Homossexual é encontrado morto com sinais de estrangulamento, dentro de banheiro

17 de junho de 2020 08:440 comentários

Manoel Guedes da Silva, de 50 anos, foi encontrado morto na noite desta quarta-feira, dia 16, no banheiro da casa em que morava, na rua Vale do Sol, bairro Lírio do Vale, na Zona Oeste de Manaus. Segundo os vizinhos, ele era homossexual e recebia muitos homens em casa.

Ainda de acordo com informações de vizinhos, Manoel era muito conhecido na vizinhança. Eles estranharam o desaparecimento do homem que costumava andar pelo bairro e falava com todos. O forte cheiro que vinha da residência, chamou a atenção dos moradores.




A perícia foi chamada ao local e fez os exames iniciais no corpo. A morte parece ter sido causada por estrangulamento. Alguns moradores mais próximos de Manoel informaram que ele era homossexual e recebia homens constantemente em sua residência.

O Departamento de Polícia Técnica Científica (DPTC) foi acionado para fazer uma análise preliminar de sua residência, onde irá constatar se foi homicídio ou acidente doméstico.

A polícia não encontrou nenhum sinal de arrombamento ou de que as fechaduras tenham sido forçadas. Policiais Militares da 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram até o local, mas não encontraram nenhum suspeito. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs) deve investigar o caso.

No Instituto Médico Legal (IML) o laudo da morte aponta a causa como “morte súbita de causa indeterminada; sem assistência médica”. No entanto, a morte ainda é apontada como “suspeita” pelo laudo do órgão.

Deixe um comentário