Arena Amazônia fecha 2016 com prejuízo de R$ 6 milhões

Arena Amazônia fecha 2016 com prejuízo de R$ 6 milhões

A Arena Amazônia, em Manaus, fechou o ano com prejuízo de R$ 6 milhões de reais. A arrecadação anual de pouco mais de R$ 1 milhão não foi suficiente para arcar com as despesas de segurança, manutenção predial e de gramado.

Apesar das contas no vermelho, o secretário de Esporte, Juventude e Lazer, Fabrício Lima, alega que o estádio deve ser visto como um investimento e que precisa de tempo para dar lucro.

Sonora: “A gente aluga a arena para casamento, aniversário, tivemos shows, corridas, jogos de bazar, jogos de futebol, desde jogos da Olimpíada da Seleção Brasileira até clássicos do futebol carioca. Jogos de futebol americano, levamos quase 9 mil pessoas à Arena. Estamos adaptando a nossa realidade como todo começo de empreendimento, em que é feito um investimento e você vai tirando com o tempo.”

Para 2017, o secretário diz que a expectativa é de que o valor das despesas se iguale ao da arrecadação. Já para os próximos anos é esperado lucro.

Ao custo de R$ 605 milhões de reais, a Arena Amazônia é um legado da Copa do Mundo de 2014. Construída a partir de conceito diferenciado, chegou a receber uma certificação internacional concedida a construções sustentáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *