Lançamento do projeto ‘Nossa Terra’ da ADS terá aulão de dança latina e regional

18 de dezembro de 2019 14:490 comentários

Numa ação em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Desporto, um aulão de ritmos dará início à programação de lançamento do projeto “Nossa Terra”, promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), neste sábado (21/12), às 7h, no estacionamento da TV Band, na avenida André Araújo, 1.981, Aleixo, zona centro-sul de Manaus.

 

De acordo com Thaylon Max, que vai comandar as aulas ao lado de Misael Gibbs, o objetivo da programação é levar a alegria por meio do esporte, fazendo todo mundo dançar, até mesmo quem nunca teve contato com os ritmos.

“Começaremos com uma dinâmica de aquecimento e, em seguida, vamos dividir em duas modalidades. Eu ficarei com as músicas populares brasileiras, como funk, forró e outros. Já meu colega será o responsável pelos ritmos latinos, como salsa e o merengue. Mas o que destacamos é que será uma aula para todos, sem nenhuma exceção”, disse Thaylon.

 

O professor Misael Gibbs também destaca que o aulão de dança terá uma mistura de aeróbica com os ritmos que serão revezados no decorrer da programação. “O público vai pegando o ritmo conforme a aula vai avançando, e com isto também vamos variando para que eles possam vivenciar um contato diferenciado com a dança”, acrescentou Misael.

 

Ainda pela manhã, o evento contará com o show da cantora Marcia Novo, promovido em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa. A artista irá apresentar seu novo disco o “Baile da Papaizinha”.

 

‘Nossa Terra’ – O projeto consiste na produção de um documentário jornalístico que trará como personagens os produtores rurais da Região Metropolitana de Manaus, enfocando a agricultura familiar do estado, desde o cultivo até a chegada à mesa do amazonense, e a importância da Agência no processo de escoamento e comercialização desses produtos regionais. O documentário será produzido e exibido pela TV Band Amazonas.

 

‘Peixe no Prato’ – O evento contará com a venda promocional de pescado com a realização da quinta edição do programa “Peixe no Prato”, realizado pela Secretaria de Produção Rural (Sepror). Serão oferecidos peixes frescos, pescados até um dia antes de serem levados para a feira, com preços diferenciados.

Entre os produtos está o tambaqui roelo, que custará de R$ 15 a R$ 30 por unidade; o tambaqui curumim, com a promoção de três unidades por apenas R$ 5; e o pirarucu (ventrecha e filé), por R$ 12 o quilo.

Deixe um comentário