Prefeitura de Manaus lança editais com mais de 82 mil bolsas de cursos de graduação, pós-graduação e idiomas

26 de setembro de 2020 18:560 comentários

Com benefícios integrais e parciais, de 50% e 75%, as inscrições devem ser realizadas pela internet. Editais foram lançados nesta sexta-feira (25).

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, lançou, nesta sexta-feira (25), três editais de processos seletivos para 2021 com mais de 82 mil bolsas de estudos para os Programas Bolsa Universidade (PBU), Bolsa Pós-Graduação (PBPG) e Bolsa Idiomas (PBI).

Via internet, a abertura das inscrições acontece de forma gradual, iniciando às 10h de quarta-feira (30), com o Bolsa Universidade. Nesta edição, o programa dispõe de 37.211 vagas, destinadas a estudantes de baixa renda e sem formação de ensino superior. As inscrições seguirão até as 23h59 do dia 13 de outubro.

Para o Bolsa Pós-Graduação, os interessados poderão se candidatar no período de 14 a 23 de outubro. O processo seletivo abre 14.284 vagas em cursos de especialização, em 178 áreas do conhecimento.

As inscrições para os cursos de língua estrangeira, ofertados pelo Bolsa Idiomas, terão início no dia 26 de outubro e seguem até 4 de novembro. A edição do programa conta com 29.557 bolsas de estudos, para sete idiomas: alemão, espanhol, francês, inglês, italiano, japonês e mandarim.

Os editais serão publicados no Diário Oficial do Município (DOM) nesta sexta e no site oficial da seleção: http://bolsa.manaus.am.gov.br.

Com benefícios integrais e parciais, de 50% e 75%, em cursos de graduação, por meio do PBU; especialização, pelo PBPG; e língua estrangeira, pelo PBI, os programas municipais de socioinclusão são coordenados pela Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), subsecretaria vinculada à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad).

Conforme o secretário da Semad, Lucas Bandiera, a pandemia de Covid-19 levou a uma oferta menor de vagas neste ano. Os benefícios concedidos pelos três programas são para ingresso em instituições de ensino particulares estabelecidas em Manaus. Do total das vagas disponíveis, oferecidas em cada instituição, 5% deverão ser destinadas às pessoas com deficiência.

O processo seletivo será dividido em três etapas: inscrição eletrônica, na qual o candidato preenche o formulário de inscrição e emite a declaração de renda familiar; classificação, realizada pelo sistema de cruzamento de dados da Espi/Semad; e, para os classificados, entrega de documentos, necessária para comprovar os dados informados.

Requisitos

Para concorrer às vagas de cursos de graduação ofertadas pelo Bolsa Universidade, o candidato deve ser brasileiro, nato ou naturalizado, residir em Manaus, possuir renda familiar per capta inferior a 1,5 salário mínimo, além de estar regularmente matriculado ou apto a se matricular em uma das Instituições de Ensino Superior (IES) parceiras do programa. O candidato também deve possuir o ensino médio completo ou equivalente, ou concluir esse até o dia 31 de dezembro.

Os candidatos ao Bolsa Pós-Graduação devem residir em Manaus e não ter formação em curso de especialização em nível de pós-graduação lato sensu ou stricto sensu. A renda familiar para o programa não deve ultrapassar a faixa de 3,5 salários mínimos (por pessoa da família).

Para concorrer ao Bolsa Idiomas, o candidato deve ser residente em Manaus, com idade a partir de 16 anos, de renda familiar per capita de 2,5 salários mínimos, estar cursando ou ter concluído o ensino médio.




Instituições participantes

O Programa Bolsa Universidade firmou parceria com 15 instituições de ensino para esse processo: Centro Universitário de Ensino Superior do Amazonas (Ciesa), Centro Universitário Fametro, Centro Universitário do Norte (Uninorte), Centro Universitário Luterano de Manaus (Ulbra), Centro Universitário Maurício de Nassau (Uninassau), Escola Superior Batista do Amazonas (Esbam), Faculdade Boas Novas (FBN), Faculdade Martha Falcão Whyden, Faculdade Salesiana Dom Bosco, Faculdade Santa Teresa, Fucapi, Instituto Amazônia de Ensino Superior (Iaes), Instituto de Ensino Superior (Materdei), Universidade Estácio de Sá e Universidade Nilton Lins.

Pelo Bolsa Idiomas, serão 13 escolas: Argus Cursos e Treinamentos, Aslan Idiomas, Cultura Inglesa, Digital da Amazônia, Faculdade Salesiana Dom Bosco, Get It Academy, Instituto Cultural Brasil-Estados Unidos (Icbeu), Inglês e Companhia, Multcursos, My Way Abroad, Faculdade Santa Tereza Idiomas, United Idiomas e Yes Idiomas.

Deixe um comentário