Brasil e Colômbia jogam no dia 6 de setembro na Arena da Amazônia

Brasil e Colômbia jogam no dia 6 de setembro na Arena da Amazônia

O confronto entre Brasil e Colômbia pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 está confirmado para o dia dia 6 de setembro na Arena da Amazônia, em Manaus.  A confirmação oficial foi dada em uma coletiva de imprensa feita nesta segunda-feira, 2 de maio, na sede do Governo do Estado.

Estiveram presentes durante o anuncio o prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto, governador José Melo, o vice-presidente da CBF, Coronel Antônio Nunes, o presidente da (FAF) Dissica Tomaz, o secretario de esportes Fabricio Lima e o secretário geral da entidade, Walter Feldman.

A partida pelas Eliminatórias em Manaus segue a escala proposta pela FIFA para incluir as arenas construídas no Brasil para a Copa do Mundo. Mas o sucesso de jogos recentes realizados na Arena da Amazônia, como o clássico entre Flamengo e Vasco, pelo campeonato Carioca, ajudaram a chamar a atenção. “Um ponto positivo é o comportamento das torcidas. Todos nós lutamos pela segurança do torcedor, pelo exemplo, e tudo aquilo que a gente vê nos estádios e aqui a Arena Amazônica está dando exemplo para o Brasil”, afirmou coronel Nunes.

O secretário geral da CBF disse que a decisão de realizar a partida em Manaus foi técnica e tomada pelos dirigentes da seleção brasileira, como o técnico Dunga, mas adiantou que o interesse é explorar mais o potencial da Arena da Amazônia e o apelo da biodiversidade regional.

“A decisão técnica se deve a proximidade do Equador, da questão do clima, da torcida, essa receptividade magnifica que tem aqui, mas o entendimento de que essa é uma região estratégica para o mundo e queremos mostrar a Amazônia por conta da dimensão e do papel para a sustentabilidade”, enfatizou, destacando a criação de eventos como a Copa Verde sustentável, que também tem jogos na Arena em Manaus.

Palco de importantes jogos do Torneio Olímpico de Futebol, a Arena da Amazônia vai receber nos dias 4, 7 e 9 de agosto as partidas de oito seleções olímpicas do masculino e feminino.

Nas próximas semanas, técnicos da CBF, governo estadual e prefeitura de Manaus se reunirão para detalhar a operação do jogo.

Foto: Alex Pazzuello

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *