Motos roubadas na capital, são recuperadas em Eirunepé e polícia investiga uma possível quadrilha na cidade

Motos roubadas na capital, são recuperadas em Eirunepé e polícia investiga uma possível quadrilha na cidade

EIRUNEPÉ-AM – Policiais da 1a CIPM – Eirunepé recuperam 02 (duas) motocicletas que foram roubadas na Capital, a primeira HONDA/CBX 250 TWISTER, COR VERMELHA, PLACA JXQ 9098, que estava pintada na COR AMARELA, e sem placa,  segundo consta ROUBADA por 02 (dois) infratores armados com arma de fogo no Bairro Cidade de Deus em Manaus no dia 23/02/2008.  Outro veículo é uma  HONDA/CG 150 TIRAN ESD, COR PRETA, PLACA JXF 3733,  com restrição de FURTO.

Os veículos após a constatação das restrições foram apresentados a Autoridade Policial da 7a DIE, que deverá instaurar inquérito para averiguar a participação de uma possível quadrilha no Município de Eirunepé que trouxe diversos veículos com restrições de furto, roubo ou alienados para venderem a terceiros.

Durante Operação Tigre determinada pelo Comando do CPI/PMAM, foram apreendidas 55 motocicletas neste último fim de semana por diversos motivos.

Segundo Major Pedro Moreira, Comandante da 1a CIPM, muito embora o objetivo das abordagens seja de verificar situação de veículos com restrições de furto ou roubo, o que ensejou primeiramente as abordagens foi o fato do condutor está conduzindo o veículo sem usar o capacete ou o veículo estar sem a sem placa de identificação.

A partir de então, os policiais militares solicitavam a documentação do veículo e aqueles condutores que não portavam tinham os veículos retidos no pátio da 1a CIPM para uma averiguação minuciosa, sendo feita pesquisa do veículo junto ao site do Detran-AM ou com apoio do Diretor de Departamento de Segurança e de Trânsito do Município de Eirunepé/AM para que verificasse o “espelho da documentação” e checasse as restrições.

O Major Pedro Moreira, informa ainda que as Operações Policiais de Trânsito deverão continuar no Município, más a intenção não é causar nenhum transtorno a população local e sim, orientar os condutores quanto ao uso do capacete para salvaguardar suas vidas, além de coibir atuação de condutores imprudentes e recuperar veículos que são produtos de crime que podem estar circulando no Município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *