Detentos se negam a deixar celas para audiências e familiares causam tumulto em frente ao IPAT

2 de outubro de 2018 13:550 comentários

Mais de cinquenta detentos de quatro unidades prisionais de Manaus, que deveriam participar de audiências processuais marcadas para esta terça-feira, 2, se negaram a deixar as celas e passaram a reivindicar “regalias”.

Em razão da situação, a entrega de pertences por parte dos familiares, programada para esta terça nas unidades prisionais, foi suspensa por questões de segurança, segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).



De acordo com a Seap, a situação foi comunicada ao Judiciário e os presos que se negaram a participar das audiências serão julgados à revelia e responderão a procedimentos administrativos disciplinares.

Em razão da suspensão da entrega de pertences por parte dos familiares, houve um princípio de manifestação no portão de acesso ao ramal dos presídios no quilômetro 8 da BR-174, mas este logo foi controlado.

A secretaria está acompanhando a movimentação em todas as unidades prisionais, através do Departamento de Inteligência Penitenciária (Dipen), adotando medidas preventivas para garantir a segurança e ordem nos presídios do Estado. Com informações do G1.

Deixe um comentário