Luiz Castro participa de debate sobre Educação, Ciências e Negócios em edição amazonense da Brazil Conference

19 de julho de 2019 17:530 comentários

Reunir grandes nomes e personalidades do Brasil para debater educação, sustentabilidade, moradia, segurança pública e política, entre outros assuntos. Este é o objetivo da Brazil Conference, realizada hoje (19), na Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e teve como palestrante o secretário de Estado de Educação, professor Luiz Castro.



Participante do painel sobre Educação, o titular da Seduc-AM salientou que tratar do tema no Amazonas é desafiador: além das desigualdades em relação a outros Estados, há diferenças até entre as cidades amazonenses. Por isso, o debate e o diálogo são imprescindíveis para a melhoria da qualidade do ensino e de vida da população.

“Não se trata de debate ideológico, até porque encontramos coisas boas em todas as áreas, mas de trabalharmos pelo interesse coletivo, com planejamento fruto de diálogo constante. Temos os desafios  da formação continuada, especialmente dos professores do Ensino Fundamental: é ato de que há no Brasil 40 milhões de analfabetos funcionais e a Seduc-AM trabalha para mitigar este dado no Amazonas, junto com parcerias”, afirmou o secretário.

A mesa ‘Educação – Desafios para uma educação inovadora no Amazonas’ foi composta também Euzeni Araújo Trajano, subsecretária municipal de Gestão Educacional, Ceane Simões, docente da UEA e Reinier Freitas, empreendedor educacional.

Ciências – “A Importância da produção de conhecimento e impacto da popularização da Ciência no Amazonas” foi outra temática debatida no evento. Com a participação da divulgadora científica Yara Laiz Souza, o assunto foi pontuado pelas dificuldades e avanços na área.

“A divulgação científica é um serviço essencial, não só de compartilhar os estudos e experiências, e sim de mostrar que o conhecimento científico é da humanidade, não das universidades e/ou das agências espaciais. Ou seja, todos precisam ter o direito a seu acesso”, ressaltou Yara.

A programação contou ainda com palestras e debates sobre Negócios, com o tema “Caminhos para o desenvolvimento de uma economia sustentável e ampla no Amazonas”.

O evento – A Brazil Conference acontece desde 2015 e teve início em Boston (EUA). Realizada por estudantes brasileiros vivendo naquele País – a maioria de escolas de Harvard e do MIT -, foi pensada para ser a representação de um movimento que queria trazer para Boston intelectuais brasileiros, conforme a organizadora do evento no Amazonas e embaixadora da Brazil Conference at Harvard & MIT, Carlla Vicna.

O que nasceu como um pequeno evento para comemorar os 30 anos da democracia do nosso País já foi chamado pela imprensa de ‘Davos Brasileira’. Há um Programa de Embaixadores, onde são selecionados dois acadêmicos de cada região brasileira. Os 10 jovens escolhidos se tornam multiplicadores, em suas regiões, do conteúdo discutido meses antes..

“Além disso, somos reconhecidos pelo papel de protagonismo que temos em nossas cidades. Participar dessa conferência foi incrível e me trouxe um um empoderamento de como posso atuar no Brasil, como jovem. É uma honra para mim organizar este evento em meu Estado e levar essas discussões e para as pessoas, de forma muito mais acessível”, salientou a Embaixadora.

Deixe um comentário


TEXTO

%d blogueiros gostam disto: