PMAM intensifica policiamento a pé nas áreas comerciais afetadas pela cheia no Centro

PMAM intensifica policiamento a pé nas áreas comerciais afetadas pela cheia no Centro

A 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), da Polícia Militar do Amazonas, reforçou as ações de policiamento ostensivo nas áreas comerciais do Centro Histórico de Manaus por causa da cheia do Rio Negro, que atingiu 30 metros. A cotação recorde mudou o cenário na região, impôs restrições a lojistas e aumentou o fluxo de pessoas para visitar e registrar o fenômeno natural.

Comandante da 24ª Cicom, o capitão Thiago Abreu explica que o reforço tem sido feito com ações policiais a pé, com o ciclopatrulhamento, o policiamento turístico e o uso de viaturas em pontos estratégicos.

“Nós temos intensificado nosso policiamento, com Policiamento Ostensivo Geral a pé (POG), além do apoio do ciclopatrulhamento, do policiamento turístico e das nossas viaturas, que ficam estrategicamente posicionadas em pontos de relacionamentos comunitários e visibilidade. Contamos ainda com o apoio das tropas auxiliares, que atuam diuturnamente no Centro em segunda malha, como a Rocam, Força Tática e demais unidades especializadas. Tudo isso garante um policiamento eficiente para atender aos anseios do cidadão”, ressaltou.

Na região de trabalho da 24ª Cicom, foram efetuadas mais de 93 prisões em flagrante por crimes como roubo, furto e tráfico de drogas, entre janeiro e maio deste ano. Dez foragidos da justiça foram localizados no período.

Mesmo diante do cenário atípico causado pela enchente, as autoridades policiais têm se empenhado ao máximo para manter a segurança de todos os trabalhadores e frequentadores da área, salientou o capitão Thiago Abreu.

“Na montagem de serviços, a gente dá mais ênfase à área do Terminal Central, Praça da Matriz e Marechal Deodoro, locais que possuem maior concentração de pessoas que fazem compras, como também as vias com maior concentração de consumidores”, salientou.

Denúncia – Nos casos de acionamento emergencial, a população deve ligar para o serviço 190, que funciona 24 horas por dia. Também é possível ligar para o linha direta da 24ª Cicom, que funciona no telefone (92) 98842-1548.

Para denúncias, a orientação é ligar para o 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) ou fazer os relatos pelo site da secretaria no www.ssp.am.gov.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *