Rodoviários paralisam 13 linhas da empresa Via Verde

Rodoviários paralisam 13 linhas da empresa Via Verde

Membros do Sindicato dos Rodoviários paralisaram 13 linhas da empresa Via Verde na manhã desta quinta-feira (13). O movimento paredista, que começou por volta de 6h30 e terminou às 9h, ocorreu nos terminais de linha localizado nos bairros Petrópolis, Bairro da Paz e no conjunto Augusto Montenegro. Aproximadamente 20 mil pessoas foram prejudicadas. As linhas paralisadas atendem bairros das zonas Sul, Oeste e Centro-Oeste.

De acordo com o assessor jurídico do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), Fernando Borges, a empresa nem o Sinetram e muito menos a população foram informados sobre a paralisação, o que se configura um movimento paredista irregular.

“Mais uma vez a população foi surpreendida com paralisações irregulares. Não fomos notificados e desconhecemos o motivo do movimento paredista. Vamos informar a justiça sobre a situação para que as providências sejam tomadas. A empresa está honrando todos os compromissos com os colaboradores”, explica Borges.

Ainda de acordo com o assessor jurídico, existe uma liminar que proíbe greves, sob pena de multa de R$ 100 mil por hora e configuração de crime de desobediência. Além disso, a categoria tem a segunda melhor remuneração do Brasil. Atualmente o salário do motorista é de R$ 3.078, 43.

No último dia 26 de maio, representantes Sindicato dos Rodoviários se comprometeram junto com a Prefeitura de Manaus em não realizar mais paralisações e que qualquer assunto sobre o sistema seria submetido à Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *