Corpo encontrado pela metade, não era de Missionaria evangélica

Corpo encontrado pela metade, não era de Missionaria evangélica

O corpo encontrado cortado ao meio, não era da missionaria evangélica Edenilda Marques Ferreira, (52), como foi noticiado anteriormente pelo fato de ter sido encontrado ao lado do corpo um crachá de identificação com o nome da evangélica.

Segundo a policia o corpo encontrado cortado ao meio e jogado em uma lixeira localizada na Avenida Hibisco, Distrito Industrial 2, zona Leste, por populares que passavam no local. A outra parte do corpo (da cintura para baixo) não foi localizada, foi identificado por familiares no final da manha desta terça-feira como sendo de Gracilene da Silva Teles, 46.

De acordo com policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), trata-se de um crime que pode ser o mais cruel deste ano. Apesar da vitima ter sido cortada em duas partes, a morte foi causada por traumatismo craniano.

Segundo o delegado do 4º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Ricardo Cunha, a mulher pode ter sido cortada ao meio por uma moto-serra ou arco de serra, na opinião dos policiais e peritos do Instituto de Criminalística, que chegaram a essa suspeita, devido ao corte no sentido horizontal ser bem alinhado e sem muita dilaceração das cavidades internas e externas.

familiares de Gracilene, foram ouvidos e o caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

CLIQUE AQUI PARA VER AS IMAGENS

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *