Em comemoração ao Dia do Orgulho Autista, Governo do Amazonas inicia cadastro para carteira de identificação

Em comemoração ao Dia do Orgulho Autista, Governo do Amazonas inicia cadastro para carteira de identificação

Solicitação para Ciptea começará nesta sexta-feira (18/06) no Núcleo PcD da Sejusc e por meio do aplicativo Sasi

A comunidade autista do Amazonas conta com uma nova conquista. O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), iniciará nesta sexta-feira (18/06), Dia do Orgulho Autista, o cadastro para a emissão da Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea), conforme a Lei Estadual n° 5.043, de 24 de fevereiro de 2021.

A carteira garante ao usuário atendimento prioritário em todos os segmentos dos serviços públicos e privados, em especial nas áreas de saúde, educação e assistência social. O cadastro para o documento, com validade no território nacional por meio da Lei Federal n° 13.977/2020, ocorrerá de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, na sede do Núcleo PcD da Sejusc, rua Salvador, 456, Adrianópolis, zona centro-sul de Manaus, e por meio do aplicativo Sasi, disponível para download em celulares com sistemas Android e iOS.

Pelo app, o solicitante deverá ativar o cadastro com o código “SJPCD”. Em seguida, o usuário deve escolher a opção “CIPTEA” e preencher um formulário, encaminhando parte dos documentos solicitados por meio de foto, pela própria plataforma. Após isso, uma auditoria on-line será realizada para comprovar a autenticidade das informações, ao passo que o aplicativo informará o andamento da solicitação. Mais informações podem ser obtidas no número telefônico (92) 98406-0249.

De acordo com a secretária Mirtes Salles, titular da Sejusc, a Ciptea é mais uma vitória para os autistas no Amazonas. Segundo ela, o documento reforça as políticas públicas voltadas ao público PcD.

“Fico feliz de fazer parte de um governo inclusivo. A pauta autista é uma das prioridades do governador Wilson Lima que, desde o início da sua gestão, vem mostrando o respeito que tem pelos PcDs e instituições que os atendem. Por meio da Secretaria Executiva da Pessoa com Deficiência [SePcD], que é vinculada à Sejusc, conseguimos avançar cada vez mais na garantia dos direitos inerentes a esse público”, disse a gestora.

À frente da SePcD e atual presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado do Amazonas, a secretária Lêda Maia informou que a previsão é que o documento seja entregue aos solicitantes em agosto deste ano. Ainda conforme ela, a Ciptea ajudará a evitar qualquer constrangimento aos familiares e aos próprios autistas, pois muitos não possuem uma deficiência aparente.

“A Ciptea é um sonho antigo dos pais de filhos autistas desde que a gente lançou a Carteira de Identificação da Pessoa com Deficiência. A Ciptea já era esperada por esse público há muito tempo, principalmente porque ela tem o diferencial de ter a validade nacional e também porque o autismo não é uma deficiência aparente”, afirmou Lêda.




Entenda – A SePcD já realiza o cadastro e a emissão da Carteira de Identificação para a Pessoa com Deficiência (CIPcD), que também compreende o público autista, e garante uma série de direitos em serviços e estabelecimentos públicos e privados. No entanto, esse documento é válido somente no Amazonas. A Ciptea, por sua vez, é válida no território nacional, garantindo os mesmos benefícios, além de possibilitar a contagem das pessoas com transtorno do espectro autista em todo o Amazonas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *