GRUPO DA MORTE -Flamengo pego o grupo mais difícil da Libertadores

GRUPO DA MORTE -Flamengo pego o grupo mais difícil da Libertadores

Nesta tarde (09), a partir das 13h (horário de Brasília), a Conmebol promoveu uma cerimônia para realizar o sorteio da fase de grupos da Copa Libertadores da América. O evento foi transmitido ao vivo na página do evento no Facebook e pela Fox Sports.

Os 28 clubes classificados e outros 4 que jogam a terceira fase preliminar participaram do sorteio divididos em quatro potes. As equipes foram colocadas no ranking do torneio e receberam pontos de acordo com os próprios desempenhos nas últimos temporadas.




Desta forma, o Flamengo, que dividiu o primeiro pote com Boca Juniors (ARG), Cerro Porteño (PAR), Flamengo, Nacional (URU), Palmeiras, River Plate (ARG), São Paulo e Olimpia (PAR), foi definido como cabeça de chave do grupo G.

O Flamengo jogará contra LDU (EQU), Vélez Sarsfield (ARG) e La Calera (CHI). Eram três dos times mais chatos de cada um dos potes subsequentes. A LDU tem um bom time e tem a altitude a seu lado. O Vélez não é nenhum bicho papão, mas tem bons jogadores e é bem treinado. O La Calera joga em gramado artificial, tem um estilo bem marcado de posse de bola e foi buscar um técnico “bielsista” para substituir outro. É óbvio que o Flamengo é o destacado favorito do grupo, mas nenhum dos jogos é moleza.

Confira como ficou o grupo do Flamengo:

  • Flamengo
  • Liga de Quito (Equador)
  • Vélez Sarsfield (Argentina)
  • Unión La Calera (Chile)
Os dois times cariocas no torneio, Flamengo e Fluminense, foram os brasileiros que pegaram as chaves mais chatinhas. Internacional e Atlético-MG só têm motivos para sorrir. Os três clubes paulistas, Palmeiras, São Paulo e Santos, mais o Grêmio pegaram chaves que não são as mais difíceis nem as mais fáceis. Têm todas as condições para passar (o Grêmio ainda tem que chegar lá).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *