Estuprador mata degolada jovem de 14 anos e acaba morto por populares no Novo Reino

Um homem identificado apenas como Edivan Silva, 30 anos, matou e estuprou uma jovem identificada como Juliana, de 13 anos, que tinha saído de casa para ir até a padaria na manhã deste sábado (10), na Rua Agnelo Bitencourt, bairro Novo Reino 2, Zona Leste da capital.

De acordo com informações de populares, Edivan que era usuário de drogas e alcoólatra, estuprou a menor, que veio a morte após o acusado ter desferido varias facadas e cortado o pescoço da vitima, quasa a decapitando. Apos o crime Edivan saiu correndo sujo de sangue pelo bairro e perseguido por populares até uma residencia que tentou se esconder. Onde subiu o telhado e acabou caindo para dentro na mesma. Nesse momento foi imobilizado pela população revoltada, linchado, e morto com varias pauladas e facadas.

A ex-mulher de Eivan, informou que na noite de ontem, ele teria tentado entrar na casa dela para mata-la, “ele estava transtornado, só não conseguiu entrar para me matar porque todas as portas e janelas são gradeadas”, disse a jovem.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *