 2018, aponta FVS

Amazonas registra 18,6 mil casos de malária no 1º trimestre de 2018, aponta FVS

campanha do Dia Mundial da Luta Contra a Malária inicia nesta quarta-feira (25). Segundo dados da Fundação de Vigilência em Saúde, 18.649 casos da doença foram registrados no Amazonas, segundo a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS).

De acordo com o levantamento da Fundação, a quantidade é 34,33% maior do que a registrada no mesmo período do ano passado.

O lançamento nacional da campanha, em Manaus, ocorre durante o 3º Seminário Estadual Alusivo ao Dia Mundial de Luta contra a Malária, às 9h, no auditório do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), na Avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste.

O lançamento na capital é uma ação estratégica de enfrentamento à doença, considerando o aumento de casos em todos os estados que compõem a Amazônia Legal.

Com a ação, os governos federal e estadual visam também engajar os municípios a priorizar a malária nas suas agendas políticas.

Em fevereiro deste ano, 21 municípios receberam cinco embarcações de 9 m com motor de popa de 150HP, 19 embarcações de 6m com motor de 40HP, além de 15 veículos tipo pick-up e 19 motocicletas. Os itens correspondem a um montante de R$ 3,2 milhões para o enfrentamento à malária.

As aquisições são referentes à parceria firmada com o Ministério da Saúde (MS), para o Programa de Controle da Malária e da Dengue. Foram contemplados os municípios de Alvarães, Atalaia do Norte, Barcelos, Boca do Acre, Carauari, Eirunepé, Fonte Boa, Guajará, Humaitá, Ipixuna, Itamarati, Japurá, Jutaí, Lábrea, Santa Izabel do Rio Negro, Santo Antônio do Içá, São Paulo de Olivença, Tabatinga,Tefé, Uricurituba e Novo Airão.

Além de reduzir os casos de malária de forma geral, a parceria do Governo com o Ministério da Saúde também está focada na erradicação do tipo Falcíparum, considerado o de maior gravidade, apesar de menos incidente. //G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *