Representantes da Polícia Civil prestigiam lançamento de sistema de bloqueio de celular realizado pela SSP-AM

Representantes da Polícia Civil prestigiam lançamento de sistema de bloqueio de celular realizado pela SSP-AM

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado-geral da instituição, Frederico Mendes, juntamente com os delegados Geraldo Eloi e Gesson Aguiar, diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) e titular da Delegacia Interativa (DI), respectivamente, participou na manhã desta sexta-feira, dia 10, às 9h, do lançamento do sistema de bloqueio de celular realizado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O evento ocorreu no Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amazonas (CBMAM), situado na Avenida Codajás, bairro Petrópolis, zona Sul da capital.

Comandado pelo secretário da SSP-AM, Sérgio Fontes, o evento contou, ainda, com as presenças dos delegados titulares dos 30 Distritos Integrados de Polícia (DIPs) da capital, das 17 Delegacias Especializadas e das seis Seccionais da Polícia Civil, além de investigadores e escrivães que atuam no expediente das referidas unidades policiais. Representantes do Comando de Policiamento de Área (CPA) da Polícia Militar do Estado também participaram do encontro.

Na ocasião, Sérgio Fontes enfatizou que o sistema permitirá o bloqueio imediato de aparelhos móveis roubados, furtados ou extraviados ainda na realização do registro do Boletim de Ocorrência (BO) nas unidades policiais da capital. A ação é uma parceria entre a SSP-AM e Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), por meio do Cadastro de Estações Móveis Impedidas (Cemi).

Conforme o secretário da SSP-AM, o objetivo do sistema é inibir  roubos de celulares em Manaus, já que os aparelhos poderão ser bloqueados entre seis a 24h. Atualmente, esse serviço de bloqueio pode ser feito pelo cliente com a operadora, de forma mais burocrática. Com a adesão do Amazonas a esse sistema, a vítima do crime ganhará mais agilidade nesse processo.

O delegado titular da DI informou que a partir da próxima segunda-feira, dia 13, o sistema estará disponível em todas as unidades policiais da capital. Gesson Aguiar explicou como irá funcionar o sistema de bloqueio de celular nas delegacias.

“O cidadão que tiver o aparelho celular roubado, furtado ou extraviado, poderá se dirigir a qualquer DIP da capital, inclusive na própria DI, no prédio da Delegacia Geral, para formalizar a ocorrência e já preenche uma solicitação do bloqueio desse aparelho. A vantagem é que no momento em que ele já estiver registrando a ocorrência ele já solicita o bloqueio do aparelho, sem precisar procurar a operadora. O prazo é de 24h para o aparelho ser bloqueado, porque as unidades policiais irão fazer o registro e passarão os dados à DI, que irá executar o bloqueio dos aparelhos”, afirmou Aguiar.

Como vai funcionar

A vítima de roubo, furto ou extravio deve apresentar os seguintes documentos para a realização do bloqueio: cópias do Registro Geral (RG) e Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovante de residência, Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e comprovação de vinculo, em caso de pessoa jurídica. Também será necessário preencher um formulário autorizando o bloqueio.

O sistema irá funcionar de segunda a sexta-feira, nos 30 Distritos Integrados de Polícia (DIPs) e Delegacias Especializadas, das 8h às 17h, assim como nas Centrais de Flagrantes que funcionam com sistema de plantão 24h, nos seguintes DIPs: 1º, 6º, 9º, 10º, 12º, 14º, 15º, 19º DIPs, além das Delegacias Especializadas em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) e em Crimes contra a Mulher (DECCM).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *