Judoca Rafaela Silva vence e está na semi-final do Judó feminino

Judoca Rafaela Silva vence e está na semi-final do Judó feminino

A judoca Rafaela Silva venceu hoje (8) a húngara Hedvig Karakas pelas quartas de final, e esta da semi-final do Judó feminino. Rafaela conseguiu um  wazari e derrotou Karakas.

Karakas é a mesma rival que eliminou Rafaela em Londres-2012. Na Inglaterra, a brasileira tentou uma técnica que envolvia pegada na perna da rival. Os júizes consideraram o golpe ilegal, o que levou à desclassificação imediata da brasileira.

A derrota gerou uma onda de protestos racistas em mídias sociais contra a brasileira, que respondeu. A polêmica a fez entrar em depressão e ameaçar deixar o esporte. Após aceitar trabalhar com uma psicóloga, a judoca se recuperou e, no ano seguinte, foi campeã mundial no Rio de Janeiro.

Nas oitavas de final, a brasileira venceu a sua segunda disputa do dia contra a sul-coreana Jandi Kim, segunda do ranking mundial. A luta não foi tão rápida como o primeiro combate do dia. Com muita pegada e penalidades para as duas atletas, Rafaela Silva ficou em vantagem aplicando um wazari na adversária faltando um minuto para acabar o combate.

Rafaela estreia com vitória rápida

Mais cedo, Rafaela Silva venceu a alemã Miryam Roper em sua estreia no judô na Rio-2016. A brasileira conquistou a vitória com um ippon com menos de um minuto de luta e se classificou.

Com 14 segundos de luta, a brasileira conseguiu jogar a alemã de lado aplicando um wazari. As duas se ajeitaram para voltar ao combate e, muito focada, Rafaela deu um ippon em Roper, para acabar a disputa de vez.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *