Programa Leve Leite alcançará mais de 5 mil famílias em Maués

Programa Leve Leite alcançará mais de 5 mil famílias em Maués

Com menos de 20 dias após seu lançamento, o programa Leve Leite, desenvolvido pela prefeitura do município de Maués (distante 276 quilômetros de Manaus) já é considerado modelo para o reforço da alimentação familiar, tendo em vista o seu baixo custo financeiro, com grandes resultados já alcançados. O projeto vem garantir que o leite de soja esteja presente em mais de 5 mil residências ate o final do ano.

O programa foi desenvolvido com base no alarmante relatório divulgado pelo Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional do Ministério da Saúde, sobre a situação nutricional das crianças de zero a cinco anos do município em 2016, e que indicam que 6% tem magreza acentuada, 10% estão muito abaixo do peso e 36% tem altura muito baixa para a idade.

Rico em cálcio, vitaminas D e B12, além de não possuir colesterol e lactose, o leite de soja será distribuído de segunda a sexta-feira, a partir das 7h, em nove locais da cidade.

Entre as famílias beneficiadas, está a da dona de casa Lidiane Soares de  Lima, 30, que chega pontualmente todos os dias às 5h da manhã ao ponto de distribuição do bairro Edem, para buscar dois litros de leite.

Lidiane nos contou que uma das garrafas de leite, ela da para sua sogra e a outra e para o consumo dos seus 4 filhos. “Antes de ter esse leite, eles saiam muitas fezes para a escola sem tomar café, agora com o leite de soja, eles já saem com energia para estudar e aprenderem mais na escola” disse a dona de casa.

Mesmo com o foco do programa “Leve Leite”, ser voltado para as crianças, ele também atende parturientes, deficientes físicos e idosos.

Além de atender as famílias o projeto também gerou mais de 50 empregos diretos e indiretos, desde a produção do leite, a entrega e a distribuição nos postos espalhados pelos bairros da cidade.

O prefeito Junior Leite, informou que o programa trará resultados no final do ano, quando será feito um novo levantamento que indicara os índices de desnutrição, de atendimentos médicos e desenvolvimento educacional nas escolas do município.

“Nosso investimento não foi alto, mas o resultado será bem mais alto do que imaginamos, tendo em vista que além da saúde, do desempenho nas escolas, e da geração de emprego, o que mais nos anima e ver a felicidade das famílias que muitas das vezes não tinha uma alimentação se quer durante o dia para dar aos seus filhos”, pontuou o prefeito Junior Leite.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *