Com R$ 100 mil em premiação, PNUD seleciona projetos de inovação no Amazonas

14 de novembro de 2019 16:190 comentários

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) lançou edital para seleção de projetos nos estados do Amazonas e do Piauí. O objetivo é identificar experiências e metodologias de inovação alinhadas aos aceleradores ou às cadeias de produção locais. As propostas vencedoras receberão R$ 100 mil cada uma para ampliar, aprimorar ou dar continuidade a projetos que promovam o desenvolvimento sustentável da região. O Governo do Amazonas e o PNUD estão desenvolvendo uma parceria inovadora para acelerar o desenvolvimento socioeconômico e sustentável no Estado.



Para participar é necessário enviar proposta, conforme orientações do edital, até o dia 27 de novembro. O quesito “Inovação” considera caminhos ou estratégias que utilizem novos produtos, serviços, tecnologias, organização de novos processos, novos modelos de negócio, métodos organizacionais ou inovações sociais.

No Amazonas, os projetos devem estar associados a alguma destas temáticas: Novas dinâmicas para promoção de polos de desenvolvimento, Gestão pública, Conservação ambiental e Uso sustentável dos recursos naturais, Estratégias para enfrentar a violência e a criminalidade, Cidadania plena para mulheres e meninas, Educação inclusiva e de qualidade, Cadeia do turismo, Cadeia das melíponas e Cadeia do pirarucu.

Já no Piauí, os temas que devem ser contemplados são: Governança, Educação inclusiva de qualidade, Empreendedorismo, Agricultura familiar inclusiva e produtiva, Conservação ambiental e Uso sustentável dos recursos naturais, Ambiente seguro e inclusivo, Igualdade de gênero e Empoderamento de mulheres e meninas, Cadeia das melíponas e Cadeia do turismo.

Os critérios para a avaliação serão alinhamento ao tema, impacto social, replicabilidade da inovação, clareza metodológica da inovação, sustentabilidade da inovação, previsão de uso dos recursos recebidos e resultados alcançados.

Aliança estratégica – O PNUD é um parceiro estratégico para o Estado do Amazonas: além de ser a agência líder da Organização das Nações Unidas (ONU) para o desenvolvimento, contribuindo para a erradicação da pobreza, a redução de desigualdades e da exclusão social em 170 países, é também a agência integradora dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Em acordo assinado em setembro de 2015, os países membros da ONU se comprometeram a trabalhar para a plena implementação das ODS e da Agenda 2030, e alcançar o desenvolvimento sustentável nas suas três dimensões – econômica, social e ambiental – de forma equilibrada e integrada.

Faz parte dessa agenda também a criação de condições para um crescimento sustentável, inclusivo e economicamente sustentado, prosperidade compartilhada e trabalho decente para todos, tendo em conta os diferentes níveis de desenvolvimento e capacidades nacionais, sem nunca deixar ninguém para trás.

Uma das primeiras ações definidas no âmbito desta parceria foi um diagnóstico estadual para identificar as lacunas e desafios no Amazonas para alcançar as metas estabelecidas pelos ODS e a Agenda 2030. Em agosto deste ano, dez técnicos do PNUD conduziram uma missão multidisciplinar em Manaus, realizando uma série de consultas setoriais e temáticas com mais de 400 pessoas do Governo do Estado, prefeituras municipais, sociedade civil, academia e setor privado, com o intuito de aprimorar o diagnóstico.

Ao final, em conjunto com as equipes técnicas das secretarias foram acordadas as ações/políticas catalíticas chamadas de “aceleradores”, que poderão contribuir para acelerar o progresso em direção às prioridades do Governo de desenvolvimento e aos ODS. Nossa expectativa é que esses “aceleradores”, ao serem incorporados no processo de construção do Plano Plurianual (PPA) 2020-2023,possam apontar ações prioritárias e indicar prioridades para alocação dos recursos do Estado.

Saiba mais sobre o processo de seleção:

Acesse o edital: https://www.br.undp.org/content/dam/brazil/docs/Chamamento%20Innovation%20Challenge%20.pdf

Baixe o formulário para envio da propostahttps://www.br.undp.org/content/dam/brazil/docs/Anexos.docx

Deixe um comentário


%d blogueiros gostam disto: