PF faz busca na Academia Az Fitness, de Murad Aziz

PF faz busca na Academia Az Fitness, de Murad Aziz

Agentes da Polícia Federal amanheceram na manhã desta quarta-feira (21) na Academia Az Fitness, localizada na Rua Visconde de Porto Seguro, no Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul de Manaus. O estabelecimento é do empresário Murad Aziz, irmão do senador Omar Aziz (PSD), preso na “Operação CashBack”, desencadeada pela PF dia 11 do mês passado, mas deixou o Centro de Detenção Provisória Masculino, no dia 19, oito dias depois da prisão.

De acordo com o Ministério Público Federal no Amazonas, está sendo deflagrada uma parte da Operação Cash Back que foi desencadeada pela Policia Federal no dia 11 do mês passado. Hoje, está sendo cumprido mandados de busca e apreensão na academia de ginástica do empresário Murad Aziz.



Fontes do Fato Amazônico informaram que os agentes da Polícia Federal chegaram a academia de Murad Aziz, por volta de 6h da manhã e entraram na Az Fitness juntos com os alunos. Por determinação da Justiça Federal todo equipamento da Academia Az Fitness, de Murad Aziz, foi apreendido.

Minutos depois no Instagram da academia foi postado um anuncio informando que nesta quarta-feira (21/11) não funcionária, mas agentes da Polícia Federal já tinham determinado que a Az Fitness, localizada ao lado da casa de Murad Aziz, fosse fechada.

Operação Cashback

No dia 11 do mês passado Polícia Federal desencadeou a “Operação Cashback” quando cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão. A operação é um desdobramento da “Maus Caminhos”, que apura desvios de mais de R$ 200 milhões de verbas da Saúde do Estado.

A “Operação Cash Back” investiga a prática de crimes de peculato, lavagem de capitais e organização criminosa. Os delitos, segundo a PF, foram praticados por empresários que forneciam produtos e serviços à organização social (pessoa jurídica sem fins lucrativos – ONG), não alcançados na primeira fase da operação Maus Caminhos.

Murad solto

O empresário Murad Aziz, preso pela Polícia Federal na operação “Cashback” ganhou liberdade do Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) na manhã do dia 19 do mês passado, 8 dias depois de ser preso.

Um alvará de soltura em caráter liminar foi expedido pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília que acatou habeas corpus da defesa.

Murad, irmão do senador Omar Aziz, é acusado de tráfico de influência e lavagem de dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *