É preciso mais educação preventiva ao abuso sexual do que em propaganda, afirma Luiz Castro

É preciso mais educação preventiva ao abuso sexual do que em propaganda, afirma Luiz Castro

O V Fórum e VI Seminário da Família, realizado nos dias 26 e 27 de agosto, na Faculdade Dom Bosco, abordou neste sábado (27) a rede de proteção à criança e o adolescente. Presidente da Frente Parlamentar de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, o deputado estadual Luiz Castro (Rede) palestrou sobre a atuação Frenpac, em todo o Amazonas.

O parlamentar explicou que a Frenpac surgiu após a atuação da CPI da Pedofilia, de sua autoria. Diante dos vários casos encontrados em todo o Estado, a necessidade de uma Frente Parlamentar tornou-se imprescindível.

“Se já é difícil combater este crime, imaginem quando o abusador tem poder político ou econômico? A Frenpac veio para enfrentar os poderosos que os poderosos não querem enfrentar”, assinalou.

Luiz Castro falou da Lei dos Psicólogos e Assistentes Sociais nas escolas – lei de sua autoria – e que ainda não está sendo cumprida pelo governo do Estado; das audiências públicas – em Manaus e no interior – além do trabalho na área jurídica, especialmente contra os agressores e abusadores com poder político e/ou financeiro.

Outra atribuição da Frente é estudar e descobrir as causas e efeitos da violência sexual contra criança e adolescentes. De acordo com o deputado, a Frenpac não é apenas cobrança, mas também para auxiliar em políticas públicas.

“É um contrassenso o gasto anual com propaganda na mídia, somente exaltando o gestor público, quando poderíamos usar este dinheiro em educação preventiva em grande escala. Poderíamos estar usando a imprensa de um modo geral para ajudar no combate a este crime que tanto mal faz às nossas famílias”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *