Diretores-presidentes do Sistema Sepror são empossados

3 de janeiro de 2019 21:120 comentários

O titular da Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), Petrúcio Júnior, empossou, na tarde desta quinta-feira (03/01), os diretores-presidentes das autarquias ligadas ao Sistema Sepror. A cerimônia, realizada no auditório da secretaria, no bairro Japiim, zona sul de Manaus, consolidou os novos gestores da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Agência de Defesa Agropecuária e Florestal (Adaf) e Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam).



O engenheiro agrônomo e especialista em gestão pública Alexandre Araújo, que já atuou como secretário executivo da Sepror, passa a comandar a Adaf. “Nosso trabalho será voltado ao fortalecimento do setor primário, por meio de um projeto que será construído de forma integrada, entre todos os setores da Sepror. Vamos dar bastante atenção ao interior, porque nossos colegas que lá estão precisam do nosso deslocamento até os municípios, para atender as necessidades da população como um todo e ampliar o apoio aos produtores rurais”, frisou o diretor-presidente.

Desenvolvimento sustentável – De acordo com Flávio Antony, empossado como diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), o setor produtivo do Amazonas tem muito a contribuir para o futuro do país. “É preciso possibilitar o escoamento das produções e fortalecer a agricultura familiar, que é fundamental. A ADS estará de portas abertas a todos os produtores e cooperativistas”, assegurou. Flávio Antony é graduado em Direito, pós-graduado em Processo Civil e membro do Conselho Municipal de Regularização.

Responsabilidade – Com vasta experiência como engenheira agrônoma no Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), Eda Maria passa a comandar a autarquia. “O mesmo tempo que o Idam existe, é o tempo que tenho de casa (22 anos). É uma instituição que tem uma responsabilidade muito grande porque realiza serviços que promovem cidadania, renda e dignidade para quem presta e para quem recebe. Essa responsabilidade quero dividir com todos os servidores da casa na busca da sua eficiência e qualidade”, disse ela, que atuou, ainda, como gerente de convênios no Idam.

O secretário da Sepror, Petrúcio Júnior, ressalta a importância da composição de uma equipe gestora qualificada e comprometida. “Ter conhecimento de causa é indispensável, confio em cada um, bem como em todos os servidores da Sepror. Ressalto que daremos continuidade aos projetos já iniciados, independentemente de gestão. Não adianta ficar no discurso de que a gente precisa diversificar a matriz econômica do estado, se a gente não tem ações concretas para gerar emprego e desenvolvimento na capital e interior do Amazonas. Queremos e vamos servir da melhor forma o cidadão amazonense e o produtor rural”, assegurou.

Deixe um comentário


TEXTO

%d blogueiros gostam disto: