Menino de 9 anos morre com tiro no pescoço em Manaus

Menino de 9 anos morre com tiro no pescoço em Manaus

A arma de fogo que matou o menino de 9 anos Ioseeph Bismarque com um tiro no pescoço na tarde deste domingo (11), na rua 4 da comunidade Mutirão, bairro Cidade Nova, Zona Norte, foi uma uma pistola calibre PT 40, que estaria guardada em um armário na casa de parentes.

A informação foi dada pelo pai, o policial militar José Ribamar da Silva Ribeiroda , dono da arma, em depoimento à Polícia Civil. Segundo ele, o disparo foi acidental.

Abalado, o pai de Ioseeph se apresentou espontaneamente na sede da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), no bairro Planalto, Zona Centro-Oeste. E informou que a pistola PT 40 estava em cima de um armário, e que Ioseeph teria pegado o objeto e efetuado um disparo acidentalmente. Ribamar ainda informou que um primo dele foi quem encontrou o filho com ferimento no pescoço, caído no chão e perdendo bastante sangue.

Após prestar depoimento, foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por omissão de cautela contra o pai do menino, mas nenhum inquérito civil foi instaurado porque, segundo a delegada Juliana Piva, não houve crime. Logo depois o pai foi liberado.

Paulina da Silva, mão da criança disse que o filho estava com o pai na casa de parentes da madrasta dele. Também muito abalada, ela disse que Ioseeph era o único filho do casal, que está separado há mais de um ano. O menino morava com Paulina, mas passava os finais de semana com o pai.

O caso foi registrado primeiramente no 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro São José, Zona Leste, mas depois transferido para a Depca, no Planalto, Zona Centro-Oeste.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *