Artigos por:Caíque Varella

CGE apoia Conferência Acadêmica que vai tratar sobre Políticas Públicas

20 de maio de 2019 09:280 comentários
CGE apoia Conferência Acadêmica que vai tratar sobre Políticas Públicas

A Controladoria-Geral do Estado (CGE-AM) atendeu ao pedido dos alunos e professores e está apoiando a Conferência Acadêmica de Políticas Públicas que inicia nesta terça-feira (21/05), no auditório da Universidade Paulista (Unip), no bairro Flores.

O objetivo do evento é mobilizar os segmentos sociais e a classe universitária com o intuito de proporcionar o debate de ações estratégicas que deverão contribuir com os avanços das políticas, inclusive com a criação de propostas para serem incluidas no Plano Plurianual (PPA) 2020/2023, do Governo do Amazonas.

Durante três dias, os participantes serão divididos em cinco Câmaras Temáticas: Saúde, Educação, Meio Ambiente, Segurança e Assistência Social. Os titulares das pastas referentes a todos os temas – Susam, Seduc-AM, Sema, SSP-AM e Seas, respectivamente – já confirmaram presença no segundo dia do evento.



Os secretários estaduais serão os responsáveis para apresentar a estrutura de cada secretaria e as estratégias para o desenvolvimento das ações. Após as palestras, haverá sabatina. A intenção é que não haja dúvidas sobre o trabalho que vem sendo feito no Estado e, também, estimular a sociedade para a participação nas políticas públicas.

O coordenador da Conferência, José Marques, reforça o papel da Universidade na busca de contribuir com o bem-estar da população em geral. “Nesses dias de Conferência, a nossa tarefa é avaliar tudo aquilo que já foi conquistado ao longo dos anos enquanto dever do estado, fazer os apontamentos necessários para o aprimoramento das políticas e definir as estratégias para superação dos desafios”, orienta.

Para o controlador-geral do Estado, Alessandro Moreira, que na abertura do evento vai proferir palestra sobre o papel da Controladoria no Amazonas, é importante destacar o empenho da Universidade para a realização do evento, assim como para o fortalecimento das políticas de desenvolvimento nas diversas esferas estaduais.

“Somos gratos por essa oportunidade que está sendo dada, seguindo justamente a linha do governo Wilson Lima, que é a de envolver todos no processo. Penso que esse é o melhor momento para avançarmos”, finaliza o controlador-geral.

Ato de solidariedade – Cerca de 300 pessoas foram inscritas para participar da Conferência. Durante o evento, serão arrecadados alimentos não perecíveis para a Campanha da Fraternidade, da Arquidiocese de Manaus, que este ano tem como tema “Fraternidade e Políticas Púbicas”.

Armamento pesado do PCC é aprendido na Zona Oeste

Armamento pesado do PCC é aprendido na Zona Oeste

Na noite deste domingo ( 19), um  colete à provas de bala com a inscrição PCC além de munição, foram deixados para trás dentro de um  carro modelo  Voyage de placa não identificada durante confronto com a Polícia Militar na  Zona Oeste de Manaus.

Segundo informações da polícia, os bandidos conseguiram fugir do local em outro carro. A polícia pede colaboração para encontrar esses bandidos e efeituar prisão.



Na ocasião, a viatura da Polícia  Militar foi fuzilada mas, ninguém ficou ferido graças a agilidade da polícia.

 

Polícia Civil prende empresário por furtar frangos que haviam sido descartados em aterro sanitário em Tabatinga

Polícia Civil prende empresário por furtar frangos que haviam sido descartados em aterro sanitário em Tabatinga

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Tabatinga, sob a coordenação da delegada Mary Anne Trovão, titular da unidade policial, prendeu em flagrante na manhã de sábado (18/5), por volta das 11h, o empresário Ademar Araújo dos Santos, 41, conhecido como “Paraibano”, após o homem coordenar o furto de frangos que haviam sido enterrados, por decisão em conjunto entre os órgãos fiscalizadores de produtos para consumo humano e animal, por estarem impróprios para o consumo.



Conforme a autoridade policial, o crime ocorreu na noite de sexta-feira (17/5), em aterro sanitário naquele município, distante 1.108 quilômetros em linha reta da capital. Após ser informada do crime, os policiais civis iniciaram as diligências em torno do caso e conseguiram efetuar a prisão do infrator em flagrante na manhã de ontem (18/5), nas proximidades da delegacia.

Circunstâncias da ocorrência – Mary Anne Trovão informou que, após um acidente biológico ou químico ocorrido em uma balsa denominada Melina Jaina, no Porto do Zé Mota, em Tabatinga, foi criado um comitê de gerenciamento em torno do acidente. O episódio, ocorrido no último dia 10 de maio, levou à intoxicação de 40 pessoas, causando a morte de dois homens e deixando outra vítima em estado grave.

Integram o grupo a Polícia Civil, Marinha do Brasil, Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado (Adaf), Departamento de Vigilância Sanitária do Amazonas (Devisa) e Vigilância Sanitária de Tabatinga.

“Ao longo da última semana, foram realizadas diligências, quando a Devisa, Vigilância Sanitária Municipal e Adaf atestaram que havia vários produtos, como frangos, arroz e milho, impróprios para consumo na balsa Melina Jaina, em decorrência de transporte e armazenagem de forma irregular, o que ocasionou a apreensão desses produtos. Na última sexta-feira (17/5), fizemos o descarte do material apreendido”, destacou a autoridade policial.

Trovão explicou que, após o procedimento, o empresário alugou um trator, modelo retroescavadeira, e contratou algumas pessoas para realizar o delito. “Quando finalizou o aterro dos produtos, Ademar tomou a decisão de furtar os frangos apreendidos e que já tinham sido descartados, porque a balsa onde ocorreu o acidente vinha trazendo os alimentos pra ele”, disse a delegada.

A titular da DIP de Tabatinga destacou que parte do material furtado pelo empresário foi recuperado durante a ação policial. “Esses frangos foram novamente soterrados no aterro sanitário”, garantiu Trovão.

Flagrante – Ademar foi autuado em flagrante por furto qualificado, pelo concurso de pessoas, e crime contra a saúde pública, no qual a vítima é a coletividade. Ao término dos procedimentos na unidade policial, “Paraibano” foi levado para a Unidade Prisional de Tabatinga, onde irá ficar à disposição da Justiça.

Festival de Ópera chega ao interior do Amazonas neste fim de semana

16 de maio de 2019 07:580 comentários
Festival de Ópera chega ao interior do Amazonas neste fim de semana

Projeto “Ópera Mirim” será apresentado em Santa Isabel do Rio Negro e Benjamin Constant

Com apresentações gratuitas nesta sexta-feira (17/05) e sábado (18/05), o projeto “Ópera Mirim” chega aos municípios de Santa Isabel do Rio Negro e Benjamin Constant. Integrando a programação do 22º Festival Amazonas de Ópera (FAO), o projeto consiste em um espetáculo de marionetes, apresentado pelo grupo Pequeno Teatro do Mundo e baseado em obras famosas do repertório operístico.

O 22º FAO é uma realização do Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), com patrocínio master do Bradesco, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cidadania e Secretaria Especial de Cultura. O evento, que começou no dia 26 de abril, segue com apresentações de ópera, recitais e concertos até 30 de maio.

As apresentações serão realizadas no Ginásio Poliesportivo, em Santa Isabel, na sexta-feira (17/05), e na comunidade indígena Filadélfia, em Benjamin Constant, no sábado (18/05), ambas às 18h. O secretário estadual de Cultura, Marcos Apolo Muniz, destaca o ineditismo dos eventos nos municípios.



“Um dos pilares desse Governo é descentralizar as ações e poder facilitar o acesso à cultura no Amazonas. Pela primeira vez, estas comunidades receberão a programação do Festival, e isto representa um passo importante para que possamos continuar a fomentar ações para o cidadão no interior”, declara o secretário.

Formado pelos artistas Fábio Retti e Fabiana Vasconcelos, o grupo Pequeno Teatro do Mundo vai apresentar a obra “L’enfant et les Sortilèges” (“O Menino e os Sortilégios”), do compositor e pianista francês Maurice Ravel (1875-1937). Será a primeira vez do grupo no interior do Estado. Com 14 personagens manipulados, a obra traz enredo em torno de uma criança que enfrenta a revolta de bichos e objetos por sua preguiça diante dos deveres de casa.

“Para nós é um momento muito rico esse de ir até as comunidades do interior. O projeto foi criado para isso, com o objetivo de acessar os lugares mais distantes e levar cultura e música para as pessoas. Estamos muito felizes com a oportunidade”, declara o artista Fábio Retti.

Formação de público – O titular da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Eventos de Santa Isabel do Rio Negro, Bosco Souza, declarou que a participação do município na programação do FAO incentiva a formação de público e a formação cultural.

“A Secretaria de Cultura do município ainda é recente, e estamos lutando para que a cultura cresça na cidade. Somos um pequeno ponto no meio da floresta amazônica, mas existimos. Ter um espetáculo do Festival de Ópera foi uma grata surpresa para nós este ano, e pretendemos fortalecer esta parceria com a SEC para oferecermos mais projetos aos nossos cidadãos”, afirmou.

O secretário de Turismo de Benjamin Constant, Marcelo Bhacana, diz que a apresentação é inédita para a região do Alto Solimões e para o município. “Estamos bem felizes. Nunca tivemos um espetáculo de ópera nesta região, e poder levar isto para uma comunidade indígena é mostrar que podemos expandir as políticas culturais para os locais mais longínquos do Estado”.

Marionetes de fio – O Pequeno Teatro do Mundo é uma companhia de teatro de marionetes de fio, formada pelos artistas Fábio Retti e Fabiana Vasconcelos Barbosa, que resgata a tradição do teatro mambembe. Unindo sua expertise no teatro de animação à sua paixão pela ópera, encanta e diverte os espectadores, ao mesmo tempo em que promove uma experiência educativa e de iniciação artística, apresentando o universo da música erudita em uma linguagem popular.

‘Mulheres da Ópera’ – Neste fim de semana, a programação do FAO também inclui a estreia do espetáculo “Mulheres da Ópera”, na sexta-feira (17/05), no Centro Cultural Palácio Rio Negro, situado na avenida Sete de Setembro, 1.546, Centro, às 16h. No sábado (18/05), às 19h, o espetáculo será exibido no Shopping Ponta Negra. Ambas as apresentações são gratuitas.

Em “Mulheres da Ópera”, as sopranos Carol Martins, Elane Monteiro, Mirian Abad e Raquel de Queiroz, e as mezzo-sopranos Kelly Fernandes e Yana Stravaganzzi, cantoras dos Corpos Artísticos do Estado, interpretam trechos de óperas que trazem personagens femininos emblemáticos, seja pela força, atitude ou pela beleza, em obras trágicas ou cômicas.

O espetáculo também será apresentado na Fundação Bradesco, no dia 22 de maio, às 9h30 e às 15h30; na Fundação Cecon, no dia 25, às 10h; e na Fundação Doutor Thomas, no dia 27, às 10h.

‘Tosca’ – Estreia do FAO no último sábado (11/05), a ópera “Tosca” volta a ser apresentada no Teatro Amazonas nesta sexta-feira (17/05), às 20h, e no domingo (19/05), às 19h.

Clássico do repertório operístico mundial, a obra de Giacomo Puccini narra a história da cantora Floria Tosca (Daniella Carvalho), que é apaixonada pelo pintor Mario (Fernando Portari) e sente ciúmes do amado, ao imaginar que ele tem uma amante. Na verdade, ele esconde Angelotti (Fred Oliveira), que está sendo procurado pela polícia. Até que o chefe de polícia Scarpia (Rodrigo Esteves), que deseja Tosca, prende Mario.

Em uma das cenas mais dramáticas, que inclui tortura e violência sexual, Scarpia promete salvar Mario da sentença de morte, em troca de uma noite com Tosca. Ela finge aceitar, mas o apunhala. A partir daí há uma sucessão de tragédias que prendem a atenção do público até o final do espetáculo.

Os ingressos para o FAO 2019 estão à venda na bilheteria do Teatro Amazonas e pelo site Bilheteria Digital (www.bilheteriadigital.com/teatroamazonas), com valores que vão de R$ 2,50 a R$ 60.

Sobre o Bradesco Cultura – Com centenas de projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. O Banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do País, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte.

São eventos regionais, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros, além do Teatro Bradesco em São Paulo. Fazem parte do calendário 2019 atrações como o musical O Fantasma da Ópera e o Natal do Bradesco, em Curitiba.

Para mais informações sobre essas e outras ações, projetos e atividades desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Cultura, acesse o Portal da Cultura (www.cultura.am.gov.br). Confira também os perfis do órgão no Facebook, Twitter e Instagram – culturadoam.

Polícia pede o apoio da população para localizar e prender rapaz procurado por roubo em Manacapuru

Polícia pede o apoio da população para localizar e prender rapaz procurado por roubo em Manacapuru

A Polícia Civil do Amazonas, por meio do delegado Rodrigo Torres, titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru, solicita a colaboração de todos na divulgação da imagem de Jhonatas dos Santos Monteiro, 25, procurado por envolvimento em roubo ocorrido no dia 24 de abril deste ano, por volta das 13h, em uma panificadora situada no bairro Aparecida, em Manacapurumunicípio distante 68 quilômetros em linha reta da capital.

De acordo com a autoridade policial, no dia do crime, Jhonatas e Felipe Araújo Alves, 25, que já está preso por envolvimento no delito, chegaram ao estabelecimento comercial e subtraíram R$ 11 mil, que seriam depositados por uma funcionária em um banco.  A informação sobre a quantia foi repassada por Juan Rodrigues Coelho, 20, filho do dono da padaria, que também já está preso.

“No dia do crime, Juan sabia que uma funcionária iria sair do local para fazer um depósito em um banco, no valor de R$ 11 mil, que estavam em uma bolsa. Juan então planejou o roubo e convenceu Felipe e Jhonatas dos Santos Monteiro, 25, que está sendo procurado pela polícia, para executarem o delito. No dia da ação criminosa, Juan sinalizou para Felipe quem estava com a quantia em dinheiro e, portando uma arma de fogo, Felipe subtraiu a bolsa da vítima. Jhonatas conduziu a motocicleta utilizada na fuga”, informou Torres.



Felipe e Juan foram presos pela equipe da DIP de Manacapuru no início da tarde desta quarta-feira (15/5), por volta de meio-dia, em cumprimento a mandados de prisão preventiva expedidos pela juíza Aline Kelly Ribeiro, da 1ª Vara de Manacapuru. A quantia subtraída foi recuperada e devolvida ao dono.

Quem puder colaborar com informações sobre a localização de Jhonatas, entrar em contato pelo número 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). “Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu Rodrigo Torres.

Projeto de língua espanhola chega à quinta escola da rede municipal de ensino de Manaus

SAMSUNG CSC

SAMSUNG CSC

Oportunidade. Assim definiu a venezuelana Reynna Quijana, há quatro meses morando com a família em Manaus, sobre o projeto “Manaus internacional: integrando culturas por meio da língua espanhola”, lançado na escola municipal Desembargador Felismino Francisco Soares, na avenida Ayrão, Centro, na tarde desta quarta-feira, 15/5. “Vejo esse projeto como uma porta aberta para meu filho”, declarou.

A unidade da rede municipal de ensino possui turmas da educação infantil ao 5° do ensino fundamental e atende 415 alunos, entre eles venezuelanos e indígenas da etnia warao. A escola é a quinta unidade de ensino da Prefeitura de Manaus a receber o projeto coordenado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed).

“Esse projeto é mais uma prova dos avanços que estamos promovendo na educação básica da capital e, ao mesmo tempo, vem ao encontro da política de inclusão que temos oferecido aos refugiados acolhidos em Manaus” destacou o prefeito Arthur Virgílio Neto.

O “Manaus Internacional” é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Manaus, a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e o Consulado da Colômbia em Manaus, e tem a finalidade de proporcionar o ensino e o estudo da língua e cultura espanholas aos alunos da rede pública municipal.

Durante o lançamento do projeto, a secretária da Semed, Kátia Schweickardt, reforçou que o Manaus Internacional vem somar à política de acolhimento que o prefeito Arthur Virgílio Neto implantou na cidade de Manaus, ao receber os refugiados venezuelanos, bem como destacou os avanços alcançados na educação e a importância do envolvimento das famílias no processo de ensino e aprendizagem dos alunos.

“O prefeito recebeu uma menção honrosa do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), por Manaus ser uma cidade acolhedora. E, por meio da língua espanhola, temos conseguido fazer com que nossas escolas participem desse processo de acolhimento. Um aluno que começa a dominar outro idioma fica livre para andar, estudar, ler, sonhar muito mais do que podemos pensar”, destacou.

Além da ideia de tornar a Felismino Soares uma escola bilíngue, a intenção do projeto também é a de promover a maior integração e a troca de conhecimento entre alunos brasileiros, venezuelanos e waraos, como destacou a coordenadora do projeto, Adria Santos.

“Nessa escola, alunos brasileiros vão aprender o espanhol e alunos venezuelanos vão poder aprimorar o que sabem sobre a língua espanhola e aprender ainda mais a língua portuguesa. Outro diferencial é que aqui temos alunos da etnia warao. Eles vão aprender as línguas portuguesa e espanhola ao mesmo tempo e trocar experiências sobre a cultura deles com os outros estudantes”, explicou Adria.

O cônsul da Colômbia, José Gilberto Rojas, durante a aula inaugural, afirmou que o consulado está à disposição para o pleno andamento do projeto na rede municipal de ensino. “Fico feliz em poder ajudar nesse trabalho de divulgação e de repasse da cultura espanhola”, destacou.



Para a gestora da unidade de ensino, Islândia Menezes da Silva, o projeto fortalecerá o trabalho de inclusão e humanização que é feito no ambiente escolar. “Esse projeto só veio somar, colaborar com nosso trabalho de inclusão, que já fazemos com nossos alunos estrangeiros. Por isso, o recebemos com muito carinho”, ressaltou.

Um dos alunos participantes do projeto é Reynaldo Hernandes que, juntamente com a mãe, a dona de casa Reynna Quijada, integra um grupo de refugiados venezuelanos, que chegou a Manaus em janeiro deste ano, em busca de melhores condições de vida e de dignidade.

Para Reynna, o projeto representa uma oportunidade de seu filho aprimorar o conhecimento que já tem do idioma espanhol e melhorar a comunicação com brasileiros.

“Ele vai ter a oportunidade de aprimorar o seu conhecimento na língua espanhola, como trocar experiências com as crianças brasileiras e, com isso, acredito que vai se aproximar das crianças daqui e de outros estrangeiros que moram aqui. Estou muito feliz, porque sei que esse projeto será muito importante na vida dele”, pontuou.

Flamengo vence Corinthians em Itaquera e abre vantagem na Copa do Brasil

Flamengo vence Corinthians em Itaquera e abre vantagem na Copa do Brasil

O Flamengo venceu o Corinthians por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, em Itaquera, e abriu boa vantagem nas oitavas de final da Copa do Brasil. Um gol de Willian Arão, no segundo tempo, definiu a vitória do Rubro-Negro, que agora decide em casa uma vaga nas quartas de final do torneio. A equipe de Abel Braga criou mais chances, sofreu um ou outro susto, mas teve o controle da partida.

O jogo de volta é no dia 4 de junho, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã. Qualquer empate dá a vaga nas quartas ao Flamengo, enquanto o Corinthians precisa vencer por dois gols de diferença para avançar no tempo normal. Qualquer vitória corintiana por um gol leva a decisão para os pênaltis – gol fora de casa não é critério de desempate.



O volante Cuéllar, do Flamengo, foi eleito por unanimidade o melhor da partida pelo público (41,7% dos votos) e pelos comentaristas Casagrande e Júnior. O colombiano recebeu o prêmio das mãos do repórter Eric Faria.

O herói da noite

Willian Arão, com passagem pelo Corinthians no início da carreira, foi o responsável pelo gol da vitória do Flamengo ao sair da intermediária para aproveitar bom cruzamento de Bruno Henrique e finalizar sem chances para Cássio.

Primeiro tempo

Os seguidos passes errados prejudicaram a qualidade dos primeiros 45 minutos – o Corinthians errou 15, contra 16 do Flamengo. A equipe de Abel Braga ficou mais tempo com a bola (62% de posse), mas teve dificuldades em furar as duas linhas de quatro jogadores bem montadas pelo Timão. Mesmo com uma escalação aparentemente mais ofensiva, com Sornoza ao lado de Ralf e Vagner Love titular junto com Boselli, o Corinthians deixou a bola com o rival e apenas esperou. Com qualidade, o Fla criou as duas melhores chances do primeiro tempo: uma cabeçada de Léo Duarte para fora, e um chute de Everton Ribeiro após dois cortes em Danilo Avelar que Cássio defendeu bem.

Segundo tempo

O jogo ficou mais aberto a partir de duas mudanças do Corinthians: as entradas de Pedrinho e Jadson nas vagas de Mateus Vital e Boselli. A equipe de Fábio Carille tentou criar mais à base de triangulações e levou perigo ao gol de Diego Alves. O Flamengo, porém, conseguiu furar a marcação do rival com passes curtos e dribles que quebraram as linhas corintianas. Dessa maneira, Bruno Henrique recebeu pela esquerda e cruzou para Willian Arão abrir o placar, aos 33 minutos. Depois disso, o Corinthians se desarrumou, até conseguiu um chute perigoso com Pedrinho, mas ficou longe do empate.

Próximos jogos

Os dois times voltam a campo no fim de semana pela quinta rodada do Brasileirão. O Flamengo enfrenta o Atlético-MG no sábado, às 19h (de Brasília), no Independência. O Corinthians vai a Curitiba enfrentar o Athletico-PR, domingo, às 16h, na Arena da Baixada.

Polícia recupera R$ 11 mil roubados em Manacapuru e prende dupla envolvida no crime

15 de maio de 2019 19:430 comentários
Polícia recupera R$ 11 mil roubados em Manacapuru e prende dupla envolvida no crime

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru, município distante 68 quilômetros em linha reta da capital, sob o comando do delegado Rodrigo Torres, titular da unidade policial, cumpriu no início da tarde desta quarta-feira (15/5), por volta de meio-dia, mandados de prisão preventiva em nome de Felipe Araújo Alves, 25, e Juan Rodrigues Coelho, 20, por roubo majorado, pelo concurso de agentes e emprego de arma de fogo.

De acordo com a autoridade policial, o crime aconteceu no dia 24 de abril deste ano, por volta das 13h, em uma panificadora situada no bairro Aparecida, em Manacapuru. Os mandados foram expedidos pela juíza Aline Kelly Ribeiro, da 1ª Vara de Manacapuru. As prisões ocorreram ao longo desta quarta-feira (15/5), nas respectivas casas onde os infratores moravam. Juan foi localizado na rua Fábio Lucena, do bairro Liberdade, e Felipe, na rua Coronel Salgado, no bairro São Francisco.



“No dia do crime, Juan, que é filho do proprietário do estabelecimento onde ocorreu o delito, sabia que uma funcionária iria sair do local para fazer um depósito em um banco, no valor de R$ 11 mil, que estavam em uma bolsa. Juan então planejou o roubo e convenceu Felipe e Jhonatas dos Santos Monteiro, 25, que está sendo procurado pela polícia, para executarem o delito. No dia da ação criminosa, Juan sinalizou para Felipe quem estava com a quantia em dinheiro e, portando uma arma de fogo, Felipe subtraiu a bolsa da vítima. Jhonatas conduziu a motocicleta utilizada na fuga”, informou Torres.

Felipe e Juan foram indiciados por roubo majorado, pelo concurso de agentes e emprego de arma de fogo. Após os procedimentos cabíveis na delegacia, eles serão mantidos na carceragem da DIP de Manacapuru, à disposição da Justiça.

Disque-Denúncia – O titular da DIP de Manacapuru ressaltou que a quantia foi recuperada e devolvida ao dono. Rodrigo Torres pede o apoio da população para localizar e prender Jhonatas. “Quem puder colaborar com informações, entrar em contato pelo número 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP–AM). Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu.

Polícia prende em Manaus casal procurado por homicídios cometidos no Ceará

14 de maio de 2019 13:370 comentários
Polícia prende em Manaus casal procurado por homicídios cometidos no Ceará

A equipe de investigação da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM), sob o comando da delegada Débora Mafra, titular da unidade policial, cumpriu na manhã de segunda-feira (13/5), por volta das 11h, mandados de prisão preventiva por homicídios e roubo, expedidos pela Justiça do Ceará, em nome de um cozinheiro de 40 anos e da companheira dele, uma doméstica de 31 anos.

De acordo com Débora Mafra, os policiais civis da DECCM tomaram conhecimento do caso após receberem denúncia de um estupro de vulnerável que teve como vítima uma adolescente de 13 anos. Ao longo das investigações, identificaram o cozinheiro como autor do crime. O homem é padrasto da vítima e cometia os abusos na casa onde ele morava com a doméstica, mãe da vítima.



“A partir dessa denúncia, iniciamos as investigações e constatamos que tanto o cozinheiro quanto a doméstica tinham mandados de prisão preventiva em nome deles, expedidos pela Justiça do Ceará. Verificamos que as ordens judiciais em nome do homem eram por homicídio, sendo uma expedida pela Comarca de Crato e a outra pela Comarca de Barbalha, no Ceará. Já a doméstica possuía dois mandados em aberto de prisão preventiva, sendo um por homicídio e outro por roubo. As ordens judiciais foram expedidas também pela Comarca de Crato”, explicou Mafra.

A titular da DECCM destacou que, diante disso, a equipe de investigação da unidade policial começou a realizar diligências para prender os infratores e evitar que eles continuassem em liberdade. A cozinheira foi presa em um condomínio situado no bairro Novo Israel, zona norte da capital. O cozinheiro foi localizado na Comunidade Alfredo Nascimento, no bairro Cidade de Deus, zona norte.

“Ao prendermos o casal, ouvimos a adolescente de 13 anos e instauramos Inquérito Policial (IP). A vítima relatou que vinha sofrendo os abusos sexuais desde os 9 anos, quando a mãe a buscou em Crato, no Ceará. A adolescente relatou, ainda, que informou a mãe sobre os abusos que sofria enquanto ela não estava presente, mas a doméstica não acreditou na versão da filha”, disse Mafra.

Conforme a autoridade policial, o cozinheiro foi indiciado por estupro de vulnerável. Por conta dos mandados de prisão preventiva em nome dos infratores, a doméstica será conduzida ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF) e o homem levado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPF), onde irão permanecer até serem recambiados para unidade prisional no Ceará.

Fiscalização do Detran-AM remove 22 veículos na zona norte de Manaus

Fiscalização do Detran-AM remove 22 veículos na zona norte de Manaus

Durante a Operação “Cidade das Trevas”, deflagrada na manhã desta terça-feira (14/5) pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) removeu 22 veículos na zona norte de Manaus. Ao todo, seis carros e 16 motocicletas foram removidos, além de 55 multas aplicadas por diversas irregularidades.

O objetivo da ação do Detran-AM era a instalação de barreiras para a contenção de possíveis fugas e fiscalização de veículos. A ação ocorreu por meio do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) e apreendeu 15 Certificados de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV) e uma Carteira Nacional de Habilitação. Os veículos recolhidos foram removidos para o Parqueamento do Detran-AM, localizado no bairro Planalto, zona centro-oeste de Manaus, até que os proprietários regularizem as pendências.



A Operação “Cidade das Trevas” cumpriu de mandados de prisão, busca e apreensão em duas ocupações irregulares da zona norte de Manaus. O foco era prender envolvidos em homicídios, tráfico de entorpecentes e suspeitos de formação de milícia.

Além do Detran-AM, a operação integrada reuniu agentes da Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC). Cerca de 600 servidores estão envolvidos na operação. A ação ocorreu no bairro Cidade das Luzes, no Tarumã, zona oeste, e Buritizal, no Nova Cidade, zona norte.

Mães eirunepeenses são homenageadas pela prefeitura municipal

Mães eirunepeenses são homenageadas pela prefeitura municipal

Para homenagear as mães eirunepeenses, a prefeitura de Eirunepé realizou no último domingo, 12 de maio, no pátio da Igreja de Fátima, um momento especial em homenagem ao Dia das Mães. O evento foi marcado por diversas atividades e o sorteio de diversos brindes.



A comemoração começou às 17h, com o sorteio de vários prêmios como ventilador, ferro de passar, jogos de panela e outros. Entre as 18h e 21h houve o intervalo para a realização da missa do terço. Depois a festa continuou e ainda mais brindes chegaram às mãos das mães presentes, que receberam homenagens e participaram de brincadeiras.

O prefeito Raylan Barroso fez questão de parabenizar as mães eirunepeenses. “Quero deixar registrado todo o meu carinho e respeito por todas as mães do nosso município. Sei que a missão de vocês é dura e, por isso, não tenho medido esforços para que a nossa gestão leve o que há de melhor para vocês e seus filhos. Todas podem contar comigo e com o meu apoio sempre. Um feliz Dia das Mães a todas”, completou.

Parintinenses esgotam vagas para workshop realizado pela Amazonastur

Parintinenses esgotam vagas para workshop realizado pela Amazonastur

Curso “Bem Receber” promove preparação para receptividade ao visitante no 54º Festival Folclórico de Parintins

Em menos de seis horas, a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) preencheu, na segunda-feira (13/05), as 150 vagas da 1ª etapa do Workshop “Bem Receber”, voltado aos profissionais que desenvolvem atividade econômica relacionada ao turismo de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus).

A Amazonastur vai oferecer 300 vagas para o curso em preparação para a receptividade do visitante no 54º Festival Folclórico de Parintins. O treinamento será realizado para dez turmas de 30 participantes, em duas etapas.

A Singulari Consultoria foi contratada para realizar o treinamento, uma vez que a empresa tem expertise internacional em gestão de mudanças e desenvolvimento de pessoas.

Na primeira etapa do workshop, foram matriculados cem “tricicleiros”, além de artesãos, vendedores, recepcionistas de hotéis, ambulantes, garçons, entre outros profissionais. Conforme a chefe de Projetos e Capacitação da Amazonastur, Kethlenn Porto, cerca de 50 pessoas estão na lista de espera para participar da formação, que acontece entre os dias 20 e 22 de maio, no Centro Cultural de Parintins (Bumbódromo), no Cine Clube Odineia Andrade do Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro.

“Nós tínhamos programado de fazer as inscrições da primeira etapa do curso entre os dias 13 e 14 de maio. Mas, em menos de seis horas, nesta segunda (13/05), preenchemos todas as 150 vagas da primeira etapa. Agora vamos nos preparar, com muita expectativa, para a segunda fase das inscrições, em junho”, comentou Kethlenn.

Pela primeira vez, os tricicleiros que participarem do curso receberão o certificado “Tricicleiro Pai D’égua” – que, na linguagem local, quer dizer “pessoa do bem, bacana”. Eles terão ainda fardamento e mais a pintura padronizada pela Amazonastur, em consonância com o festival.

O período de inscrições para a próxima etapa do curso, com mais 150 vagas, ocorrerá entre os dias 3 e 4 de junho, das 8h às 14h, no Centro de Atendimento ao Turista de Parintins (CAT), na avenida Jonathas Pedrosa, 2.471, no Centro.

Treinamentos – As atividades da primeira etapa do Workshop “Bem Receber” ocorrerão nos seguintes dias e horários:

Dia 20/5 – das 18h às 20h e das 20h30 às 22h30;

Dia 21/5 – das 15h às 17h e das 18h às 20h;

Dia 22/5 – das 9h às 11h.

SSP deflagra Operação ‘Cidade das Trevas’ em duas ocupações irregulares em Manaus

SSP deflagra Operação ‘Cidade das Trevas’ em duas ocupações irregulares em Manaus

Nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (14/05), a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) deflagrou a Operação “Cidade das Trevas” para cumprimento de mandados de prisão, busca e apreensão em duas ocupações irregulares da zona norte de Manaus. O foco é prender envolvidos em homicídios, tráfico de entorpecentes e suspeitos de formação de milícia.

A operação integrada entre a Polícia Civil e Militar envolve o Corpo de Bombeiros, o Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM), que vai montar barreiras para contenção de possíveis fugas e fiscalização de veículos. Cerca de 600 servidores estão participando da operação.



A ação está ocorrendo nas comunidades Cidade das Luzes, no bairro Tarumã, zona oeste, e Buritizal, no Nova Cidade, zona norte.

O secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, coordena a operação ao lado do delegado-geral da Polícia Civil, Lázaro Ramos, e do subcomandante-geral da Polícia Militar, coronel Silvio Mouzinho.

A Operação Cidade das Trevas é fruto de investigação do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), da Polícia Civil, iniciada em janeiro deste ano. O secretário de Segurança Pública pede à população que tenha informações que possam levar a prisão de infratores da área para entrar em contato por meio do disque denúncia 181.

Deputada depõe à PF sobre laranjas do PSL e acusa ministro do Turismo

Deputada depõe à PF sobre laranjas do PSL e acusa ministro do Turismo

deputada federal Alê Silva (PSL-MG), que afirma ter sido ameaçada de morte pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio, prestou nesta segunda-feira, 13, depoimento à Polícia Federal em Belo Horizonte no inquérito que apura supostas candidaturas laranjas do PSL em Minas nas eleições 2018. “Confirmei a forma como eu cheguei até o esquema, e da minha convicção de que ele tenha sido orquestrado pelo ministro”, disse ela, ao deixar a sede da PF.

Na segunda-feira, Álvaro, que presidiu o PSL no Estado até o fim do ano passado, afirmou que não tem motivos para deixar a pasta e que o presidente Jair Bolsonaro é um “homem bom, justo, e não vai fazer nenhum tipo de prejulgamento”. O ministro participou de audiência na Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa de Minas.



Alê disse ter identificado irregularidades analisando contas das quatro candidatas derrotadas que fizeram inicialmente a denúncia. “Vi que tinham recebido valores expressivos do fundo de campanha, e que esse dinheiro teria sido repassado para empresas de propriedade de assessores de Marcelo Álvaro.”

Segundo a parlamentar, após as denúncias, o ministro passou a oferecer cargos para aliados que teriam envolvimento no esquema. “Marcelo Álvaro trouxe todo mundo para perto de si e tenta, com isso, se blindar.”

O ministro negou participação no esquema, que consistia em usar recursos de fundo público destinado a candidaturas de mulheres para outros fins, e afirmou que não entraria “no mérito” ao ser questionado se arranjou cargos públicos para investigados no caso. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Corinthians e Flamengo vivem situações financeiras opostas

Corinthians e Flamengo vivem situações financeiras opostas

O Corinthians recebe nesta quarta-feira o Flamengo na arena em Itaquera, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. A partida colocará frente a frente os times que conseguiram os melhores contratos de TV, ambos com a Rede Globo, e que motivaram a revolta do Palmeiras – o clube alviverde ainda não fechou contrato para a TV aberta e pay-per-view e na fechada tem vínculo com a Turner.

O Corinthians espera faturar pelo menos R$ 240 milhões com a Globo neste ano, de acordo com seu balanço financeiro. O Flamengo não divulgou valores, mas os números são semelhantes. O dinheiro de um e outro pode ser maior ou menor porque há variáveis no contrato, como porcentagem referente ao número de jogos exibidos e mais um valor pago de acordo com o desempenho.



Apesar de estarem em padrão de igualdade, as realidades financeiras das equipes são quase opostas. “O Flamengo vem de reestruturação financeira muito grande nos últimos cinco anos: reduziu despesas e fez caixa. Por isso, nos últimos dois, está com patamar financeiro mais interessante para contratar e pagar bons salários. O clube não depende só da TV, é o segundo que mais arrecada com patrocínios, tem a bilheteria… são fontes de receitas diversificadas”, informou Pedro Daniel, líder de esportes da EY, empresa de consultoria.

O clube paulista vive momento mais complicado por causa da dívida de seu estádio, que hoje é de R$ 1,1 bilhão – mensalmente, o Corinthians tem de desembolsar R$ 6 milhões para pagar o financiamento junto ao BNDES e isso compromete quase toda a bilheteria. “O clube fica muito refém da TV. E fica com dificuldade em termos competitivos para poder contratar e pagar seus principais atletas”, analisou Daniel.

Os números divulgados pelo site Transfermaket exemplificam um pouco o que o analista comentou sobre os clubes. O Corinthians investiu 6,59 milhões de euros (cerca de R$ 29,5 milhões) em contratações nos últimos 12 meses, enquanto o Flamengo gastou 51 milhões de euros (R$ 228 milhões).

Apesar de ter trazido 12 jogadores para a atual temporada, além do técnico Fábio Carille, o presidente Andrés Sanchez estipulou um teto salarial e reduziu a folha 4% em relação a 2018. Hoje paga mensalmente algo em torno de R$ 11 milhões.

O Flamengo investiu alto nas contratações e só de salário para o atacante Gabriel gasta cerca de R$ 1,25 milhão – o jogador está emprestado pela Inter de Milão. A folha salarial do elenco está em torno de R$ 15 milhões.

“Em curto prazo o Corinthians não tem como competir com o Flamengo. Para conseguir isso, precisa antes de qualquer coisa, de alguma maneira, reduzir despesa e com o tempo fazer caixa para poder contratar atletas de peso. O Flamengo fez a lição de casa recentemente e colhe os frutos”, encerrou Daniel.

Justiça autoriza a quebra de sigilos de Flávio Bolsonaro e Queiroz

Justiça autoriza a quebra de sigilos de Flávio Bolsonaro e Queiroz

A Justiça do Rio de Janeiro autorizou a quebra de sigilo bancário e fiscal do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, e de seu ex-assessor Fabrício Queiroz.

A decisão, do dia 24 de abril, foi divulgada nesta segunda (13) pelo jornal O Globo e confirmada pela Folha de S.Paulo.

A autorização atinge também 88 ex-assessores de Flávio na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), a mulher e a empresa do senador, pessoas e firmas que fizeram transações imobiliárias com ele.

A quebra de sigilo bancário e fiscal é o primeiro passo judicial da investigação sobre Queiroz após quase 500 dias do relatório do Coaf apontar uma movimentação atípica de R$ 1,2 milhão na conta bancária do ex-assessor de Flávio.



Segundo o jornal, o período da quebra é de 2007 a 2018, período em que Queiroz esteve vinculado ao gabinete.

Fazem parte do rol dos investigados as filhas do ex-assessor, Nathalia e Evelyn Queiroz, ambas ex-assessor de Flávio. Também tiveram quebrados os sigilos Raimunda Veras Magalhães e Danielle Nóbrega, mãe e mulher do ex-PM Adriano da Nóbrega, foragido acusado de comandar uma milícia no Rio de Janeiro.

Queiroz se tornou alvo de investigação em janeiro de 2019 após o Coaf apontar uma movimentação na sua conta. Além do volume, chamou a atenção a forma com que as operações se davam: depósitos e saques em dinheiro vivo.

As transações ocorriam em data próxima do pagamento de servidores da Alerj, onde Flávio exerceu o mandato de deputado por 16 anos.

Em fevereiro, Queiroz admitiu que recebia parte dos valores dos salários dos colegas de gabinete. Ele diz que usava esse dinheiro para remunerar assessores informais de Flávio, sem o conhecimento do então deputado.

A reportagem apurou que o caso Queiroz é visto no Ministério Público como em um estágio inicial de investigação. Uma das dificuldades apontadas é a falta de vínculo direto entre as comunicações do Coaf sobre Queiroz e o senador.

A versão dada por Queiroz, na avaliação de investigadores, já dá brecha para o oferecimento de ação civil pública contra ambos. A apuração, contudo, visa confirmar ou não as explicações oferecidas pelo ex-assessor.

Em outra frente de investigação, a Justiça também autorizou a quebra de sigilo dos norte-americanos Glenn Dillard, Paul Maitino e Charles Eldering, ligados a dois imóveis em Copacabana adquiridos e vendidos pelo senador. Na transação, ele lucrou R$ 813 mil num período menor do que um ano e meio.

Também é alvo do procedimento a MCA Participações e seus sócios. Como a Folha de S.Paulo revelou em 2018, o senador vendeu para a empresa salas comercias adquiridas 45 dias antes, com um lucro de mais de 200%.

Em nota, o senador Flávio Bolsonaro disse que seu “sigilo bancário já havia sido quebrado ilegalmente pelo MP-RJ, sem autorização judicial”.

“Tanto é que informações detalhadas e sigilosas de minha conta bancária, com identificação de beneficiários de pagamentos, valores e até horas e minutos de depósitos, já foram expostas em rede nacional”, afirma a nota.

“Somente agora, em maio de 2019 –quase um ano e meio depois– tentam uma manobra para esquentar informações ilícitas, que já possuem há vários meses. A verdade prevalecerá, pois nada fiz de errado e não conseguirão me usar para atingir o governo de Jair Bolsonaro”, diz o comunicado do senador.

A defesa de Queiroz e sua família afirmou que “recebe a notícia com tranquilidade uma vez que seu sigilo bancário já havia sido quebrado e exposto por todos os meios de comunicação, sendo, portanto, mera tentativa de dar aparência de legalidade a um ato que foi praticado de forma ilegal”.

Sejusc terá ações de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

13 de maio de 2019 21:340 comentários
Sejusc terá ações de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes
O mês de maio é marcado pela Campanha Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Entre os dias 14 e 18 , o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), participará de ações de conscientização em alusão à campanha. 
Na programação, estão atividades em escolas, ruas, praças e centros de convivência. Segundo a secretária da Sejusc, Caroline Braz, é importante promover ações que envolvam toda a sociedade no combate a violência sexual infantil. 


“Nossa tarefa, sob orientação do governador Wilson Lima, é proteger nossas crianças e adolescentes, reforçando na sociedade a importância da denúncia para a solução dos casos”, explica. “Diversos órgãos do Governo do Estado estão engajados nesta luta, pensando, principalmente, no bem-estar e garantia de direitos”. 
Programação
A semana de conscientização inicia dia 14, com a participação da Sejusc na ação integrada “Cuidar e Proteger São Nosso Dever”, com palestras e atividades preventivas e formativas em escolas estaduais, como forma enfrentamento à violência sexual, junto às secretarias de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc-AM) e Assistência Social (Seas). A abertura acontece no Instituto Estado do Amazonas (IEA), às 9h. 
No dia 15, a Orla da Ponta Negra será palco de uma mobilização e de abordagens informativas realizadas pelo órgão e com apoio de secretarias parceiras, a partir da 18h, horário em que o local terá a faixa liberada. A atividade contará com a participação da Companhia de Arte Cristã, que ajudará a compor as abordagens de forma lúdica. 
Nos dias 16 e 17, o órgão participará do Seminário de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, de 8h às 17h.  Na ocasião, a Sejusc mediará a mesa redonda “A intersetorialidade nas políticas de atendimento das situações de violência sexual contra crianças e adolescentes”, no dia 16/5, às 14h. 
O dia 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, terá atividades na capital e interior. Nomunicípio de Cacau Pirêra, a Sejusc realizará abordagens informativas, além de atendimento e orientação à familiares e/ou crianças com direitos violados. 
 
Na capital, a Praça Heliodoro Balbi será o local de um Ato Público de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Entre os órgãos parceiros estão as Secretarias de Assistência Social, de Educação, Municipal de Educação, de Saúde, Universidade do Estado do Amazonas (UEA), e Caritas Arquidiocesiana de Manaus.

Polícia prende funcionários de empresa do Distrito Industrial por roubo

Polícia prende funcionários de empresa do Distrito Industrial por roubo

A Polícia Civil do Amazonas deflagrou, ao longo do último sábado (04/05), a operação “False Security”, com o objetivo desarticular um esquema criminoso envolvendo supervisores de segurança que atuavam em uma empresa de aparelhos eletrônicos situada no bairro Distrito Industrial, zona sul de Manaus.

A ação foi realizada pela equipe de investigação do 7º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob a coordenação do delegado Fabiano Rosas, titular da unidade policial.

De acordo com a autoridade policial, Edison Marialves de Souza Júnior, 38; Fábio Henrique Matias da Silva, 40; e Jeferson Lira dos Santos, 35, foram presos ao longo da ação policial por crimes distintos, mas serão indiciados por furto qualificado e associação criminosa, por desviarem produtos fabricados pela empresa onde trabalhavam.

Conforme Rosas, Jeferson foi o primeiro a ser preso, por volta das 2h30, no momento em que ele deixava a empresa carregando uma sacola contendo aparelhos celulares subtraídos do local.

“Em continuidade aos trabalhos, aguardamos Edison e Fábio chegarem à empresa e, por volta das 8h, prendemos Fábio com uma munição ponto 40. Já Edison chegou no local por volta de 9h e foi preso com uma pistola calibre 380 e 30 munições do mesmo calibre. Após prendermos o trio, fomos até à casa dos três infratores, situadas em zonas distintas da capital, onde cumprimos mandados de busca e apreensão, expedidos no dia 3 de maio deste ano, pelo juiz Julião Lemos Sobral Júnior, no Plantão Criminal”, explicou Rosas.

Materiais apreendidos – O titular do 7° DIP informou, ainda, que durante as buscas nos imóveis, os policiais civis apreenderam celulares, notebooks e acessórios, além de um simulacro de arma de fogo.

“O trio foi indiciado por furto qualificado e associação criminosa. As investigações em torno do caso irão prosseguir, até identificarmos e prendermos os receptadores desses produtos que estavam sendo desviados da empresa de eletrônicos”, enfatizou.

Flagrante – Edison e Fábio foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. Já Jeferson foi autuado em flagrante por furto qualificado. O trio foi indiciado, ainda, por furto qualificado e associação criminosa.

Ao término dos procedimentos cabíveis no 7° DIP, Edison, Fábio e Jeferson foram levados

Governo do Estado vai encaminhar Projeto de Lei com data-base dos trabalhadores da Educação para a Aleam

Governo do Estado vai encaminhar Projeto de Lei com data-base dos trabalhadores da Educação para a Aleam

O governador do Amazonas, Wilson Lima anunciou, nesta segunda-feira (13/05), que vai encaminhar para a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) Projeto de Lei com a reposição salarial da data-base dos profissionais da educação, que será de 4,73%, conforme a contraproposta apresentada aos sindicatos da categoria na semana passada. Além disso, o governador assegurou que vai começar a pagar progressões de carreira horizontais e verticais, dobrar o valor do auxílio localidade e ampliar, reajustar o auxílio alimentação e ampliar o vale-transporte dos professores que cumprem 40 horas.

O anúncio foi feito em pronunciamento para a imprensa na Sede do Governo, zona oeste de Manaus, com a presença do secretário de educação, Luiz Castro. Na ocasião, o governador também pediu aos professores que retornem às salas de aula e terminem a paralisação, que vai completar 30 dias e que prejudica alunos da rede estadual de ensino.

“Eu estou encaminhando para a Assembleia Legislativa a mensagem com esse percentual de 4,73%, garantindo promoções horizontal e vertical e dobrando o auxílio localidade para aqueles professores, principalmente, que estão lá no interior e tem uma dificuldade muito grande para se deslocarem e tem a questão da logística, o que acaba sendo muito difícil”, disse o governador.

Limite máximo – Wilson Lima destacou que o Estado chegou ao limite máximo do que pode oferecer à categoria em 2019, sob pena de comprometer todo o funcionalismo público. O Governo do Estado já havia honrado com pagamento da reposição salarial de 9,38% em janeiro, referente à data-base que não havia sido paga em 2016.

“Com esse reajuste que vamos garantir agora, chega a 14%. Diferente, por exemplo, de outras categorias. A Polícia Militar, por exemplo, a data-base deve ser cumprida em agosto, de acordo com a conversa que nós tivemos. Da mesma forma que conversamos com policiais civis e estamos conversando também com outras categorias, para que todos os servidores possam ser contemplados, dentro das limitações do Governo do Estado”, enfatizou. O cumprimento do escalonamento da data-base pago em janeiro tem impacto direto no orçamento do Estado deste ano.

O Amazonas já atingiu o limite máximo de gastos com pessoal imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Em abril, esse gasto atingiu 50,98% da Receita Corrente Líquida do Estado, superando o limite máximo de 49%. Nesta sexta-feira (10/05), o Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) emitiu alerta para o Governo do Amazonas para que observe o limite de gastos imposto pela legislação.
Contraproposta – O Governo do Estado oferece aos profissionais da educação reposição salarial de 4,73% (incluindo perdas residuais referentes às datas-bases de 2015 a 2018), progressões horizontais para 16 mil servidores, progressões verticais (12%, 50% e 55%) para 1,7 mil servidores, reajuste de R$ 30 no auxílio alimentação, reajuste no auxílio localidade (100% para professores do interior e 233% para zona rural) e ampliação do vale-transporte dos professores que cumprem 40 horas.

A proposta foi apresentada aos representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Amazonas (Sinteam) e também da Associação de Professores e Pedagogos das Escolas Públicas do Ensino Básico de Manaus (Asprom-Sindical), na última sexta-feira (10/05), na Sede do Governo.

Impacto – Com as concessões para os profissionais da educação, o impacto nas contas do Estado será de R$ 125 milhões em 2019. A soma das reposições salariais, incluindo a que foi paga aos profissionais da educação em janeiro deste ano, de 9,38%, totalizam um aumento de 18,45% na despesa da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) com pessoal.

Prejuízos – O governador lamentou os danos ocasionados pela greve dos professores e reafirmou que o diálogo com a categoria permanece aberto, como esteve desde o início do ano. “Lamento o prejuízo que alunos, pais e professores estão tendo. Logo que houve um movimento por parte dos sindicatos, nós abrimos diálogo. Determinei que o secretário de Educação, Luiz Castro, os recebessem, assim aconteceu. Da mesma forma que foram recebidos pelo secretário de Fazenda, Alex Del Giglio, e pelo vice-governador, Carlos Almeida. Preciso e vou sentar com os professores para que nós possamos negociar, para que nós possamos conversar e encontrar caminhos para melhorar a educação. Mas eu preciso que os professores retornem à sala de aula, porque a greve não beneficia ninguém”, frisou Wilson Lima.

De acordo com o governador, os esforços para garantir progressos à educação do Amazonas continuarão sendo feitos. “E eu, enquanto governador, não vou permitir que interesses político-partidários estejam acima de um assunto tão sério, de uma prioridade, que é a educação do Estado do Amazonas. E aqui quero reconhecer e agradecer o empenho dos professores e trabalhadores em educação que continuaram trabalhando e que entendem que é através do diálogo que se pode conseguir construir as conquistas da categoria”, afirmou.

Deputado Pablo faz prestação de contas do mandato com panfletagem na Djalma Batista

10 de maio de 2019 21:100 comentários
Deputado Pablo faz prestação de contas do mandato com panfletagem na Djalma Batista

Nesta sexta-feira (10), o deputado federal do Amazonas, delegado Pablo Oliva, completou 100 dias de mandato na Câmara Federal. A data foi comemorada com a prestação de contas das atividades parlamentares realizadas em Brasília.

Agora há pouco, na avenida Djalma Batista, ao lado do posto de gasolina 700, em Manaus, o deputado conversou com motoristas, passageiros de ônibus e pedestres que passavam pela avenida.



Deputado Pablo entregou jornais com informações sobre os 100 dias de mandato na Câmara Federal. O parlamentar ainda recebeu sugestões para criação de projetos de lei que em breve serão levados à Brasília.

“Tenho compromisso com os eleitores do Amazonas, por isso é fundamental a prestação de contas de meu mandato”, afirmou Pablo. “Fui bem recebido por todos motoristas, passageiros e pedestres. Isso prova que estamos no caminho certo”, acrescentou.

As pessoas interessadas em receber o jornal do deputado podem solicitar o material pelas redes socais. Basta mandar mensagem pelo facebook e instagram, usando o nome @deputadopablo.

TEXTO

%d blogueiros gostam disto: