Quadrilha que roubou 28 mil da agencia dos Correios em Envira, já esta presa

Quadrilha que roubou 28 mil da agencia dos Correios em Envira, já esta presa
Cinco pessoas foram presas e dois adolescentes apreendidos,  suspeitos de furtar aproximadamente R$ 81 mil do cofre da agência dos Correios do município de Envira (distante 1.208 km de Manaus) segundo a Polícia Militar (PM). Com o grupo, policiais da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (1ª CIPM) conseguiram recuperar R$ 28.041,50. A informação foi divulgada no sábado (24) pela PM.
O esconderijo da quadrilha foi descoberto após a detenção de três homens e um adolescente de 16 anos, também suspeitos de participar do furto, na ultima quinta-feira (22). Segundo o major da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (1ª CIPM), Pedro Moreira, o quarteto consumiu bebidas alcoólicas e acabou dormindo em uma embarcação ancorada no porto do município, quando foi detido pela guarnição composta pelo cabo M. Alencar e a soldada Elizania.

Um dos suspeitos confirmou que planejou o roubo junto com um adolescente de 15 anos. “Nos já desconfiávamos dele, porque toda a vez que ele via uma viatura policial ele fugia. Ele também já havia se envolvido no roubo de uma agência bancária no ano passado”, disse o major.

O suspeito revelou ainda que dividiu o dinheiro sem contar. “Ele contou que pegou o montante e não contou, apenas dividiu o bolo com o menor, ficando com a maior parte. Disse ainda que teria repassado a quantia que ficou, cerca de R$ 40 mil, para um amigo, um homem de 36, guardar ”, disse o major.

Com o tal amigo, a polícia encontrou R$ 8.091,50 em espécie, que tinham sido escondidos na casa, e uma outra parte do dinheiro ele comprou peças de motocicleta, que estavam escondidas em uma mochila preta, camuflada em um terreno baldio, próximo ao lixão municipal.

O adolescente de 15 anos, que teria ficado com o restante do dinheiro, foi levado até a delegacia pelo próprio pai. Em depoimento à polícia, ele confessou participação e disse que repassou todo o dinheiro para um outro comparsa.

O suspeito de 23 anos resolveu colaborar com as investigações. “Ele levou a equipe para uma casa que fica ao lado da dele. O dinheiro estava escondido em um buraco debaixo da residência. Ele retirou o dinheiro que estava enterrado e entregou para a guarnição. O dinheiro foi conferido na presença do delegado e o valor que estava na sacola era de R$19.950,00”, disse o major Pedro Moreira.

O major explicou que, ao todo, foram recuperados R$ 28.041,50. “Todo material juntamente com as pessoas apreendidas foram encaminhadas à autoridade policial para procedimentos cabíveis. Daremos continuidade as diligências para recuperar o restante do dinheiro e identificar outros possíveis envolvidos”, pontuou o major.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *