Professora é presa acusada de forçar alunos a fazerem sexo com ela em para aumentarem notas

Yokasta M, uma professora de 40 anos, está detida por ter oferecido boas notas aos alunos em troca de sexo.   A mulher que dava aulas na escola em Medellín, na Colômbia, disse aos alunos que os chumbava se recusassem dormir com ela. O caso foi denunciado por um rapaz que contou aos pais o que estava a acontecer.

A professora iniciava uma conversa com os alunos de 16 e 17 anos nas redes sociais e depois enviava fotografias e vídeos sexuais explícitos pelo WhatsApp.  O caso tornou-se público quando os alunos publicaram nas redes sociais as fotografias e os vídeos que a mulher lhes enviava. “Esta é a professora Yokasta, ela diz que nos chumba se não tivermos relações sexuais com ela”, pode ler-se na publicação.

Yokasta pode enfrentar 40 anos de prisão, caso seja condenada, segundo conta o jornal JosDaily.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *