Polícias Civil e Militar prendem no estado do Pará homem procurado por estuprar gestante em Manaus

27 de junho de 2018 13:530 comentários

Ricardo Cunha, foi preso na segunda (25), durante ação deflagrada por policiais lotados no município de Juruti (PA).

A Polícia Civil do Amazonas, por meio do delegado Ricardo Cunha, titular do 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP), confirmou na manhã desta quarta-feira (27/06) a prisão, no município de Juruti, no estado do Pará, do foragido da Justiça Márcio Romero do Nascimento Silva, 30, autor do estupro de uma autônoma de 34 anos, que estava grávida de aproximadamente 12 semanas. O crime aconteceu na madrugada do dia 20 de maio deste ano, por volta das 2h30, em Manaus.

De acordo com Ricardo Cunha, o infrator foi preso na última segunda-feira (25/6), durante ação conjunta deflagrada por policiais civis e militares lotados no município de Juruti (PA). O fato ocorreu em cumprimento a mandado de prisão temporária, com prazo de 30 dias, por estupro, em nome de Márcio Romero. A ordem judicial foi expedida neste mês, pelo juiz Cesar Fernandes, da Comarca de Manaus. 

A autoridade policial explicou que o delito ocorreu em um terreno baldio situado na avenida Noel Nutels, bairro Cidade Nova, zona norte da capital. Câmeras do circuito interno de segurança de uma drogaria naquela localidade registraram o elemento comprando preservativos antes de cometer a prática criminosa. “Momentos depois, Márcio se aproximou da vítima e tentou convencê-la a manter relações sexuais com ele. No entanto, a mulher não demonstrou interesse à investida dele. O infrator a ficou observando e tentou uma nova abordagem, quando a autônoma caminhava em frente ao terreno baldio. No local, ele a agrediu fisicamente e ela desmaiou. Quando a mulher acordou se deparou com o infrator consumando o ato. A vítima ficou internada por nove dias em um hospital em Manaus e acabou perdendo o filho que estava esperando”, disse Cunha.

O titular do 6º DIP relatou que logo após tomar conhecido do delito representou à Justiça o pedido de prisão temporária em nome do infrator. Cunha informou que as equipes policiais do Pará chegaram até Márcio Romero após receberem denúncias. O infrator estava em uma casa no município de Juruti. Ele foi conduzido à delegacia para a confirmação da identidade dele. “Durante averiguação das informações, os policiais entraram em contato com a nossa equipe e informamos que havia, em aberto, um mandado de prisão temporária em nome de Márcio Romero. A vítima compareceu na delegacia para realizar o reconhecimento do infrator, por meio das imagens enviadas. Após a constatação dos fatos, Márcio confessou a autoria do crime e foi preso”, esclareceu o delegado.

Cunha informou que o infrator está custodiado na carceragem da Delegacia de Juruti até a conclusão dos trâmites legais no lugar. Márcio Romero deverá ser transferido para Manaus nos próximos dias. O indivíduo será indiciado por estupro e conduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (DCPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Deixe um comentário


%d blogueiros gostam disto: