Outras Notícias

Banco genético ajuda famílias a identificarem parentes enterrados como indigentes no AM

9 de junho de 2019 10:120 comentários
Banco genético ajuda famílias a identificarem parentes enterrados como indigentes no AM

Amostras de DNA, da arcada dentária e de impressões digitais têm ajudado famílias a identificarem parentes mortos, mesmo após enterrados como indigentes no Amazonas. No Instituto Médico Legal (IML), um banco com essas informações ajudou a amenizar a dor de duas famílias que buscavam por parentes desaparecidos e que haviam sido enterrados como indigentes, este ano.



“Com o banco, podemos encontrar, por exemplo, uma pessoa de outro estado que acabou falecendo aqui no Amazonas”, destaca o diretor do Departamento de Polícia Técnico-Científica, Lin Hung Cha. De janeiro a maio, o IML encaminhou 52 corpos não identificados para sepultamento, somente três do sexo feminino. Dos corpos não identificados, sete são somente ossada.

Em 2018, o IML encaminhou 99 corpos não identificados para sepultamento. Destes, a maioria foi por morte natural, totalizando 29 pessoas que chegaram sem identificação de hospitais da capital.

“Quando não há busca por parte dos familiares, em 30 dias é solicitado o sepultamento como indigente ou a doação do corpo conforme a Lei n° 8.501, a Lei de Doação de Cadáveres”, explicou Cha.

Entre os indigentes, as mortes de causas naturais são as mais frequentes, seguida pelas mortes por arma de fogo e acidentes de trânsito. Depois vêm as mortes decorrentes de agressões físicas e mortes suspeitas.

Até fevereiro de 2019, menos de 9% dos corpos foram revistos após o sepultamento. No ano passado inteiro, foram revistos somente 5% dos 99 enterros de pessoas classificadas como indigentes.

Para um indigente ser identificado, é necessária a comparação de DNA através dos pais ou filhos do desaparecido. “A vantagem do banco de dados é que podemos identificar e provar se uma pessoa realmente estava naquele local”, disse Lin Hung Cha.

Banco de dados – Para composição do banco de informações, são colhidas amostras da impressão digital, arcada dentária e material genético para exame de DNA, que pode ser muscular, ósseo ou sanguíneo.

“O material genético é enviado pelo IML ao Laboratório de Genética Forense e é mantido no Banco de Perfil Genético do Amazonas que, além da identificação de corpos, também pode confrontar os perfis genéticos com os de outros estados para comprovação e resolução de crimes ainda sem autoria definida”, enfatizou Lin Hung Cha.

Homem morre após ser esfaqueado durante assalto em Manaus

Homem morre após ser esfaqueado durante assalto em Manaus

Um homem, ainda não identificado, morreu com uma facada no pescoço ao ser vítima de um assalto, no bairro São Raimundo, Zona Oeste de Manaus, na manhã de domingo (9). Segundo a polícia, ele andava pela rua quando foi abordado por um suspeito. O celular do homem foi levado.



De acordo com a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o homem andava pela rua Esmael Benigno, por volta de 4h30. Um outro homem, então, se aproximou dele e anunciou assalto.

Ainda conforme a DEHS, o homem foi atingido por uma facada no pescoço e o celular foi levado pelo assaltante. Não se sabe se ele teria reagido ao assalto.

O corpo do homem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), situado na Zona Norte de Manaus.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios como latrocínio – roubo seguido de morte.

Até a publicação da reportagem, não havia informações sobre autoria do assassinato.

Brasil e Jamaica estreiam na Copa do Mundo feminina

Brasil e Jamaica estreiam na Copa do Mundo feminina

Com uma sequência de nove jogos sem vencer e desfalcada da sua principal jogadora, a seleção brasileira de futebol feminino entra em campo às 10h30 (horário de Brasília) deste domingo (09) para enfrentar a Jamaica na estreia da Copa do Mundo feminina. A partida será realizada no estádio des Alpes, em Grenoble (França). A Agência Brasil faz a cobertura da partida em tempo real a partir das 10h.



Apesar de não contar com Marta, fora da partida por causa de uma lesão muscular na coxa esquerda, e de ainda não ter vencido em 2019 (neste ano, o Brasil perdeu os cinco jogos que disputou), a seleção brasileira entra com status de favorita para a partida deste domingo.

Para vencer a partida, o Brasil conta com jogadoras experientes como Formiga (que participa de sua 7ª Copa do Mundo) e Cristiane (maior artilheira da história dos Jogos Olímpicos) e com o retrospecto. Na única vez em que enfrentou a Jamaica, nos Jogos Pan-Americanos de 2007, as brasileiras aplicaram uma goleada de 5 a 0.

Para tentar surpreender o Brasil, a Jamaica, que participa pela primeira vez de uma Copa do Mundo feminina, conta com as rápidas atacantes Khadija Shaw e Jody Brown. Neste ano, a Jamaica disputou cinco partidas: venceu três, empatou uma e perdeu uma. A arbitragem da partida fica por conta da alemã Riem Hussein. As auxiliares são Kylie Cockburn (Escócia) e Mihaela Tepusa (Romênia).

Polícia em Tefé deflagra Operação ‘Saque Seguro’ nos dias de pagamentos

8 de junho de 2019 16:550 comentários
Polícia em Tefé deflagra Operação ‘Saque Seguro’ nos dias de pagamentos

Para inibir a prática de crimes nos arredores das agências bancárias e comerciais, os policiais do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Tefé (a 523 quilômetros de Manaus) estão realizando a operação “Saque seguro” nos dias de pagamento dos servidores do município, estado e do Governo Federal.



De acordo com o comandante do 3º BPM, tenente-coronel Fábio Honda do Nascimento, nos dias de pagamento, todo o efetivo da Polícia Militar é designado para a área comercial e bancária, especialmente no Centro da cidade e adjacências, em um período onde há grande circulação de pessoas, valores e mercadorias no município.

“As ações de Segurança estão sendo realizadas por meio da intensificação do patrulhamento de viaturas e emprego de viaturas extras no policiamento, além do patrulhamento a pé”, disse o tenente David Nery de Souza.

Segundo ele, o objetivo é que a operação, iniciada a partir de uma ação preventiva do Comando do 3º BPM, passe a fazer parte do planejamento mensal do Batalhão.

Música, teatro e brincadeiras encerram programação da Semana do Meio Ambiente no Prosamim

Música, teatro e brincadeiras encerram programação da Semana do Meio Ambiente no Prosamim

Atividades musicais e teatrais, rodas de conversa e atividades socioeducativas  encerraram a programação da Semana do Meio Ambiente realizada pelo Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim). As ações foram realizadas neste sábado (08/06) na quadra do Grêmio Recreativo e Escola de Samba Reino Unido da Liberdade, localizada no bairro Morro da Liberdade, zona sul.



As brincadeiras e o teatro ficaram por conta do Instituto Reino do Amanhã que, em parceria com o Prosamim, fez a apresentação de peças teatrais com os jovens e as crianças, abordando os temas ambientais e educacionais com relação à preservação do meio ambiente.

As performances musicais ficaram a cargo do grupo Os Garis da Alegria, que promoveram muita animação com músicas educacionais falando sobre temas como descarte adequado do lixo, reciclagem e poluição dos rios.

A assistente social e coordenadora social do Parque Liberdade, Simey Oliveira, afirma que o processo educacional com o foco no meio ambiente com as crianças é realizado de forma constante.

“É muito importante sensibilizar uma criança sobre o descarte adequado do lixo desde cedo. Elas absorvem mais rápido que nem tudo vai para o lixo, e também chamam a atenção dos pais quando os mesmos tomam atitudes equivocadas”, afirmou.

Programação – A agenda da Semana do Meio Ambiente realizada pelo Governo do Estado, por meio da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), ocorreu entre os dias 5 e 8 de junho, nos parques residenciais do Prosamim do São Raimundo, Morro da Liberdade, Cajual e Cachoeirinha.

As atividades contaram com apresentações teatrais, musicais, plantio de mudas, caminhada ecológica e rodas de conversa com mais de 100 crianças, jovens e adultos.

Aprendizado – Os diversos assuntos trabalhados de maneira lúdica trouxeram aprendizados para os jovens. Caso de Juliana Rodrigues, de 10 anos, que afirma que o lugar do lixo é no lixo. Ela, que participou da programação, diz que em sua casa ensinou sua mãe a separar os materiais que podem ser reciclados dos outros.

“Eu disse para a mamãe que aqui no ELO (Escritório Local de Gestão Compartilhada) do Cajual nós fazíamos brinquedos com as latinhas, e que era pra ela separar, e não jogar no lixo”.

Dirigente do MDB Nacional quer Alessandra Campêlo como candidata à Prefeitura de Manaus

Dirigente do MDB Nacional quer Alessandra Campêlo como candidata à Prefeitura de Manaus

O presidente da Juventude Nacional do MDB, Assis Filho, reivindicou o nome da deputada estadual Alessandra Campêlo como candidata ao cargo de prefeita de Manaus nas eleições de 2020. A parlamentar, que é atual vice-presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, assumiu neste sábado, 8 de junho, o comando do MDB Mulher durante a convenção presidida pelo senador Eduardo Braga, que comanda o partido no Estado.



Assis Filho, que é do MDB do Maranhão, disse que Alessandra é atualmente referência nacional dentro do partido graças à atuação firme da deputada na defesa das mulheres, da juventude, dos trabalhadores dos diversos segmentos. Como dirigente máximo da Juventude do MDB no Brasil, ele afirmou que defenderá o nome da vice-presidente da ALEAM como pré-candidata.

“Alessandra representa para nós, da Juventude Nacional do MDB, uma referência política em todo o Brasil. Não há como se falar em atuação parlamentar sem citar o nome da Alessandra pela luta histórica que ela tem em defesa dos estudantes, das mulheres e do povo”, enalteceu Assis Filho.

O presidente da Juventude Nacional do MDB finalizou dizendo que o partido deve sim lançar candidatura própria em Manaus e Alessandra é o nome ideal para o cargo.

“O povo de Manaus te espera e o Brasil torce por ti”, disse o dirigente, que foi secretário nacional de Juventude no governo do ex-presidente Michel Temer.

Assis Filho é o segundo nome do partido a sugerir a deputada como pré-candidata à Prefeitura de Manaus. Em recente entrevista, o senador Eduardo Braga colocou o nome de Alessandra como um dos prováveis nomes do MDB para concorrer ao posto em 2020.

Polícia Civil prende homem que aplicava golpes em agências bancárias de Coari e Tefé

Polícia Civil prende homem que aplicava golpes em agências bancárias de Coari e Tefé

A Polícia Civil do Amazonas, por meio das equipes de investigação da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari, município distante 363 quilômetros em linha reta da capital, em ação conjunta com policiais militares lotados no município de Tefé, distante 523 quilômetros me linha reta da capital, cumpriu na tarde de sexta-feira (7/6), por volta das 17h, mandado de prisão preventiva por estelionato em nome de João Carlos França Protásio, 35, denunciado por aplicar golpes em idosos em agências bancárias das cidades.



De acordo com o delegado José Afonso Barradas, titular da DIP de Coari, o homem oferecia ajuda para sacar o dinheiro de aposentados em filas de agências bancárias. Ao conseguir com que os idosos entregassem cartões e senhas, o infrator fazia empréstimos e transferia os valores para conta dele.

“As diligências em torno do caso tiveram início, logo após delações anônimas serem feitas ao número (92) 98200-0184, o disque-denúncia da unidade policial, informando a prática criminosa. Ao longo das investigações descobrimos que João Carlos estava no município de Tefé, onde policiais civis e militares efetuaram a prisão na casa onde o elemento residia, situada na rua São Paulo, bairro Abial”, explicou Barradas.

A autoridade policial informou, ainda, que o infrator já havia sido preso anteriormente em Tefé, pela mesma prática criminosa. O delegado representou à Justiça pela prisão do infrator e o mandado de prisão preventiva em nome de João Carlos foi expedido no dia 30 de abril deste ano, pelo juiz Fábio Lopes Alfaia da 2ª Vara da Comarca de Coari.

“Também representei judicialmente o pedido de quebra do sigilo bancário com o intuito de saber o número exato de vítimas”, ressaltou.

Indiciamento – Encaminhado para a DIP de Coari, João Carlos foi indiciado por estelionato. Ao término dos procedimentos cabíveis no prédio da unidade policial, ele será conduzido à Unidade Prisional de Coari (UPC), onde deverá permanecer à disposição da Justiça.

Polícia Civil prende homem condenado a 14 anos de reclusão por roubo e estupro ocorrido em 2011

Polícia Civil prende homem condenado a 14 anos de reclusão por roubo e estupro ocorrido em 2011

Policiais civis do 21° Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado Ricardo Leite, titular da unidade policial, cumpriram na manhã de sexta-feira (7/6), por volta das 10h, três mandados de prisão, sendo um por sentença condenatória e os outros dois prisão preventiva em nome de Evaldo de Assis Pinto, 54.



De acordo com a autoridade policial, a sentença condenatória em nome dele é por crimes de roubo e estupro, ocorridos em 2011. A ordem judicial foi expedida no dia 4 de abril deste ano pela juíza Anagali Marcon Bertazzo, da 6ª Vara Criminal. Já os mandados de prisão preventiva em nome de Evaldo são pelos crimes de furto e estelionato. As ordens judiciais foram expedidas, respectivamente, pelas juízas Careen Aguiar Fernandes e Margareth Rose Cruz Hoagen, das 7ª e 4ª Varas Criminais.

“Havíamos recebido informações de que esse infrator estaria sendo procurado por alguns crimes e que ele estaria residindo em um imóvel no bairro São Jorge, zona oeste da capital. No momento da prisão, encontramos com ele vários envelopes de depósito bancário, cópias de certidões da justiça com datas adulteradas, dinheiro em espécie e outros pertences que indicam que o infrator estava preparado para empreender fuga a qualquer momento”, disse Leite.

Evaldo foi condenado a 14 anos de reclusão em regime fechado. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, Evaldo será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculina (CDPM), onde deverá ficar à disposição da Justiça.

Novo plano de manutenção das escolas da Seduc-AM terá parceria de coordenadores

Novo plano de manutenção das escolas da Seduc-AM terá parceria de coordenadores

Plano contará com ação conjunta entre coordenadores, engenheiros e supervisores para agilizar as reformas nas unidades de ensino sem comprometer calendário pedagógico

Coordenadores distritais, engenheiros de manutenção e supervisores de infraestrutura se reuniram com secretários executivos da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM), nesta sexta-feira (07/06), para discutir um novo sistema de manutenções corretivas e preventivas na infraestrutura de escolas da rede estadual. O plano tem como um dos objetivos agilizar as reformas nas unidades de ensino sem comprometer o calendário pedagógico das instituições, a partir de demandas apresentadas pelas coordenadorias.



De acordo com o diretor do Departamento de Administração da Infraestrutura (Deinfra), Anderson Viana, o plano preenche uma lacuna existente no setor. “Quando assumimos não havia um planejamento de manutenções preventivas. E isso é essencial para que o serviço técnico seja feito de forma eficaz”.

Segundo o diretor, a reunião representou uma fase preliminar de identificação das demandas mais urgentes “Depois desse encontro, solicitamos aos coordenadores distritais que façam um levantamento das escolas prioritárias para que possam ser avaliadas pelos nossos engenheiros. Assim, daremos início ao planejamento das manutenções”, assinalou.

O novo plano, que funcionará por meio de planilhas integradas, deverá entrar em vigência ainda este mês. “O pontapé inicial foi dado nesta sexta-feira”, comentou o secretário-executivo adjunto de gestão da Seduc-AM, professor Rômulo Zurra. “Este plano tem duas características principais: a transparência, marca na gestão do secretário Luiz Castro; e a participação dos coordenadores distritais e dos supervisores de infraestrutura. São eles que sabem os reais problemas estruturais dessas escolas”, completou.

Inédito – Segundo Zurra, a reunião desta sexta-feira (07/06) foi algo inédito na Seduc-AM e um marco para a gestão do secretário de Educação do Estado, Luiz Castro. “Eles [os coordenadores] ficaram admirados, pois nunca haviam participado de um encontro desses. Essa parte das reformas e reparos das escolas estaduais era tratada como uma ‘caixa-preta’. O gestor recebia as empresas responsáveis pelas obras e os empreiteiros não informavam ou perguntavam nada”, revelou.

A partir de agora, o calendário de reparos e manutenções das instituições de ensino estaduais será definido, em conjunto, pelos coordenadores distritais, supervisores de infraestrutura e Deinfra.

“Nossa intenção é que essas reformas não prejudiquem o calendário pedagógico das escolas. Vamos acompanhar de perto esses reparos e melhorar o nosso sistema de fiscalização, também. Essa parte da gestão [infraestrutura e manutenção] tem que trabalhar em função do educacional e não o contrário”, reforçou Zurra.

Segundo o secretário-executivo adjunto de Educação da Seduc-AM, Bibiano Filho, presente na reunião, o novo plano marca uma “democratização de gestão”.

“Reorganizamos o calendário de ações do Deinfra e ele será executado para garantir a continuidade dos serviços de reparos sem comprometer as aulas. Recuperar nossas escolas significa oferecer melhores condições de trabalho para os professores e, consequentemente, para o aprendizado dos estudantes”, ressaltou Bibiano.

Próximos passos – De acordo com o secretário-executivo adjunto de Gestão, o próximo passo para implementação do novo sistema é se reunir com os coordenadores do interior do Amazonas. “Essa será uma ação integrada com todas as coordenadorias, de Manaus e do interior”, adiantou Zurra.

Após a conclusão do calendário de reparos e manutenção das escolas, o plano será aplicado, também, a outras questões referentes à melhoria das condições de ensino no estado.

“Faremos reuniões para discutir a logística e aperfeiçoar o cronograma relacionado à merenda escolar e a nossa cadeia de suprimentos [carteiras, bebedouros, computadores, entre outros]. Queremos atender da melhor forma essas instituições. O secretário [Luiz Castro] já deixou claro que não quer que falte nada em nossas escolas, para que o pedagógico consiga desempenhar da melhor forma o seu trabalho”, finalizou secretário-executivo adjunto.

Jovens de comunidades do Tupé recebem capacitação da prefeitura para melhorar turismo na região

7 de junho de 2019 20:360 comentários
Jovens de comunidades do Tupé recebem capacitação da prefeitura para melhorar turismo na região

Moradores das seis comunidades da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Tupé participam, a partir desta sexta-feira, 7/6, de uma série de capacitações voltadas ao desenvolvimento do potencial turístico da região. São mais de 20 participantes, incluindo indígenas que pertencem às comunidades Agrovila, Julião, Livramento, Colônia Central, São João do Tupé e Tatulândia.



Os cursos são ministrados por uma parceria firmada, em 2014, entre as secretarias municipais de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), por meio da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi).

Abrindo a programação, o curso “Interpretação Ambiental e Monitoramento de Trilhas” segue até domingo na comunidade São João do Tupé. “O objetivo é preparar os moradores das comunidades para melhor atender os turistas e conduzir visitantes nas trilhas. Essa é uma das determinações do prefeito Arthur Virgílio Neto para ampliar a possibilidade de renda da população, fortalecendo as potencialidades turísticas da capital”, destaca a chefe de Educação e Aperfeiçoamento, Rafaela Costa.

Contando com 20 horas de duração, o curso é ministrado pela mestre em gestão de áreas protegidas e consultora ambiental Rosana Sahdo. “Teremos aulas teóricas e práticas, para treinar jovens da comunidade para implementar a interpretação de trilhas e também se tornarem monitores, cuidando dessas trilhas para que não se deteriorem”, explica.

“A Reserva do Tupé tem um potencial turístico muito grande e queremos desenvolver alguns roteiros para receber visitantes e turistas. Estamos fazendo, em paralelo a esse curso, um trabalho de mapeamento, sinalização e interpretação de trilha”, complementa o gestor da RDS do Tupé, Marco Anônio Vaz de Lima.

Moradora da comunidade Colônia Central, Laíza Cevalho, 21, tem buscado participar de formações de agente ambiental para futuramente se tornar uma guia turística e atuar na localidade em que mora. “Temos o turismo na praia, recebemos milhares de turistas. Podemos guiar as pessoas para a minha comunidade. Buscamos o aprendizado para mostrar a cultura da nossa comunidade para os turistas”, conta.

Mais dois cursos ainda serão ministrados este ano: o de “Sinalização turística de trilhas”, em julho, e “Turismo e boas práticas sustentáveis para condutor de visitante”, em agosto. A programação integra o catálogo anual da Espi/Semad, no Programa de Capacitação Continuada, dentro do eixo Meio Ambiente e Sustentabilidade.

Prefeitura avança com recapeamento da rua Içá, no Distrito Industrial 1

Prefeitura avança com recapeamento da rua Içá, no Distrito Industrial 1

As obras de recapeamento e manutenção do Distrito Industrial 1 avançam e nesta sexta-feira, 7/6, a Prefeitura de Manaus abriu uma nova frente na rua Içá, que integra o lote 2 de serviços, um dos primeiros a ser autorizados pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), que fiscaliza a aplicação dos recursos na ordem de R$ 136 milhões, garantidos no Tesouro Nacional.



“É a realização de um sonho para mim e para muitas pessoas, como o superintendente Alfredo Menezes, que torcem pela recuperação do modelo econômico que mantém a nossa Floresta Amazônica em pé. Queremos ver novamente o Distrito Industrial com ‘cara’ de cartão-postal e queremos atrair novos investidores”, destacou o prefeito Arthur Virgílio Neto, ao ser informado do andamento dos trabalhos que, nessa primeira fase, se concentram na instalação dos canteiros de obras.

Aproximadamente mil toneladas de asfalto foram utilizadas no recapeamento da rua Içá. Antes, porém, toda a camada antiga foi retirada, para garantir a qualidade e durabilidade do novo pavimento. A primeira via a ser recapeada foi a Cupiúba e, conforme liberação da equipe técnica da Suframa, os trabalhos de recuperação devem seguir pelas avenidas Açaí e Ipê.

“Feita a remoção do asfalto antigo, aplicamos quatro centímetros do asfalto CBUQ e finalizamos essa parte. Na segunda-feira, 10, deve ser iniciada a sinalização vertical. Na rua Açaí, iniciamos também a fresagem e retirada do meio-fio para sua substituição”, explicou o diretor de Obras da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), Tabajara Júnior. “Todo o andamento das obras é constantemente fiscalizado pela Seminf e pela Suframa e o recapeamento está sendo feito com máquinas de tecnologia de ponta”, acrescentou.

Ao todo, 35 vias do Distrito Industrial 1, divididas em três lotes, serão contempladas com serviços total de infraestrutura que, além de recapeamento, envolvem drenagens superficiais e confecção de calçadas. A recuperação viária do Distrito Industrial 1 integra o pacote de obras em homenagem aos 350 anos de Manaus e há muito tempo era esperada. Foi a partir de 2017 que a prefeitura e a Suframa estabeleceram parceria para elaborar o projeto e, finalmente, vencer a questão judicial sobre a competência dos serviços.

Cronograma

A empresa Etam foi a vencedora do lote 1, que teve sua documentação entregue esta semana para análise da Suframa e compreende as vias com maior grau de criticidade. Estão previstas para receber melhorias as ruas da Feira, Rio Jaguarão, Rio Quixito, Itaúba e as avenidas Governador Danilo de Matos de Aerosa, Ministro João Gonçalves, Ministro Mário Andreazza e Guaruba, bem como a bola da Suframa.

A Ardo Construtora e Pavimentação foi a vencedora do segundo lote e o terceiro teve como única participante a Construtora Soma Ltda., que foi declarada a vencedora do certame. Os lotes 2 e 3 agregam as vias com nível intermediário e leve de criticidade, como as ruas Buriti, Tambaqui, Matrinxã, Tucumã, Puraquê, Jutaí, Mogno, Ipê, Cupiúba, Oitis, Autaz Mirim, Solimões e adjacentes, além das bolas da Gillette e Samsung.

Semana da Aleam tem Sessão Especial do Dia Mundial do Doador de Sangue

Semana da Aleam tem Sessão Especial do Dia Mundial do Doador de Sangue

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) realiza na terça-feira (11) uma Sessão Especial para comemorar o Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado em todo mundo no dia 14 de junho. No evento serão entregues certificados às pessoas e instituições que ajudam o Hemoam na coleta de sangue, além da presença da unidade móvel “Vampirão” para fazer a coleta de sangue dos servidores. A autoria é do deputado Fausto Jr. (PV)



Na segunda-feira (10), será realizada uma Sessão especial em homenagem aos 33 anos da Ordem dos Ministros Evangélicos do Amazonas (OMEAM), ao Dia do Pastor e aos 71 anos da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB).

 A semana entre os dias 10 e 14 de junho encerra na sexta-feira (14) com a realização do 1º Workshop sobre Lei da Improbidade Administrativa, proposta de autoria da Escola do Legislativo da Aleam. Confira esses e outros eventos na agenda semanal do Poder Legislativo:

10/06/2019 – SEGUNDA-FEIRA

Às 9h, no Auditório Senador João Bosco, abertura do Curso a candidatos a Conselheiros Tutelares, com a palestra magna proferida pela Dra. Joyse Viana. Conforme, autoria da Deputada Therezinha Ruiz (PSDB).

Das 9h às 17h, na Sala 2 do Centro Técnico do Poder Legislativo, Formação em Atividade Legislativa (FAL) – Noções Básicas de Orçamento Público. Iniciativa da Escola do Legislativo Senador José Lindoso.

Às 10h, no Plenário Ruy Araújo, Sessão Especial em homenagem aos 33 anos da Ordem dos Ministros Evangélicos do Amazonas (OMEAM), ao Dia do Pastor e aos 71 anos da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB). Autoria dos deputados João Luiz (PRB) e Dr. Gomes (PSC).

Às 13h, no Plenário Ruy Araújo, Sessão Especial para entrega do Título de Cidadão do Amazonas ao senhor Dori Carvalho. Autoria do então deputado José Ricardo (PT) e subscrito pelo deputado Serafim Corrêa (PSB).

Às 14h, no miniplenário Cônego Azevedo, no térreo, o deputado Álvaro Campelo (Progressistas) realizará reunião que tratará sobre o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Às 14h, no miniplenário Beth Azize, reunião técnica com representantes de empresas prestadoras de serviços de telefonia e internet no Estado do Amazonas, órgãos que atuam na defesa do consumidor e de fiscalização ambiental, iniciativa da Comissão de Defesa do Consumidor (CDC/Aleam), presidida pelo deputado João Luiz.

Das 14h às 17h, na Sala 3 do Centro Técnico do Poder Legislativo, curso de Direito da Criança e do Adolescente (ECA) – Princípios, legislação e políticas internacionais. Iniciativa da Escola do Legislativo Senador José Lindoso.

Das 14h às 17h, sala 4 do Centro Técnico do Poder Legislativo, curso de Fotografia Parlamentar. Iniciativa da Escola do Legislativo Senador José Lindoso.

Das 14h às 17h, no Laboratório I do Centro Técnico do Poder Legislativo, curso de Microsoft Office Power Point. Iniciativa da Escola do Legislativo Senador José Lindoso.

Das 14h às 17h, no Laboratório II, curso de Recursos Básicos e Avançados do editor de textos. Iniciativa da Escola do Legislativo Senador José Lindoso.

 

11/06/2019 – TERÇA-FEIRA

Às 8h, no miniplenário Beth Azize, reunião de apresentação do projeto de monitoramento de câmeras de Itacoatiara, autoria do deputado Cabo Maciel (PR).

Às 8h, no miniplenário Natanael Rodrigues, 9ª reunião ordinária da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), presidida pelo deputado Delegado Péricles (PSL).

Das 8h às 12h, no auditório João Bosco, Curso de Direitos Humanos, iniciativa da Escola do Legislativo Senador José Lindoso.

Das 8h às 12h, no auditório Belarmino Lins, lançamento do Programa Assembleia Viva, iniciativa do presidente da Aleam, deputado Josué Neto (PSD).

Das 8h às 17h, na Sala I do Centro Técnico do Poder Legislativo, curso sobre Conselho Tutelares, iniciativa da deputada Therezinha Ruiz.

Das 8h às 17h, na Sala Paulo Freire do Centro Técnico do Poder Legislativo Cadastramento do CAED, iniciativa da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Às 9h, no Plenário Ruy Araújo, Sessão Plenária.

Das 9h às 12h, no Laboratório II do Centro Técnico do Poder Legislativo, Formação em Atividade Legislativa (FAL) com o módulo Redação Oficial e Normatização de Documentos, iniciativa da Escola do Legislativo Senador José Lindoso.

Das 9h às 12h, no Auditório Senador João Bosco, ciclo de Palestras em Direitos Humanos com o tema Direito do idoso e da pessoa com deficiência: princípios legislação e políticas, benefícios da Prestação Continuada (BPC) das LOAS, direito das pessoas com deficiência, aposentadoria especial dos deficientes, iniciativa da Escola do Legislativo Senador José Lindoso.

Às 11h, no Miniplenário Cônego Azevedo, reunião sobre o contrato firmado entre a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) e o Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), autoria da deputada Dra. Mayara.

Às 11h, no auditório Cônego Azevedo, reunião com a Secretária Executiva da Secretaria de Estado de Saúde, Senhora Vanessa Lima, para a exposição do contrato firmado entre a Secretaria de Estado da Saúde (Susam) e o Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), iniciativa da Comissão de Saúde e Previdência, presidida pela deputada Dra. Mayara.

Às 13h, no Hall Homero de Miranda Leão, Sessão Especial em homenagem ao Dia Mundial do Doador de Sangue, autoria dos deputados Fausto Junior (PV) e Dra. Mayara.

            Das 14h às 17h, na sala 5 do Centro Técnico do Poder Legislativo, Programa Preparação para Aposentadoria (PPA) com a temática Praticando o amor a próximo, parceria entre o Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) e a Aleam.

12/06/2019 – QUARTA-FEIRA

Das 8h às 12h, no auditório João Bosco, Curso de Direitos Humanos com o tema Direitos das famílias tradicionais, modernas e poliamores, iniciativa da Escola do Legislativo Senador José Lindoso.

Das 8h às 17h, na Sala Paulo Freire do Centro Técnico do Poder Legislativo Cadastramento do CAED, iniciativa da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Às 9h, no Plenário Ruy Araújo, Sessão Plenária.

Das 9h às 17h horas, na Sala 2 do Centro Técnico do Poder Legislativo, curso de Noções de Processo Legislativo. Iniciativa da Escola do Legislativo Senador José Lindoso.

Às 13h, no Plenário Ruy Araújo, Sessão Especial em homenagem ao Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, iniciativa do deputado Álvaro Campêlo.

13/06/2019 – QUINTA-FEIRA

Às 8h, nos auditórios Belarmino Lins e João Bosco e nas salas 01 e 04 do Centro Técnico do Poder Legislativo, Seminários Regionais de Promoção e Defesa da Cidadania, parceria entre a União Nacional dos Legislativos Estaduais (Unale) e Aleam.

Das 8h às 17h, no auditório Belarmino Lins, Seminário Regional de Promoção e Defesa da Cidadania, autoria da deputada Alessandra Campelo (MDB).

Das 8h às 17h, no auditório João Bosco, Seminário Regional em Defesa da Cidadania, iniciativa da deputada Alessandra Campelo (MDB).

Às 9h, no Plenário Ruy Araújo, Sessão Plenária.

Das 9h às 12h, na Sala 3 do Centro Técnico do Poder Legislativo, Programa Conhecendo o Legislativo, com alunos do colégio Palas Antena. Iniciativa da Escola do Legislativo Senador José Lindoso.

Às 10h, no miniplenário Beth Azize, Audiência Pública de Apresentação do Relatório de Metas Fiscais do 1º Quadrimestre do Exercício de 2019, iniciativa da Comissão de Assuntos Econômicos, presidida pelo deputado Ricardo Nicolau (PSD).

Às 14h, no Plenário Ruy Araújo, Audiência Pública sobre a Sustentabilidade e Territorialidade Indígena, autoria do deputado Álvaro Campêlo.

Das 14h às 17h, na Sala 3 do Centro Técnico do Poder Legislativo, Programa Conhecendo o Legislativo, com alunos da Escola Municipal Eliana Lúcia Monteiro da Silva. Iniciativa da Escola do Legislativo Senador José Lindoso.

14/06/2019 – SEXTA-FEIRA

Das 8h às 12h, na Sala Paulo Freire do Centro Técnico do Poder Legislativo, Projeto Inclusão Digital da Terceira Idade, iniciativa da Diretoria de Assistência Social da Aleam.

Às 9h, no Auditório João Bosco, reunião para a realização do 1º Workshop sobre Lei a nº 8429/92 de Improbidade Administrativa. Iniciativa da Escola do Legislativo Senador José Lindoso.

15/06/2019 – SÁBADO

Das 13h às 18h, na Sala 2 do Centro Técnico do Poder Legislativo, Encontro da Renovação Carismática, iniciativa da deputada Alessandra Campêlo.

Das 8h às 17h, no Centro Técnico do Poder Legislativo, aula da Pós-Graduação em Direito Público, parceria entre a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Ordem dos Advogados o Brasil seccional Amazonas (OAB-AM) e Aleam.

16/06/2019 – DOMINGO

Das 7h às 14h, na Sala 2 do Centro Técnico do Poder Legislativo, Encontro da Renovação Carismática, iniciativa da deputada Alessandra Campêlo.

Escola de Manaus é a única do Norte a receber Startup In School, com parceria do Google

Workshops e oficinas para estudantes e professores fazem parte do programa de empreendedorismo tecnológico da multinacional

Workshops e oficinas para estudantes e professores fazem parte do programa de empreendedorismo tecnológico da multinacional

O programa Startup In School, realizado pela consultoria de empreendedorismo Ideias de Futuro em parceria com o Google, saiu de São Paulo e chegou a Manaus. Com o objetivo de fomentar a inovação educacional, o curso de empreendedorismo tecnológico realiza workshops e oficinas, dentre outras atividades, a partir desta sexta-feira (7), no Ceti Engenheiro Professor Sergio Alfredo Pessoa Figueiredo (avenida Margarita, Cidade de Deus).


Esta é a primeira edição do programa na região Norte e possui como foco o fortalecimento da cultura de empreendedorismo e tecnologia dentro da escola da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM). A ação desta sexta-feira contou com a participação de 40 professores de diversas unidades de ensino da capital.
De acordo com a diretora-geral da Ideias de Futuro, Jaciara Cruz, Manaus foi escolhida por ter um ecossistema de tecnologia e inovação bastante antigo e, ao mesmo tempo, muito inovador. “A primeira etapa é de formação dos professores: como usar metodologias empreendedoras dentro de sala de aula, em qualquer disciplina, e construir experiências didáticas que promovam o protagonismo do aluno”, assinalou Jaciara.
Inovação – Para o professor Erison Lima, coordenador de projetos do Ceti, toda a experiência está sendo agregadora: é a primeira vez que uma escola da rede pública do Estado recebe um workshop sobre aplicabilidade de competências empreendedoras especificamente para a sala de aula.
“Aprendemos as técnicas de desenvolvimento, a questão psicossocial, emocional, as habilidades do aluno. Ter essas tecnologias e metodologias atreladas à didática do nosso dia a dia é excelente, porque podemos ampliar os temas que estão sendo abordados e melhorar o ensino-aprendizagem como um todo”, ressaltou o Erison.
Programação – Nos dias 12, 13 e 14 de junho, o programa oferecerá o Startup in School para os estudantes. Dividindo-os em em dez grupos, os alunos terão de criar uma startup baseada em aplicativo móvel – desenvolvendo, ainda, um protótipo do app e seu modelo de negócio.
“Empreendedores da região, ex-alunos e representantes de startup locais serão chamados para avaliar as equipes: a vencedora irá representar a região Norte em São Paulo, onde participarão do Day Camp de aceleração, no Google Campus. Os campeões receberão três meses de mentoria da Ideias de Futuro, com foco na evolução de seus projetos”, explicou o coordenador, Alfred Silva.

Governo do Amazonas capacita operadores de máquinas e representantes técnicos de 16 municípios do estado

Governo do Amazonas capacita operadores de máquinas e representantes técnicos de 16 municípios do estado

Para qualificar operadores de máquinas e seus representantes técnicos do Estado do Amazonas, o Sistema Sepror (ADS, Adaf, Idam), promoveu nesta sexta-feira (07/06), a segunda etapa do curso de Promecanização e Procalcário, na Fazenda Experimental da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), situada na margem esquerda da BR-174, Km 922 (antigo Km 38).



Ao todo, participaram aproximadamente 100 assistentes técnicos dentre operadores de máquinas e representantes técnicos (RTs) de 16 municípios do Estado do Amazonas.

O secretário de Estado da Produção Rural (Sepror), Petrucio Magalhães Junior, destacou a importância de profissionalizar o setor, e também de aumentar a produtividade dos insumos, por meio dos programas.

“Nesses cinco meses de Governo, dobramos o valor do recurso dos programas de calcário e mecanização de R$ 15 milhões para R$ 23 milhões, capacitando ainda mais os representantes técnicos e os operadores de máquinas”, afirma Petrucio.

A programação do curso foi dividida em duas etapas, teórica e prática, com a demonstração da operação de máquinas e implementos agrícolas.

De acordo com a diretora-presidente do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário Florestal e Sustentável (Idam), Eda Oliva, o órgão presta serviços técnicos para os produtores rurais, por meio dos 66 escritórios locais do interiores.

“Estamos no início do verão, que é a época certa para iniciar os programas, além de realizar os processos de capacitação de técnicos e produtores. Prestamos serviços gratuitos para os agricultores familiares que incluem os assentados da reforma agrária, ribeirinhos, pequenos produtores, avicultores, pescadores, piscicultores – todos são beneficiados para obter os recursos dos programas”, diz Eda.

O representante técnico (RT) do distrito de Novo Remanso, localizado no município de Itacoatiara (269 quilômetros distante de Manaus), Ediney Neves, relata que a ação do calcário é responsável para absorver outros nutrientes. Ele também comenta sobre a importância do curso para alavancar a produtividade.

“Esse curso é importante, pois é nele que aprendemos como preparar o calcário, arear a terra, para que todo esse processo aumente a produtividade, além da mecanização que realiza a limpeza do terreno. Buscamos esse conhecimento como RT para passar ao produtor rural”, conclui Ediney.

A aula foi ministrada pelo mestre em máquinas agrícolas, doutor em Agronomia Tropical, Jaisson Miyosi Oka, e pelo mestre em Agronomia Tropical, Raimundo Leite Júnior.

Linhas de crédito da Afeam – O Governo do Amazonas, por meio da Agência de Fomento do Estado (Afeam), disponibilizou para o ano de 2019, o recurso total de R$ 23 milhões, ampliando os programas de incentivo ao uso do calcário na correção de solos e de mecanização agrícola.

No Promecanização, o estado custeia 85% do valor do preparo da área a ser cultivada, e o produtor paga 15% do investimento. No Procalcário, a subvenção é de 50%.

De acordo com o diretor-presidente da Afeam, Marcos Vinícius de Castro, a parceria com o Sistema Sepror tem trazido bons resultados para o produtor rural.

“Já estamos com recurso disponível, que já foi contingenciado. O produtor rural precisa procurar o escritório local do Idam para se inscrever. Lá o projeto vai ser analisado por nossa equipe técnica para que a gente faça a liberação do crédito”, explica Marcos Vinícius.

Estiveram presentes na ação representantes de Sistema Sepror (ADS, Adaf e Idam), Afeam, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas (Crea-AM), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e Federação de Agricultura e Pecuária do Amazonas (Faea).

Governo do Amazonas anuncia pagamento da subvenção econômica da juta e da malva

Governo do Amazonas anuncia pagamento da subvenção econômica da juta e da malva

No próximo dia 14 de junho, o Governo do Amazonas irá realizar o pagamento da subvenção econômica da juta e malva para aproximadamente 700 produtores rurais de 12 municípios do estado. No total, serão injetados na economia R$ 3.534.678,22 referentes ao pagamento das safras de 2014/2015 até 2017/2018. A cerimônia será realizada no município de Manacapuru, às 9h, na sede da Ciranda Flor Matizada, localizada na avenida Manoel Urbano, 753, Centro.


Serão beneficiados juticultores dos municípios de Anamã, Anori, Beruri, Caapiranga, Coari, Codajás, Iranduba, Itacoatiara, Manacapuru, Manaquiri, Nhamundá e Parintins. Segundo o presidente da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), Flávio Antony Filho, a quitação dos valores pendentes de safras antigas era uma das prioridades da atual gestão.

“O subsídio do estado é garantido por lei e não estava sendo repassado aos juticultores, na sua totalidade, há pelo menos quatro anos. É um valor necessário para a garantia de preço e competitividade no mercado, fortalecendo a cadeia para a produção de fibras têxteis”, comenta.

Em 2018 o pagamento da subvenção foi retomado, porém foi realizado apenas em parte, ficando pendentes os valores de R$ 43.507,80 da safra 2014/2015 para 11 produtores de Manacapuru; de R$ 97.476,10 da safra 2015/2016 para 38 produtores de Anamã, Anori e Manacapuru; de R$ 1.215.652,23 da safra 2016/2017 para 361 produtores de nove municípios; e R$ de 2.178.042,09 da safra 2017/2018 para 583 juticultores de nove municípios.

Pagamento – A partir do dia 14 de junho, os valores estarão disponíveis nas agências do Banco Bradesco para recebimento a partir de ordem bancária. Para os produtores rurais de Anamã, Anori, Beruri e Caapiranga, o pagamento será efetuado na agência bancária de Manacapuru. Para os demais produtores, os valores estarão disponíveis nas agências Bradesco dos respectivos municípios.

Subvenção – A Lei 2.611, de 4 de julho de 2000, regulamentada pelo Decreto 24.196 de 29 de abril de 2004, institui a concessão de subvenção econômica a produtores de juta e malva no Estado, tendo como objetivo incentivar a produção dessas culturas. O processamento e a fiscalização das habilitações e dos pagamentos das subvenções são realizados pela Secretaria de Produção Rural (Sepror), por meio da ADS. Atualmente, o valor da subvenção é de R$ 0,40 por quilo produzido.

Vacinação contra brucelose deve ser realizada até o dia 30 deste mês

Vacinação contra brucelose deve ser realizada até o dia 30 deste mês

Os produtores rurais do Amazonas têm até o dia 30 de junho para vacinar bezerras bovinas e bubalinas de 3 a 8 meses de idade contra a brucelose, com a vacina B19, e apresentar o atestado de vacinação nos escritórios da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf) em seus municípios. As bezerras bovinas desta faixa etária também podem ser vacinadas com a RB51.



De acordo com a médica veterinária e coordenadora estadual do Programa de Brucelose e Tuberculose da Adaf, Walkiria Silva, a brucelose gera impactos econômicos na cadeia produtiva do leite e do corte. “A bactéria causadora da doença pode ser transmitida ao homem, principalmente por meio do consumo do leite cru e seus derivados, não pasteurizados, ou até mesmo durante a manipulação de animais doentes durante o parto”, destacou Walkiria.

Pasteurização – O processo de pasteurização é fundamental no processo de beneficiamento do leite, pois evita os riscos de crescimento e disseminação de agentes causadores de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTAs).

Vacinação – A imunização contra brucelose é obrigatória e ocorre semestralmente, no período do dia 1° de janeiro a 30 junho e 1° de julho a 31 de dezembro. Coordenada pela Adaf, a campanha de vacinação segue as diretrizes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), como parte do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose (PNCEBT).

Como adquirir a vacina – O produtor deverá procurar casas agropecuárias credenciadas para a venda de vacinas com receituário preenchido por um médico veterinário cadastrado junto à Adaf, responsável pela vacinação das fêmeas bovinas e bubalinas.

Identificação – A identificação das fêmeas vacinadas entre 3 a 8 meses de idade é obrigatória, utilizando-se o ferro candente ou nitrogênio líquido, no lado esquerdo da face, da seguinte forma: as fêmeas vacinadas com B19 serão identificadas com o algarismo final do ano de vacinação no lado esquerdo da face – por exemplo, “9”, indicando vacinação realizada em 2019. Já as fêmeas bovinas na referida faixa etária vacinadas com RB51 serão identificadas no lado esquerdo da face com “V”.

Declaração da vacina – Após a vacinação, o produtor rural deverá procurar uma das Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsav) da Adaf, em seu município, munidos com o atestado de vacinação e a nota fiscal de compra da vacina emitida pela casa agropecuária e deve ser exigida. Somente estes documentos comprovam a imunização das bovídeas contra brucelose.

Caso o produtor não possua bezerras em idade vacinal – de 3 a 8 meses –, será necessário o comparecimento do mesmo nas unidades da Adaf em seu respectivo município para declarar que não há fêmeas em idade vacinal. O produtor assinará uma declaração.

Penalidade – Os produtores que descumprirem a obrigatoriedade de vacinação e declaração no período estipulado estarão sujeitos às penalidades previstas na Lei Estadual 2.923/2004, podendo receber multa, além de ficarem impedidos de emitir Guia de Trânsito Animal (GTA) – documento obrigatório para o trânsito de animal para qualquer finalidade, tanto para dentro quanto para fora do estado. Além disso, ficam impedidos de participar de eventos agropecuários.

No Amazonas, a multa é de R$ 40 por animal não imunizado, mais R$ 300 por propriedade, além de pagamento dos custos de deslocamento da equipe da Adaf para fiscalizar e regularizar a vacinação.

Regularização da vacinação – Os produtores que possuírem fêmeas que ultrapassaram idade preconizada pelo PNCEBT (3 a 8 meses) que não realizaram a vacinação e notificação, devem obrigatoriamente regularizar a vacinação de todas as fêmeas mediante imunização com a Vacina Não Indutora de Anticorpos Aglutinantes – VNIAA (RB 51).

Testes – A Adaf reforça que o produtor deve realizar exames periódicos em todo rebanho, a fim de assegurar a sanidade dos animais e matérias-primas. Os produtores podem procurar a lista dos médicos veterinários habilitados no PNCEBT para realizar os exames em qualquer escritório da Adaf.

Cosama é tema de audiência pública em Manaquiri

Cosama é tema de audiência pública em Manaquiri

A Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama), debateu durante Audiência Pública no município de Manaquiri, nesta sexta-feira (07/06), o recadastramento, cobrança, valores e atualização da tarifa de água, que há mais de 10 anos não sofria reajuste.

A sessão teve início com espaço aberto para a população, que levantaram as dúvidas sobre as mudanças que a Companhia está realizando no município, como atualização de dados cadastrais e fornecimento de água, que não tinha controle e fiscalização.



O aposentado Francisco dos Santos Vidinha usou a tribuna e relatou que uma de suas dúvidas era sobre o aumento do valor da tarifa em sua residência. “A dúvida que tenho é sobre como a contagem de uso da água é feita e por que aumentou, sendo que isso é algo novo e quero saber as razões”, concluiu.

O assessor técnico da Cosama, Walfran Braga, representante da Companhia na audiência, explicou passo a passo todas as leis que embasam as mudanças necessárias para que os serviços sejam oferecidos com maior qualidade à população.

“Os 12 municípios onde a Companhia atua não recebiam o recadastramento há mais de 15 anos, e ele é feito para corrigir distorções, realimentar o sistema com dados reais dos usuários e, assim, realizar melhorias em cada localidade”, relatou.

Um dado apresentado pela Cosama durante a sessão foi o valor da tarifa, que segue normas internacionais. O assessor Walfran Braga ainda comparou, durante seu discurso, o custo de uma garrafa de 350 ml com a taxa cobrada pela Companhia.

“O valor de uma garrafa de 350 ml em Manaquiri, por exemplo, é de R$ 2,00, enquanto a taxa residencial cobrada pela companhia é R$ 2,75 a cada 1 mil litros de água, ajustada levando sempre em consideração a realidade do interior do Amazonas”, comparou Walfran.

De autoria do vereador João Moura de Oliveira, a audiência faz parte da Comissão de Defesa do Consumidor. Segundo ele, a participação de Cosama tem grande importância, visto que a companhia presta um serviço essencial para a população.

“Muitas pessoas me procuraram pedindo o esclarecimento das mudanças realizadas em Manaquiri, por isso fiz a propositura, para discutir e verificar a melhor maneira de melhorar a distribuição de água na cidade”, concluiu.

Tarifa – A cobrança pelo uso da água é um dos instrumentos de gestão instituídos pela Política Nacional de Recursos Hídricos e tem como objetivo estimular o uso racional da água.

Alunos de Novo Airão produzem instrumentos musicais de brinquedo com material reciclado e criam ‘bandinha’ escolar

Alunos de Novo Airão produzem instrumentos musicais de brinquedo com material reciclado e criam ‘bandinha’ escolar

Instrumentos e diversos objetos lúdicos foram desenvolvidos durante as atividades da Semana do Meio Ambiente

Latas de leite, garrafas PET de refrigerante, fitas adesivas e muita criatividade. Foi assim que os estudantes da Escola Estadual de Tempo Integral (ETI) Joaquim de Paula, em Novo Airão, montaram os instrumentos da bandinha musical para apresentar aos colegas. A atividade faz parte da programação especial da Semana do Meio Ambiente realizada na escola, além de outras atividades temáticas.



Com o tema do “Lixo ao Luxo”, os 280 alunos do ETI foram desafiados a criar novos itens a partir de produtos que seriam descartados, segundo o gestor da instituição de ensino da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM), Nibson Antunes Ferreira.

“Todas as atividades anteriores, em nossa escola, serviram para mostrar às crianças que o lixo produzido em casa poderia ser transformado em qualquer coisa, até obras-primas. Uma pequena turma usou materiais, como latas, e os transformou em tambor, caixinha e reco-reco. Uma verdadeira banda!”, explicou o gestor.

Seis meninas da segunda série do Ensino Fundamental juntaram-se em um grupo de trabalho e resolveram fabricar instrumentos musicais. Com latas de leite, um cabo de colher de pau, duas latas de achocolatado pequeno, pedras e areia, as estudantes fundaram uma bandinha musical. Em seu primeiro show, elas apresentaram os objetos um a um e cantaram o clássico “Borboletinha”.

Lúdicos – Os alunos também usaram outros materiais, como isopor, para criar novos brinquedos. Maquetes de casas e de supermercados, além de um campinho de futebol de botão e cofres em estilo porquinho foram fabricados a partir de itens que seriam descartados.

Dentre outras produções lúdicas, o destaque ficou com um esqueleto humano em tamanho ‘natural’ (cerca de um metro de altura). Feito com rolos de papel higiênico e papel toalha, o rosto foi completado com cartolina branca e recortado a mão. Uma malha de TNT preto envolveu um isopor, que foi utilizado para ‘segurar’ o esqueleto e salientar o ‘raio-x’.

Cinema Verde – A Escola realizou diversas atividades tanto para os alunos quanto para a população em geral, durante toda a semana. No Dia do Meio Ambiente (celebrado na última quarta-feira, dia 5 de junho), a instituição de ensino distribuiu mudas, de forma gratuita, para a comunidade que prestigiou o evento.

Para os estudantes e professores, foi apresentado o Cinema Verde. “Trabalhamos a sensibilização sobre as questões ambientais, por meio de curtas-metragens, desenhos animados e reportagens. As sessões tiveram pipoca para acompanhar e, em todos os momentos, tivemos a parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e voluntários do ICMBio”, ressaltou o gestor.

Abertura da Copa do Mundo Feminina e resultados do futebol na semana são informados pelo ‘Destaques da Bola’

Abertura da Copa do Mundo Feminina e resultados do futebol na semana são informados pelo ‘Destaques da Bola’

O fim de semana chegou e o quadro “Destaques da Bola” trouxe para esta edição, além de outras informações, um dos acontecimentos que vai marcar esta sexta-feira (07/06), que é a abertura da Copa do Mundo de Futebol Feminino, marcada para as 14h (horário de Manaus). O quadro, que é produzido pela Secretaria de Estado de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel), já está disponível nas redes sociais da Secretaria, e pode ser encontrada pelo comando “sejel oficial”, em todas as plataformas midiáticas.



O titular da Sejel, Caio André de Oliveira, aproveitou a oportunidade para fazer um convite especial. “A abertura da Copa do Mundo Feminina será um evento grandioso, e todos os brasileiros devem prestigiar. Convido toda a população amazonense para vestir a camisa e torcer por nossas jogadoras, que assim como a maioria dos brasileiros, são apaixonadas por futebol e tem tudo para trazer esse título para casa”, ressaltou.

Copa dos Rios – Pela Copa dos Rios de Seleções, chegou a vez do Grupo 5, composto pelos municípios de Barcelos, Santa Isabel do Rio Negro e Novo Airão, entrar em campo e mostrar todo o seu talento na 1ª fase da competição. Nesta sexta-feira (07/06), Barcelos, que é a cidade-sede, enfrentará Novo Airão, às 15h30. No sábado (08/06), pela segunda rodada da competição, Santa Isabel do Rio Negro e Novo Airão duelam, às 15h30, e no domingo (09/06), também às 15h30, Santa Isabel e Barcelos finalizam a rodada.

As equipes classificadas para a 2ª fase da Copa dos Rios até o momento são Uarini e Fonte Boa, pelo Grupo 2; Urucurituba e São Sebastião do Uatumã, pelo Grupo 7; e Rio Preto da Eva e Silves, pelo Grupo 8.

Amazonense Sub-19 – Finalizando a 3ª rodada, o Penarol venceu por 4 a 0 o Real Manaus, na última segunda-feira (03/06), seguida de uma partida bastante equilibrada entre São Raimundo e Sul América, com vitória para o Tufão, por 4 a 3.

No próximo sábado (08/06), o Estádio Ismael Benigno (Colina) receberá partidas entre Cliper e Princesa, às 15h, seguida de Sul América e Iranduba, às 17h. Em Itacoatiara, o Estádio Floro de Mendonça terá, às 16h, Penarol e Manaus entrando em campo pela 4ª rodada da competição.

Amazonense Sub-09 – Pela 4ª rodada do Campeonato Amazonense Sub-09, o estádio Carlos Zamith estará repleto de jogos para o próximo sábado (08/06). Às 8h, Tarumã e Flamengo Manaus se enfrentam, assim como Criarte e Real Manaus. Às 8h50, será a vez de Inter Academy e Manaus entrarem em campo, juntamente com EBS e Holanda. Às 9h40, Barcelona Brasil enfrenta o Fast, enquanto Nacional e Cruzeiro também duelam entre si. Finalizando os trabalhos, o Santos enfrenta o Guerreirinhos, às 10h30.

Brasileirão Série D – Com nove pontos na tabela e ocupando a segunda posição do Grupo 1, o Fast deu show no último sábado ao vencer por 5 a 0 o Rio Branco-AC dentro de casa, no Estádio da Colina. O próximo jogo será em Boa Vista, no domingo (09/06), às 17h (horário de Manaus), contra o líder do Grupo, o São Raimundo-RR, que também está com nove pontos.

Já o Manaus empatou em 2 a 2 com o Galvez-AC no domingo, mas continua mantendo a boa fase e segue como líder do Grupo A2. Com 11 pontos na tabela, o Gavião do Norte irá enfrentar no próximo domingo (09/06), às 17h (horário local), o Santos-AP, dentro de casa, na Colina.

Copa do Mundo Feminina – Vai começar a maior competição feminina de futebol do mundo, e a abertura está marcada para esta sexta-feira (07/06), às 14h (horário de Manaus). A competição, que terá como palco a França, será disputada entre os dias 7 de junho e 7 de julho.

A Seleção Brasileira Feminina está no Grupo C e fará a partida de estreia contra a Jamaica, neste domingo (09/06), às 9h30. O segundo jogo será contra a Austrália, às 12h, no dia 13 de junho. E o último duelo da primeira rodada será contra a Itália, no dia 18 de junho, às 15h. Todos estes, horários de Manaus.

Hospital João Lúcio recebe melhorias e elogios de pacientes

Hospital João Lúcio recebe melhorias e elogios de pacientes

O Hospital e Pronto-socorro João Lúcio Machado, na zona leste de Manaus está recebendo obras de reparos para melhorar o atendimento aos usuários. Os serviços fazem parte do plano do Governo do Amazonas de recuperação da unidade que possui 277 leitos.



Um dos maiores prontos-socorros do Amazonas, o hospital é referência entre as unidades da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) na realização de microcirurgias intracranianas para a retirada de tumores no cérebro. Atende 290 pacientes por dia, 8,7 mil/mês, dentre os quais, traumatismo de crânio, infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC).

A meta, conforme explicou o diretor da unidade, Silvio Romano, é fazer reparos menos complexos no piso, paredes, portas e banheiros, com otimização de recursos, que proporcionam maior funcionalidade aos espaços, além de aumentar o acolhimento dos pacientes. Na primeira etapa, estão sendo feitos reparos de todo o terceiro andar do hospital, que comporta 40 leitos neurocirúrgicos. Mas o diretor esclarece que todas as enfermarias, com 277 leitos, receberão melhorias.

Silvio Romano, que assumiu a unidade há pouco mais de um mês, afirma que todo o orçamento do hospital está sendo baseado em uma gestão responsável, que classifica como “orçamento doméstico”. Segundo ele, o gerenciamento e conscientização do bom uso dos recursos públicos fazem com que o dinheiro seja mais bem aplicado.

“Não tem dinheiro para fazer grande reforma, neste momento, até porque não foi previsto no orçamento ano passado, mas eu recebo um orçamento de R$ 45 mil para manutenção mensal e este recurso vem sendo usado para melhoramos os ambientes. A ideia é fazer a recuperação das enfermarias utilizando o menor recurso possível e colocá-la em condições de ser bem utilizada, oferecendo um conforto maior”, disse o diretor sobre a gestão responsável.

Nas imagens de antes e depois das obras, é possível ter a dimensão da melhoria. O gestor lembrou que a equipe está fazendo a reestruturação da rede de ar-condicionado, para solucionar os vazamentos nas enfermarias. Além disso, a troca dos pisos e dos revestimentos nos banheiros, e a pintura, dão uma nova cara ao ambiente.

“Não estamos retirando todo o piso, somente o que está danificado. Mas estamos, inclusive, fazendo um desenho nas salas, trocando somente o necessário. A pintura está sendo renovada, trocando a cor azul da enfermaria, por cor-de-rosa que é uma cor mais suave e mais clara”, detalhou o diretor.

De acordo com Silvio Romano, uma dificuldade dos pacientes nos banheiros foi atendida nas obras de reparo. Agora as torneiras terão alavanca, que facilita o acionamento da água.

“Recuperamos toda a parede do banheiro, por exemplo, com um revestimento mais barato, que combina inclusive com a pastilha do próprio hospital. Estamos fazendo uma enfermaria por semana, com esse orçamento eu consigo fazer quatro por mês, otimizando o recurso que eu tenho”, ressaltou o diretor.

Como as obras tem curta duração, o diretor afirma que ainda consegue remanejar poucos pacientes por vez, sem interferir no fluxo dos leitos das enfermarias.

Elogios – A dona de casa, Michele Braga, 36, está no hospital há mais de dois meses, acompanhando o irmão durante a sua recuperação neurocirúgica e diz que está ansiosa pela entrega do primeiro leito, prevista para o próximo domingo (09/06).

“Claro que o que a gente quer é receber alta, mas esse ambiente acabou se tornando a minha casa nesses meses. Só eu fico com ele, portanto melhorar o espaço vai juntar o combo, porque o atendimento aqui já é muito bom”, frisou a acompanhante.

Após sofrer um AVC, no último dia 26 de maio, Manoel Gomes de 71 anos e a esposa dele Rita Gomes, 64, sua acompanhante, elogiaram o tratamento recebido na unidade. “Ele veio para cá todo torto, com AVC, pensei que ele ia morrer. Graças a Deus e à equipe desse hospital, ele foi bem cuidado, nesses 11 dias. Gostei muito do atendimento médico, dos enfermeiros. Eles salvaram a vida do meu marido. Com essa reforma então? Nossa, vai melhorar ainda mais”, disse a esposa.

Para Romano esse é o principal objetivo da ação de reparo, proporcionar uma experiência melhor em momentos delicados de recuperação.

TEXTO

%d blogueiros gostam disto: