Governo quer tirar dos pobres com novo aumento do ICMS, salienta Luiz Castro

Governo quer tirar dos pobres com novo aumento do ICMS, salienta Luiz Castro

O governo do Estado quer tirar mais dinheiro dos pobres, com a proposta de um novo aumento do ICMS. Esta é a opinião pelo deputado estadual Luiz Castro (Rede) e que foi salientada por empresários e representantes comerciais de todo o Amazonas, em reunião hoje (15), na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam).

O parlamentar entrou com emendas para suprimir o aumento nos combustíveis e modificar o Projeto de Lei 26/2017 (proveniente da Mensagem Governamental 11/2017) também em outros itens. Ele assinalou que adição de impostos em plena crise econômica (com arrochos salariais e desemprego) para financiar o Fundo de Promoção Social é, no mínimo, falta de bom senso.

“O governo diz que vai aumentar impostos para dar aos pobres, um tremendo contrassenso. Na lista de cosméticos do Projeto de Lei, há desde pasta de dente até fraldas, itens considerados supérfluos pela Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz). Nossa proposta é de acrescer ICMS somente de insumos importados e não mexer em qualquer combustível”, afirmou Luiz Castro.

O deputado salientou ainda que o acréscimo prejudicará tanto a capital quanto o interior. Nos municípios, especialmente os mais distantes de Manaus, há o uso constante de combustível nas embarcações que transportam pessoas e mercadorias. Em Manaus, pode significar mais um aumento na passagem de ônibus.

“Da última vez que o governo do Estado aumentou a alíquota de ICMS, de 17 para 18%, prejudicou os negócios, ampliou o desemprego, a arrecadação caiu e ainda por cima fez crescer a sonegação. Foi um tiro no pé e não queremos a repetição deste episódio lamentável”, salientou o parlamentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *