Denúncia sobre gasto com publicidade da Prefeitura é aceita pelo TCE

17 de outubro de 2019 09:490 comentários

Uma denúncia feita pelos vereadores Chico Preto e William Abreu, contestando a decisão da Prefeitura de Manaus de realizar, por meio de licitação (Edital de Concorrência nº 013/2019), a contratação de duas empresas de publicidade no valor de R$ 50 milhões, foi acatada pelo Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM). O despacho foi assinado pela presidente do TCE, Yara Amazônia Lins Rodrigues dos Santos e a partir de agora o Tribunal irá investigar o fato.

Na justificativa da denúncia, os parlamentares destacaram que neste ano a Prefeitura de Manaus já gastou mais de R$ 80 milhões em publicidade e propaganda, e que o investimento de mais R$ 50 milhões se torna desnecessário, sobretudo, diante dos diversos problemas enfrentados pela população.

De acordo com Chico Preto, desde o início da gestão de Arthur Neto (PSDB), o Executivo Municipal vem aumentando significativamente os gastos com publicidade em detrimento de setores mais carentes da cidade de Manaus. Chico destacou, ainda, que os valores mais altos são investidos sempre em período de pré-campanha, como neste ano e em 2015.

“A prefeitura já gastou R$ 83 milhões com publicidade neste ano e está querendo fazer em novembro uma nova licitação para mais R$ 50 milhões, ou seja, quer gastar R$ 133 milhões com publicidade e propaganda em um ano. Esse gasto é criminoso. Esse dinheiro faz falta para tapar buraco, faz falta para construir passarela, faz falta para uma série de coisas. Não tem justificativa clara, precisa e honesta para esses R$ 50 milhões”, afirmou.

Relatoria

Informações colhidas junto ao TCE dão conta de que o conselheiro Josué Filho será o relator da denúncia.

Deixe um comentário


%d blogueiros gostam disto: