FCecon lança cartilha com exercícios para pacientes com incontinência urinária

14 de novembro de 2019 15:190 comentários

A cartilha tem exercícios que o paciente já faz nas sessões de fisioterapia na FCecon e que poderão ser reforçados em casa

Pacientes em tratamento na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) que enfrentam dificuldades com a incontinência urinária contam, a partir desta quinta-feira (14/11), com uma cartilha com exercícios que vão auxiliar no trabalho fisioterápico e de reabilitação. O Serviço de Fisioterapia desenvolveu o material, que está disponível gratuitamente no site da Fundação e será entregue aos pacientes, em alusão à campanha Novembro Azul.

A incontinência urinária é a perda involuntária da urina pela uretra. Na FCecon, segundo o gerente da Fisioterapia, fisioterapeuta Augusto dos Santos, a disfunção é comum em homens com câncer de próstata e que passam por cirurgia. Nas mulheres, o problema ocorre em pacientes com câncer de colo do útero ou que fizeram a histerectomia, que é a retirada do útero indicada em casos de neoplasia maligna.

Na avaliação do diretor-presidente da FCecon, mastologista Gerson Mourão, o desenvolvimento de cartilhas para os pacientes auxilia no tratamento e reforça a preocupação que a Fundação tem com a população. “São materiais que vão auxiliar ainda mais nossos pacientes, além das consultas, exames e tratamento que oferecemos. Nosso objetivo é melhorar e dar melhor assistência à população que procura o hospital”, destacou.



Atendimento – O Serviço de Fisioterapia atende, em média, 20 pacientes com incontinência urinária, entre homens e mulheres, semanalmente. A alta demanda de pessoas com a disfunção levou a Fundação a preparar o material. Segundo Augusto dos Santos, o objetivo é fazer uma educação continuada nesse tema.

A cartilha tem seis páginas com explicações do que é, o que leva à incontinência urinária e cerca de oito exercícios que o paciente já faz nas sessões de fisioterapia na FCecon e que poderão ser reforçados em casa.

“São todos exercícios com o intuito de fortalecer a parte pélvica, para o paciente se autoconhecer, conhecer o próprio corpo, e também contrações, com o intuito de gradativamente melhorar a qualidade de vida dele, tirando o uso de fraldas, e permitir a ele ter uma vida normal”, explica o gerente de Fisioterapia da FCecon.

Tratamento – O processo para controlar a incontinência urinária leva até um ano com o monitoramento do paciente e o fortalecimento da região pélvica. Com a cartilha em mãos, é possível aprimorar essa reabilitação com as atividades em casa.

“O próprio paciente vai sentir a melhora, com o não uso da fralda, poucas vezes com incontinência urinária noturna, e aí ele passa a ter uma vida normal. De seis meses a um ano, a gente consegue uma melhora bem satisfatória no paciente”, ressalta o fisioterapeuta da Fundação.

No mutirão de consultas urológicas que a Fundação Cecon vai realizar no próximo dia 23 de novembro, os homens que participarem vão receber a cartilha.

Informação – Esta é a terceira cartilha que a FCecon desenvolve e disponibiliza aos pacientes em 2019. Neste ano também foram formuladas as cartilhas sobre a conização, que é uma pequena cirurgia para a retirada de lesões precursoras de câncer de colo uterino; e a de exercícios para mulheres que passaram por mastectomia, que é a retirada de uma ou das duas mamas.

Os três materiais estão disponíveis para download no site da unidade hospitalar (http://www.fcecon.am.gov.br/).

Deixe um comentário


%d blogueiros gostam disto: