Empresas de transporte já registraram mais de 500 assaltos em 2017

Empresas de transporte já registraram mais de 500 assaltos em 2017

Durante os meses de janeiro e fevereiro, as dez empresas que operam no transporte coletivo de Manaus registraram 524 assaltos no sistema, uma média de 9 por dia. O prejuízo já chega a mais de R$ 153,7 mil. No mesmo período do ano passado as concessionárias registraram 366 assaltos.

Para o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), Carmine Furletti, a alternativa para a redução dos crimes é o pagamento da tarifa através dos cartões passafácil.

“Acreditamos que tirando o pagamento em dinheiro e passando apenas para os cartões passafácil, reduziremos esse tipo de crime dentro dos coletivos. Em Goiânia e Campo Grande, quando o pagamento da tarifa passou a ser apenas nos cartões, os assaltos reduziram para zero. Esperamos que aqui em Manaus possamos implantar esse modelo e dar um basta nesse tipo de crime”, destaca o presidente.

Um levantamento feito pela Secretaria de Segurança Púbica (SSP) em conjunto com o Sinetram, no ano passado, apontou que os crimes dentro dos coletivos estão relacionados ao dinheiro nas catracas.

Cartão Passafácil

O usuário que quiser emitir o cartão cidadão deve se dirigir a um dos postos de atendimento do Sinetram e apresentar o RG e CPF. A emissão da primeira do cartão via é gratuita, a partir da segunda via o usuário paga uma taxa de R$ 15.

Os postos de atendimento para emissão do cartão localizados no Terminal 3 e na sede do Sinetram, localizado na avenida Constantino Nery, ao lado do T1, funcionam de segunda a sexta de 7h às 19h. No PAC Alvorada o atendimento é de segunda a sexta de 8h às 17h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *