Luiz Castro defende mudança no sistema político corroído pela corrupção

Luiz Castro defende mudança no sistema político corroído pela corrupção
A mudança no sistema político partidário brasileiro, foi apontada hoje (02) pelo deputado Luiz Castro (Rede), como medida necessária, diante da crise ética que domina a maioria dos partidos envolvidos em denúncias de corrupção investigadas pela Operação Lava Jato.
Da tribuna da Assembleia Legislativa, Luiz Castro criticou tanto os grandes partidos PT, PMDB e PSDB, quanto as legendas pequenas como o Pros, com lideranças investigadas na Operação Lava Jato, e que atuam de forma clientelista, fazendo barganha em troca de vantagens, com a única intenção de se manter no poder.
“A Lava Jato mostra com clareza essas negociatas e não se vêm nenhum desses políticos fazer uma auto crítica da atuação danosa de seus partidos”, salientou o deputado, lembrando que na Itália após a Operação Mãos Limpas, a situação foi tão constrangedora que vários partidos envolvidos em corrupção foram extintos.
Os últimos governos, segundo Luiz Castro deixaram um saldo desastroso na economia brasileira. A despeito de serem comandados por um partido de esquerda, se aliaram a empresários corruptos  e à elite política arcaica, que sempre combateram antes de chegar ao poder, observou o deputado.  
Líder da Rede, Castro afirmou que apesar de toda a riqueza, com tantos recursos naturais, não há no momento uma perspectiva de futuro para o País. “Temos um povo trabalhador que não permite que o Brasil vá à bancarrota”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *