Indigena da tribo Ticuna é morto por “Piratas” no Alto Solimões

Mais um indígena da etinia Ticuna foi vítima de “Piratas”, a vitima retornava para a comunidade do UMARIAÇUI, foi abordada pelos ladroes que alvejaram o indigna com três disparos de arma de fogo, um atingindo o coração.

Com a saída da Base Anzol que ficava próxima a comunidade da Prosperidade, estas ocorrências estão ficando cada vez mais frequentantes nos rios do Alto Solimões.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *