Outras Notícias

Estudantes já podem baixar o aplicativo do Enem

17 de maio de 2017 15:250 comentários
Estudantes já podem baixar o aplicativo do Enem

O aplicativo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) está disponível a partir de hoje (17) para download. Para garantir a segurança na utilização da ferramenta, o app deve ser baixado direto da loja de aplicativos do seu celular – Google Play e App Store – e o usuário deve confirmar se o nome do desenvolvedor é o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Disponibilizado pela primeira vez no ano passado, desta vez o aplicativo terá uma seção de notícias e acesso liberado ao público geral, permitindo que pais, professores e jornalistas acompanhem as áreas que não exigem login do participante. Outra novidade é a liberação dos espelhos de redação no app.

O aplicativo disponibiliza informações tanto antes do exame, com dados da situação da inscrição, cronograma, locais de provas e o Cartão de Confirmação, quanto após o exame, com o gabarito, o resultado individual e o espelho da redação.

A função Alerta permite ao usuário selecionar informações sobre as quais deseja ser notificado quando ocorrerem atualizações no cronograma. Também é possível fazer um checklist das ações concluídas durante as etapas do exame, facilitando o acompanhamento de pendências. No Mural de Avisos, o participante pode acessar comunicados oficiais do Inep. A seção Perguntas Frequentes ajuda a esclarecer dúvidas.

Após a instalação do app no celular ou tablet, o participante deve inserir o CPF e a senha cadastrada no Sistema de Inscrição do Enem. O aplicativo é gratuito e está disponível para os sistemas Android e IOS.

Inscrições 

Até as 11h desta quarta-feira, 4,5 milhões de candidatos se inscreveram no Enem. As inscrições podem ser feitas até o dia 19, pelo site do exame. As provas serão aplicadas em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro. Para concluir a inscrição, o candidato deve pagar a taxa de R$ 82. O prazo para pagamento vai até o dia 24 deste mês.

Pelas regras do edital, estão isentos da taxa os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio este ano, os participantes de baixa renda que integram o Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e os que se enquadram na Lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento aqueles com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50.

O resultado das provas poderá ser usado em processos seletivos para vagas no ensino público superior, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Em caso de problema na hora da inscrição, os candidatos podem ligar para o Inep pelo telefone 0800 616161. O atendimento é das 8h às 20h, no horário de Brasília.

Ladrão é espancado e jogado em triturador de lixo, no centro de Manaus

Ladrão é espancado e jogado em triturador de lixo, no centro de Manaus

Um homem acusado de roubo, foi espancado e jogado dentro do triturador de um caminhão coletor de lixo que passava pela Avenida Getúlio Vargas, nesta quarta-feira, no Centro de Manaus.

De acordo com policiais militares da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) que atenderam a ocorrência, o homem assaltou uma mulher na parada de ônibus, após fugir com a bolsa da vitima, foi perseguido e espancado por populares.

Uma paulada aplicada por um dos agressores acertou e quebrou o braço esquerdo do ladrão, que de acordo com ambulantes da área, já era acostumado a roubar naquele local.

O homem foi retirado do local e levado ao pronto-socorro onde 28 de Agosto, e logo após o atendimento médico, o ladrão foi apresentado no 1º Distrito Integrado de Polícia.

Dr. Gomes parabeniza Aleam pela décima edição do Programa Parlamento Jovem

Dr. Gomes parabeniza Aleam pela décima edição do Programa Parlamento Jovem

Durante a manhã desta quarta-feira (17), o deputado estadual Dr. Gomes (PSD) recebeu em seu gabinete os alunos da décima edição do Parlamento Jovem que foram conhecer a rotina administrativa dos seus “deputados padrinhos”.

Dr. Gomes destacou a iniciativa da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) em preparar a consciência política de jovens estudantes, de forma a contribuir com a mudança das perspectivas desses jovens através da realização do Programa Parlamento Jovem. O parlamentar relembrou que no ano de 1997, quando vereador da cidade de Manaus, teve o projeto de resolução nº 025/97 apresentado e aprovado como lei que dispunha sobre a instituição de sessão legislativa de Vereador Mirim na capital do estado do Amazonas.

“É preciso que existam homens bons para a prática da boa política. O Parlamento Jovem serve para despertar o espírito de transformação que esses estudantes podem desenvolver desde já na melhoria da vida das pessoas e apresentar a importância do Poder Legislativo no processo democrático”, enfatizou.

Lucas Louzada Batista (deputado jovem titular) e Karina Silva Medeiros (deputada jovem suplente), ambos do ensino médio da Escola Estadual Estelita Tapajós, localizada no Bairro de Educandos, se mostram preocupados com o futuro da política no Brasil.

“Com o projeto que tenho para apresentar e os projetos dos amigos deputados jovens, são boas ideias a serem apresentadas e podem ser utilizadas para mudar a nossa sociedade. Eu posso mudar a minha situação e a situação das outras pessoas ao meu redor”, disse Lucas.

Karina assistiu a uma palestra do programa Parlamento Jovem na sua escola e viu que “na política, não é apenas roubalheira, mas são pessoas sérias também e eu estou aqui para defender um projeto de valorização cultural da nossa terra e sei que tudo isso nos proporciona uma chance de ver a vida de forma muito mais ampla do que conhecemos”.

 

Projeto INSS Digital será lançado no Amazonas e PrevBarco retorna a atender no interior

Projeto INSS Digital será lançado no Amazonas e PrevBarco retorna a atender no interior

A Gerência-Executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), irá apresentar na manhã desta sexta-feira (19), a partir das 9h, no Caesar Business Hotel, ao lado do Amazonas Shopping, o Projeto INSS Digital e a assinatura do contrato para o retorno do PrevBarco aos rios do Amazonas.

O INSS Digital é o novo marco do atendimento do Órgão no Brasil, implantado pioneiramente no Amazonas e que dispensa o cidadão de comparecer a uma agência para requerer benefícios. Assim, todos os 62 municípios do Amazonas ficarão cobertos com o atendimento do INSS, o que deve ampliar dos atuais 313 mil para 800 mil beneficiários e injetar mais de R$ 5 bilhões na economia do Estado, através de aposentadorias, salário-maternidade, benefícios assistenciais, auxílio-reclusão dentre outros benefícios previdenciários.

Já o PrevBarco é um projeto que foi implantado em 2001, porém estava inativo no Amazonas desde o fim de 2014. De volta ao Estado, o projeto vai levar os serviços da Previdência Social aos segurados que habitam às margens dos rios amazônicos, em localidades onde não há acesso a uma agência fixa da Previdência Social.

 

Governo federal pretende leiloar quatro usinas hidrelétricas em setembro

Governo federal pretende leiloar quatro usinas hidrelétricas em setembro

O Ministério de Minas e Energia planeja leiloar no segundo semestre quatro usinas hidrelétricas que estavam concedidas e retornaram ao controle do governo federal após o vencimento dos contratos. São elas as usinas de Miranda, São Simão, Jaguará e Volta Grande. O anúncio foi feito hoje (17) pelo ministro Fernando Coelho Filho em uma entrevista coletiva à imprensa, após discursar na abertura do Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico (Enase).

A intenção do ministério é fazer o leilão em setembro e a previsão é que ele renda aos cofres da União entre R$ 10 bilhões e R$ 11 bilhões. As usinas de Jaguará, Miranda e São Simão estavam concedidas à Cemig, que chegou a manter o controle sobre elas por meio de liminar após o término do contrato. A decisão foi revogada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Segundo o ministro Fernando Coelho Filho, o pagamento ao governo também deve ocorrer no segundo semestre deste ano e já estava previsto no orçamento.

“O governo tem pressa por conta da necessidade de poder receber o recurso ainda este ano. Isso já estava previsto no orçamento”, disse o ministro que afirmou que o governo de Minas Gerais e a Cemig já foram comunicados sobre o início dos trâmites para o leilão.

O ministério também deve realizar, no segundo semestre, o leilão de seis distribuidoras da Eletrobras que estão sendo avaliadas por consultorias contratadas pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“A expectativa é que se receba em junho e julho essa avaliação, e o nosso cronograma é que no segundo semestre a gente possa efetivar também o leilão das seis restantes”.

Ao discursar no evento, o ministro também disse que o governo tem a intenção de expandir a oferta de energia elétrica por meio de fontes renováveis, ainda em 2017. O ministro não deu mais detalhes sobre como seria o leilão para essa expansão e afirmou que condições como a retomada do crescimento econômico estão sendo analisadas.

Descotização de hidrelétricas

Durante a entrevista, o ministro afirmou ainda que não está na pauta do ministério uma possível descotização via medida provisória de hidrelétricas que aderiram ao regime de cotas no governo Dilma Rousseff. A mudança na renovação de concessões foi definida em uma medida provisória no governo anterior, que definia a venda da produção a preços mais baixos.

O ministro afirmou que a medida foi pensada no caso específico da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) como uma forma de contribuir para o programa Novo Chico, que prevê investimentos de revitalização no Rio São Francisco.

“A pauta não é a descotização”, disse ele, que acrescentou que uma possível mudança seria debatida com o setor: “Isso não pode ser desfeito na mesma velocidade, da mesma forma”.

Governador David Almeida vai liberar R$ 22 milhões para pagamento de funcionários da Saúde

Governador David Almeida vai liberar R$ 22 milhões para pagamento de funcionários da Saúde

Durante o lançamento do Plano Emergencial da Saúde,  que aconteceu nesta quarta-feira, 17 de maio, o governador David Almeida anunciou que já na próxima sexta-feira (19), deve liberar recursos da ordem de R$ 22 milhões para os pagamentos de salários atrasados de trabalhadores de empresas terceirizadas que prestam serviços para o setor de Saúde.

De acordo com o governador, o valor será repassado para as empresas. “Não é justo que o trabalhador chegue ao final do mês sem ter seu salário, por isso estamos priorizando essa questão”, afirmou Almeida. A medida deve beneficiar médicos, enfermeiros, auxiliar e técnicos de enfermagem, entre outros trabalhadores.

Na oportunidade David Almeida também anunciou que em 45 dias, a Central de Medicamentos do Amazonas (CEMA) deverá ser reabastecida graças a uma compra de produtos realizada anteriormente no valor de R$ 52 milhões.

“Vamos melhorar a distribuição desses medicamentos nas unidades de saúde, lembrando sempre da nossa população do interior, que enfrenta grandes dificuldades de acesso”, garantiu o governador.

Lei que cria ‘Professor Escola Indígena’ foi solicitada na Tribuna Popular na CMM

Lei que cria ‘Professor Escola Indígena’ foi solicitada na Tribuna Popular na CMM

Uma lei que cria a categoria de “Professor escola indígena na cidade de Manaus” foi a maior solicitação da Gerência da Educação Escolar Indígena e da Chefia da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério, ambos ligadas à Secretaria Municipal de Educação, durante a Tribuna Popular sobre educação escolar indígena que aconteceu nesta quarta-feira, 17, no Plenário Adriano Jorge, na Câmara Municipal de Manaus.

Proposição dos vereadores Everton Assis e Professora Therezinha Ruiz, a chefe da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério de Manaus, Rita Esther, declarou que já existe um decreto de criação e que logo a proposta chegará, em forma de lei, na CMM. A outra convidada da Tribuna Popular foi a Gerente da Educação Escolar Indígena, Altaci Correa Rubim.

De acordo com Esther, a lei será fundamental para valorizar a formação de professores indígenas. “Tivemos vitórias este ano junto à parceria com a Universidade Federal do Amazonas, que implantará em breve o curso de graduação para professores indígenas, mas agora precisamos da lei”, declarou.

Para a vereadora professora Therezinha Ruiz, a lei será muito bem vinda à Câmara Municipal. “Defenderei apoio total para a lei que valoriza mais os professores indígenas, uma vez que é importante e acrescenta mais ainda à política educacional do município”.

Durante o período em que esteve à frente da Secretaria Municipal de Educação, em 2004, a parlamentar foi quem criou o Núcleo de Educação Indígena, hoje Gerência.

O vereador Everton Assis (DEM) destacou também que, em Manaus, há uma grande variedade de grupos étnicos com histórias, saberes, cultura, onde é preciso desenvolver políticas que preservem esses conhecimentos tradicionais, filosofias e ciências específicas da diversidade étnica foram construídos ao longo do tempo. “Precisamos utilizar todos os mecanismos legais que pudermos dispor para garantir a manutenção da cultura e tradição das populações indígenas do Amazonas, tanto no interior, quanto na capital”.

Comissão de Saúde aprova merenda escolar especial e propostas para idosos

Comissão de Saúde aprova merenda escolar especial e propostas para idosos

Os membros da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) analisaram nesta terça-feira (16), uma pauta de oito Projetos de Lei (PL), dos quais sete ganharam pareceres favoráveis e seguem para votação final em Plenário. Dentre as propostas aprovadas pelo colegiado estão medidas voltadas à assistência à saúde dos idosos e o fornecimento de merenda escolar especial para estudantes com restrições alimentares.

A reunião foi conduzida pelo presidente da comissão, deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD), e teve a presença dos deputados Luiz Castro (REDE) e Dr. Gomes (PSD). Com parecer contrário do relator, apenas o PL nº 285/2012 foi retirado da pauta pelos parlamentares para permitir que o autor, deputado Wanderley Dallas (PMDB), se manifeste quanto à rejeição da matéria, que trata de prazos em unidades de saúde particulares.

Assinado pelo deputado Cabo Maciel (PR), o PL nº 18/2016 torna obrigatório que as escolas públicas e particulares do Amazonas elaborem cardápio especial com base nas recomendações médicas e nutricionais para os alunos com algum tipo de restrição alimentar. “Cabe às escolas se adaptarem e garantir dieta adequada às crianças que necessitam”, comentou Ricardo Nicolau, que relatou o projeto aprovado.

Terceira idade – A Comissão de Saúde aprovou dois projetos que ampliam as políticas públicas para a terceira idade. O PL nº 185 determina que todas as enfermarias de hospitais e prontos-socorros do Estado sejam adaptadas para internação de idosos. O autor do projeto, deputado Carlos Alberto (PRB), defende que a iniciativa não gera custos adicionais ao governo pelo fato de os espaços físicos dos leitos já existirem nas unidades de saúde.

A criação do Programa Educativo de Prevenção de Quedas Acidentais está prevista no PL nº 120/2016, apresentado pela deputada Alessandra Campêlo (PMDB). A redação do projeto prevê como meta a redução da ocorrência de fraturas na terceira idade. A campanha deverá orientar sobre como proceder ao levantar à noite, postura e procedimentos durante o banho, retirada de obstáculos do quarto, colocação de corrimão nas escadas, dentre outros.

Mais projetos – Foram aprovadas, ainda, propostas envolvendo a conscientização sobre os direitos das gestantes (PL nº 77/2016); a proibição de venda de agrotóxicos com princípios ativos específicos (PL nº 105/2016); a comunicação imediata de recém-nascidos com deficiência às instituições estaduais (PL nº 126/2016); e a dispensa de ponto e dia de descanso ao servidor público no cadastramento e doação de medula óssea (PL nº 180/2016).

Henrique Oliveira poderá ser empossado governador do estado, através de recurso ao TSE

Henrique Oliveira poderá ser empossado governador do estado, através de recurso ao TSE

O ex-vice-governador Henrique Oliveira entrou com uma ação pedindo para assumir o cargo de governador e a suspensão da eleição suplementar, após o afastamento de José Melo. Ele alega que os cargos são diferentes e que, no processo que cassou o ex-governador, não há indício de sua participação nas irregularidades.

Na decisão que cassou Melo e Henrique, o TSE decidiu que as eleições devem ser diretas e que cabe aos eleitores do Amazonas a decisão de quem deve suceder o governador cassado. A decisão determinou, ainda, a comunicação imediata ao TRE-AM para que sejam realizadas novas eleições diretas para os cargos.

A nova eleição direta foi decidida pelos ministros com base na minirreforma eleitoral aprovada após as eleições de 2014, segundo o  entendimento do ministro do TSE Luís Roberto Barroso, que foi seguido por outros quatro ministros que votaram com ele. Conforme Barroso, a minirreforma eleitoral instituiu que em caso de cassação de mandatos de prefeitos, governadores e do presidente da República, deve haver nova eleição. “Como o Supremo ainda não se pronunciou sobre a matéria, fica valendo a constitucionalidade da minirreforma”, disse.

Mais de duas mil pessoas prestigiam abertura do JEAS em Boa Vista do Ramos

M

A cidade de Boa Vista do Ramos (269 km da Capital) parou na noite desta segunda-feira, dia 15, para prestigiar a abertura do terceiro polo dos Jogos Escolares do Amazonas, o JEAS. Na quadra de esportes do interior, mais de duas mil pessoas saldavam os municípios participantes, sendo Parintins, Maués, Barreirinha e Nhamundá. Com direito ao acendimento da Pira Olímpica e do juramento do atleta, o evento contou com a participação dos secretários de estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Fabricio Lima, e do de Educação (Seduc), Arone Bentes. Os Jogos recebem apoio do Governo do Amazonas.

Após a solenidade, teve largada as classificatórias do vôlei, handebol e futsal. Nesta terça-feira, 16, o atletismo foi protagonista e já revelou alguns nomes que vão vir a Capital para tentar uma vaga nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), uma vez que o JEAS serve de seletiva para o evento nacional. Uma das atletas que já está garantida para a decisão do principal torneio interescolar do Estado é Gabriela Maia, de Barreirinha. A jovem participou dos 1000 metros e foi a primeira a cruzar a linha de chegada. Para chegar à seletiva, a estudante enfrentou cinco horas de barco até Boa Vista do Ramos.

“Foi uma prova muito difícil, fiquei bastante cansada quando finalizei, pois tive que forçar bastante para a segunda colocada não alcançar, estava quente, mas fiquei muito feliz com o resultado. Essa será a primeira vez que vou para a fase final em Manaus e quero muito vencer lá”, disse a estudante da Escola Estadual Maria do Socorro Andrade.

Outro que seu deu bem na pista foi Pedro Alan Seixas, de 17 anos. Essa é a segunda vez que o jovem tenta passar na seletiva dos polos e, diferente de sua estreia quando ficou em terceiro lugar, em 2016, este ano ele conquistou a primeira colocação em duas provas, nas de 3000 metros e 800 metros. O morador de Boa Vista do Ramos fez jus a terra natal e orgulhou a torcida que era grande e ecoava seu nome.

“Foi uma beleza vencer, principalmente na minha casa, e sendo assistido pela minha mãe, avó e avô é algo especial. Vou para Manaus representando minha cidade e sei que a pressão será grande, mas vou dar o meu melhor. Me esforcei e o resultado foi o melhor possível. Meu sonho era ir para Capital e agora vou conseguir através do esporte”, disse o estudante do 1º ano da Escola Estadual Maria Isabel.

A competição no polo três segue até sábado, dia 20, e os primeiros lugares estarão automaticamente classificados para a fase final em Manaus, dia 20 de julho. Os campeões da categoria Infantil disputam os Jogos Escolares da Juventude (JEJ) na cidade de Curitiba (PR) de 12 a 21 de setembro. Já os vencedores da categoria Juvenil participam da mesma edição do torneio em novembro, em Brasília (DF), de 16 a 25 de novembro.

Abertura – A abertura do polo três, em Boa Vista do Ramos, encantou os presentes. Durante quase duas horas, estudantes participaram de uma coreografia apresentando cultura e tradições de cada município participante. Barreirinha foi lembrada pelo Caju, Maués pelo Guaraná, Bois Garantido e Caprichoso falaram de Parintins e assim por diante. A ação foi elogiada e destacada pelo titular da Sejel, Fabricio Lima, que ainda frisou que o município é um dos que está mais recebendo estudantes-atletas.

“Ficamos surpresos com a apresentação em Boa Vista do Ramos, que aliás é um dos municípios que mais está recebendo atletas, um total de um mil. Este número é muito significativo, pois é a primeira vez que a Cidade recebe uma seletiva do JEAS, e a cidade se preparou para isso, movimentando toda a comunidade e junto com o prefeito Eraldo trabalharam para dar a melhor estrutura para os jovens. Com isso, temos a movimentação da economia, do esporte e da cultura aqui. Recebi a notícia, por exemplo, que só uma padaria daqui está fazendo por dia mil pães para atender os atletas. Ou seja, JEAS tambem é produtividade econômica”, destacou.

Após Boa Vista do Ramos, as próximas seletivas acontecem nos seguintes polos: 25/05 a 31/05 em Humaitá, 30/05 a 04/06 em Coari, e 05/06 a 12/06 em Manacapuru.  A fase final será realizada de 10 a 29 de julho, em complexos esportivos da Capital, incluindo a Vila Olímpica de Manaus, do Dom Pedro, Zona Centro-Oeste.

“Ao todo, as seletivas dos Jogos envolvem sete polos, e já aconteceram Parintins, Maués e Barreirinha. Com isso, são uma média de 12 mil alunos competindo em várias modalidades no interior. Neste ano, ainda colocamos três novas modalidades para a competição e expandimos para o interior. Estamos implantando o Aquatlon (natação e corrida), a Luta Livre e o Baquete no interior e estamos estendendo a categoria infantil para a seletiva dos polos”, comentou a professora.

O secretário de Educação do Amazonas, Arone Bentes, passou uma mensagem de incentivo aos estudantes-atletas, que conseguem conciliar escola, treinos e competições. “Eu vejo garotos e garotas aqui com um potencial enorme, preparados e cheios de disposição para tantas atividades. Tenho certeza que os Jogos vão ser maravilhosos e quero que todos se sintam abraçados por uma pessoa que ama a educação, assim como o esporte”, disse.

Juramento do atleta – Escolhido entre centenas de atletas, o estudante Lucas dos Santos foi o responsável por fazer o juramento do atleta, símbolo importante do JEAS, que dá início às competições. Para o atleta, que está tentando levar o time de vôlei para as cabeças, a emoção não poderia ser maior.

“Estou muito contente por poder representar meus amigos neste ato. Essa é a primeira vez que participo dos Jogos e já tenho a oportunidade de sentir essa emoção. Sou atleta, defendo o time de vôlei de Boa Vista do Ramos, e quero devolver tudo o que estou sentindo hoje para minha cidade”, declarou, empolgado com o que o futuro lhe reserva.

Assembleia ingressa com ação no TSE para impedir eleições diretas no Amazonas

Assembleia ingressa com ação no TSE para impedir eleições diretas no Amazonas

O presidente interino da Assembleia Legislativa do Estado (ALE), Abdala Fraxe (PTN), ingressou, com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para suspender a eleição já marcada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para que os 24 deputados estaduais possam escolher através do voto indireto o novo governador do Estado, após a cassação de José Melo (PROS) e seu vice Henrique Oliveira, afastados por compra de votos.

“Queremos apenas que se cumpra a Constituição Federal. O governador deve ser escolhido de forma indireta pelos deputados, de acordo como que determina a legislação”, disse Abdala Fraxe. A ação está tramitando no TSE e, até esta quarta-feira (17), deve ser distribuída a um ministro relator.

 

 

Sonho de Francisco Souza “que virou realidade”

16 de maio de 2017 21:140 comentários
Sonho de Francisco Souza “que virou realidade”

Durante o lançamento da ordem de serviço para as obras de duplicação da rodovia Manoel Urbano (AM-070), na manhã desta terça-feira (16), o governador David Almeida (PSD) citou, durante seu discurso que, o desenvolvimento das cidades que compõem a Região Metropolitana de Manaus, particularmente aquelas que dependem da interligação viária da Ponte Rio Negro, passam por um projeto que “nasceu do sonho do deputado Francisco Souza”. “Vossa excelência sonhou, um sonho possível e, enquanto muitos lhe chamaram de ‘louco’, o senhor acreditou e hoje a ponte é uma realidade”, recordou o governador em razão da militância do deputado Souza para a viabilização da construção do empreendimento.

Em entrevista, logo após a declaração de David Almeida, o parlamentar do PTN agradeceu a citação do seu nome pelo governador do Estado e afirmou que permanece engajado em outra missão: a construção da ponte sobre o rio Solimões que pretende ligar o Amazonas a Porto Velho/RO por meio da BR-319. “A ponte rio Solimões é, para mim, além de um sonho, a continuação do grande sonho que foi, outrora, a Ponte Rio Negro, que era utópico, impossível e irrealizável”, confessa Souza.

Francisco Souza conta que a construção da ponte sobre o rio Solimões vai integrar o Amazonas ao resto do Brasil e do mundo. “Vai ligar o Norte ao Sul; a Venezuela ao Uruguai e o oceano Pacífico ao Atlântico. Ela terá benefícios econômicos, sociais e políticos por dar status ao Estado dentro da nação por meio desse pequeno ponto de 3,4 quilômetros”, estima.

Mais oito municípios entram em Emergência devido à enchente e Defesa Civil do Amazonas prepara mega operação de ajuda humanitária

Mais oito municípios entram em Emergência devido à enchente e Defesa Civil do Amazonas prepara mega operação de ajuda humanitária

A Defesa Civil do Amazonas deu parecer favorável aos decretos de emergência de mais oito municípios, das calhas do Solimões e médio Amazonas, subindo para 21 o número de cidades em “Situação de Emergência” por conta da enchente. Para atender os afetados, a segunda fase da uma mega operação de ajuda humanitária já está sendo montada pelo órgão.

“O desastre evoluiu e o Governo do Estado vai apoiar às famílias afetadas nesta segunda fase de atendimento, onde serão destinadas com 900 toneladas de ajuda humanitária, que somadas as 500 da primeira fase, totalizam 1.400 toneladas de socorro enviadas aos municípios atingidos pela enchente”,  enfatizou o Secretário da Defesa Civil AM, coronel e comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, Fernando Pires Junior.

Os novos municípios em Emergência são Amaturá, Anamã, Anori, Coari, Iranduba, Manacapuru e Caapiranga, na calha do Solimões e Itacoatiara, no médio Amazonas, que juntas somam 20.938 famílias prejudicadas nas zonas urbana e rural das cidades.

BALANÇO ENCHENTE 2017

*SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA (ENCHENTE): 21 MUNICÍPIOS

1- Guajará (calha do Juruá) -Status: Atendido

2-Ipixuna (calha do Juruá)-Status: Atendido

3-Eirunepé (calha do Juruá) -Status: Atendido

4-Itamarati (calha do Juruá)- -Status: Atendido

5-Carauari (calha do Juruá) – Status: Planejamento

6-Juruá (calha do Juruá) – Status: Planejamento

7-Canutama (Purus) -Status: Atendido na 1ª. fase

8-Benjamin Constant (alto solimões) – Status: Planejamento

9- Atalaia do Norte (alto solimões) – Status: Planejamento

10-Tapauá (Purus) – Status: Planejamento

11-Tabatinga (calha do Solimões) – Status: Planejamento

12-Tonantins (calha do Solimões) – Status: Planejamento

  1. Santo Antônio do Iça (calha do Solimões) – Status: Planejamento

NOVOS

 

  1. Amaturá(calha do Solimões) – Status: Planejamento
  2. Anamã(calha do Solimões) – Status: Planejamento
  3. Anori(calha do Solimões) – Status: Planejamento
  4. Coari(calha do Solimões) – Status: Planejamento
  5. Iranduba ( calha do Solimões)– Status: Planejamento
  6. Manacapuru (calha do Solimões)– Status: Planejamento
  7. Caapiranga(calha do Solimões)– Status: Planejamento
  8. Itacoatiara (calha do médio Amazonas)– Status: Planejamento

 

Famílias afetadas:  41.519

*SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA (DESLIZAMENTO DE TERRA)

1- Manacapuru (calha do Baixo Solimões)  –Status: Atendido

2- Tefé (calha do Médio Solimões)  –Status: Atendido

Famílias afetadas: 121

 *SITUAÇÃO DE ALERTA (ENCHENTE)

1-    São Paulo de Olivença (calha do Solimões)

2-    Parintins (calha do Baixo Amazonas)

4-    Barreirinha (calha do Baixo Amazonas)

5-    Nhamundá (calha do Baixo Amazonas)

6-    Urucará (calha do Baixo Amazonas)

7-    Boa Vista do Ramos (calha do Baixo Amazonas)

8-    Maués (calha do Baixo Amazonas)

9-    São Sebastião do Uatumã (calha do Baixo Amazonas)

10- Jutaí (calha do Médio Solimões)

11- Fonte Boa (calha do Médio Solimões)

12- Uarini (calha do Médio Solimões)

13- Alvarães (calha do Médio Solimões)

14- Tefé (calha do Médio Solimões)

16- Codajás (calha do Médio Solimões)

15- Manaquiri (calha do Médio Solimões)

16- Autazes (calha do Médio Amazonas)

17- Silves (calha do Médio Amazonas)

18- Itapiranga (calha do Médio Amazonas)

19- Urucurituba (calha do Médio Amazonas)

20- Maraã (médio Solimões)

21- Careiro da Várzea (Amazonas)

21- Careiro Castanho (Médio Solimões)

23- Manaus- (Negro)

*SITUAÇÃO DE ATENÇÃO (ENCHENTE)

1- Novo Airão- (Negro)

2- Borba (Baixo Madeira)

3- Nova Olinda do Norte (Baixo Madeira

Defensoria Pública pede auxílio para identificar homem com sinais de transtornos mentais

Defensoria Pública pede auxílio para identificar homem com sinais de transtornos mentais

A Defensoria Publica do Estado do Amazonas (DPE-AM) pede auxílio para identificação de um homem que está na Enfermaria do Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM). Ele tem sinais de transtornos mentais e não sabe dizer o nome ou indicar algum familiar. Para que possa prestar melhor assistência jurídica, a Defensoria divulga a foto do homem e um telefone de contato para qualquer informação que ajude na identificação. Telefone: 98416-6237.

Luiz Castro incentiva manifestações populares pela mudança política no país

Luiz Castro incentiva manifestações populares pela mudança política no país

Em seu pronunciamento desta terça-feira (16), no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o deputado Luiz Castro (REDE) chamou a atenção para o atual panorama político do país, destacando que a Operação Lava-Jato pode marcar o início de um novo momento na política brasileira.

O parlamentar disse que se o povo brasileiro quiser efetivamente que haja essa mudança, precisa ter coragem de ir às ruas, com coragem cívica, para dar um basta na cultura do ‘rouba, mas faz’. “Não dá mais para aceitar esse tipo de discurso retrógado, e sim cobrar dos candidatos eleitos que criem políticas públicas que atendam a demanda de todos, sem exceção”, disse.

Na opinião de Luiz Castro, a propaganda maciça dos governos estadual e federal, nos meios de comunicação, uma prática utilizada no Brasil, é completamente proibida em países civilizados. “Não se concebe na França, Alemanha, Inglaterra, Estados Unidos e no Canadá que o governo faça propaganda e defenda projetos de lei que apresentaram no Congresso”, mencionou.

Platiny Soares busca desenvolvimento do setor de malva e juta

Platiny Soares busca desenvolvimento do setor de malva e juta

Comprometido com o avanço da economia do interior do Estado, o deputado Platiny Soares (DEM), esteve reunido com o secretário de Produção Rural do Amazonas, Dedei Lobo, e o diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento da Amazônia, Lúcio Flávio, para debater ações que visem o desenvolvimento da agricultura, produção de malva e juta.

O encontro aconteceu na última segunda-feira (15), na sede da secretaria.

“Nosso compromisso com o povo do Amazonas vai além das fronteiras da capital, entendemos que o momento econômico pede que as políticas públicas sejam ampliadas não só para o Polo Industrial”, destacou o parlamentar que também é presidente da Comissão de Assuntos Municipais e Revisão Territorial da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Recanto da Criança quebra hegemonia da Tuna Luso e avança para a semifinal Amazonense de Futsal Sub-20 como líder da competição

MANAUS:AM - 16/05/2017 - JOGO ENTRE RECANTO X TUNA LUSO (BRANCO), VÁLIDO PELA ULTIMA RODADA DA FASE DE CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO AMAZONENSE DE FUTSAL SUB-20.  FOTO: ANDERSON SILVA/SEJEL-AM

O maior clássico da bola pesada do Campeonato Amazonense de Futsal Su-20, entre Recanto da Criança e Tuna Luso, terminou com vitória doTricolor por 5 a 2, na noite da última segunda-feira (15), na Arena Amadeu Teixeira, na Rua Lóris Cordovil, bairro Flores, zona Centro-Sul. A vitória na última rodada da fase classificatória fez o Recanto assumir a primeira colocação com 19 pontos e colocou fim a era de invencibilidade do rival que não perdia desde 2015. O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), apoia a competição.

Até então único invicto na competição, a derrota fez a Tuna Luso cair para a segunda posição, ficando com 18 pontos. Os dois primeiros colocados têm a vantagem do empate nas semifinais. Na segunda partida, Abílio Nery e Dom Bosco não saíram do 0 a 0.

As partidas das semifinais entre Recanto da Criança x Dom Bosco; Tuna Luso x Abílio Nery, terão as datas definidas no decorrer desta semana pela Federação Amazonense de Futsal (FAFs).

Desfalques e ausências

Líder e invicto até o início da partida, a hegemonia do time cruzmaltino amazonense começou a ruir pouco antes do apito inicial. Com atletas suspensos, o time do treinador Marcelo Galvão acabou tendo mais problemas que o previsto. Apenas os cinco jogadores em quadra iniciaram a partida, já que os reservas não tinham chegado até os primeiros minutos de jogo e dois atletas não compareceram ao compromisso.

Assim, o Recanto conseguiu vencer por 5 a 2, depois do empate em 1 a 1 no primeiro tempo. Luan, Caique, Eduardo, Deyner e Romarinho garantiram o primeiro lugar na semifinal para o Tricolor da Cidade Nova.

 

Prefeitura de Manaus antecipa obras e lança pacote de verão

Prefeitura de Manaus antecipa obras e lança pacote de verão

Com o fim do inverno chegando, o prefeito Arthur Virgílio Neto decidiu antecipar o pacote de obras de verão na cidade. A largada foi dada nesta terça-feira, 16/5, na zona Norte, com mais de 400 homens envolvidos na recuperação das ruas da Cidade Nova 1, 2, 3, 4 e 5, além de 23 núcleos do bairro e dos conjuntos Osvaldo Frota, Canaranas e Francisca Mendes.

“Serão cerca de 200 quilômetros de recapeamento, casados com tapa-buraco reforçado com brita e pedra rachão, além de drenagem, meio-fio, sarjeta e iluminação pública”, destacou o prefeito. “O inverno foi rigoroso, mas vamos fazer um verão superior aos estragos da chuva”, finalizou.

Ao todo, quase 400 ruas serão atendidas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) nos próximos meses. A ação é a primeira do pacote de verão que chegará às demais zonas, dentro de um cronograma que prioriza as urgências e demais necessidades de infraestrutura.

“É uma megaoperação para melhorar a qualidade de vida das pessoas e tudo feito por administração direta, ou seja, com recursos próprios da prefeitura”, afirmou Arthur Virgílio. Dentre as demais áreas mapeadas para serem atendidas pela Seminf estão o São José, na zona Leste, alguns bairros da região central da capital e outras zonas.

Os trabalhos

Logo após o lançamento das ações, o prefeito já se dirigiu à rua 225, do núcleo 21, para acompanhar o início dos trabalhos na localidade, onde conversou com os moradores. “Estamos muito felizes com a vinda do prefeito aqui. Nossa comunidade precisava dessa ação de tapa-buracos e esperamos outras melhorias”, disse a líder comunitária Andreia Brilhante.

E elas vão chegar, como a iluminação a LED, que esta noite também terá início na rua 225. Segundo a Unidade Gestora de Projetos Municipais​ de Abastecimento de Energia Elétrica (UGPM – Energia), somente na Cidade Nova já são mais de 2.700 pontos de LED instalados e aumentando a cada dia.

Em relação à infraestrutura das ruas, de janeiro a abril deste ano, mesmo com as fortes chuvas prejudicando o andamento dos serviços, a prefeitura esteve realizando melhorias em cerca de duas mil vias, em 53 bairros e comunidades.

Dr. Gomes pede que Suhab cadastre os despejados da Bola do Produtor

Dr. Gomes pede que Suhab cadastre os despejados da Bola do Produtor

O deputado estadual Dr. Gomes (PSD) apresentou, na manhã desta quinta-feira (16), à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), requerimento à superintendente de Habitação do Amazonas, Indra Mara Bessa. No requerimento, o parlamentar pede à superintendente que cadastre as 60 famílias que receberam, na quarta-feira (15), ordem de despejo de uma área localizada nas proximidades da “Bola do Produtor”, na Zona Leste de Manaus, onde habitam em pequenas residências.

“O pedido é no sentido de que, cumprindo a política de habitação do governo do Estado, a superintendente possa efetivar o cadastro daquelas pessoas e dê prioridade para que o próximo programa do governo, no que se refere à habitação popular, possa incluir essas 60 famílias que estão deixando brevemente a área”, afirmou, da tribuna do plenário Ruy Araújo, o deputado Dr. Gomes.

O parlamentar informou que a área onde atualmente estão as famílias é indevida para a habitação. Dr. Gomes disse também que, ao retirar as famílias da localidade, o governo do Estado está cumprindo uma determinação judicial, porém respeitando o direito do cidadão.

Todos pela Vida

O deputado Dr. Gomes usou seu tempo, no Pequeno Expediente, ainda, para parabenizar o governador José Melo (PROS), pela inauguração, na quarta-feira (15), de mais uma etapa do Barco “Todos pela Vida”. A embarcação é utilizada no Programa de Atendimento Itinerante (PAI), levando assistência social e de saúde às comunidades ribeirinhas do interior do Estado. Gomes informou que o barco foi recentemente reformado, por meio de investimento da ordem de R$ 7 milhões, do governo estadual. Ele disse também que a embarcação seguiu viagem para a região da Calha do Juruá, com mais de 100 profissionais de saúde, para atender a uma média de 1,5 mil pessoas por dia.

Plano Emergencial de Segurança é anunciado para o interior

Plano Emergencial de Segurança é anunciado para o interior

O governador David Almeida anunciou na manhã desta terça-feira, 16 de maio, que pretende lançar um plano emergencial para cuidar da Segurança Pública do interior. De acordo com ele, o modelo de operação integrada entre os órgãos deverá ser implementado nos municípios.

David Almeida disse que já se reuniu com a cúpula da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) para traçar os planos de ação. “Nós queremos poder alugar uma aeronave e chegar aos municípios mais distantes com um efetivo de até 50 homens e então realizar operações, buscas e blitzes para reduzir os índices de criminalidade no interior”, afirmou.

Segundo o governador, o modelo adotado no será inspirado na operação lançada na última  sexta-feira, 12 de maio, pelos órgãos do Sistema de Segurança Pública (SSP-AM, Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Departamento de Trânsito do Amazonas (Detran-AM)) em áreas de Manaus que registraram nos últimos meses aumento de ocorrências criminais.

“Essa iniciativa já apresentou ótimos resultados na redução de crimes e ocorrências  nessas regiões e provou ser um modelo eficiente”, disse David Almeida. Em Manaus, em torno de 500 servidores participam da atividade.

TEXTO

%d blogueiros gostam disto: