Sabá Reis responde a Luiz Castro sobre gestão dos presídios

Sabá Reis responde a Luiz Castro sobre gestão dos presídios

O líder do Governo na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) deputado estadual Sabá Reis (PR), afirmou que o contrato do Governo do Estado com a empresa Umanizzare para administração penitenciária tem particularidades alheias a outros estados onde a empresa realiza o mesmo serviço.

A afirmação foi uma resposta ao discurso do deputado estadual Luiz Castro (REDE) que questionou o custo pago por preso à empresa Umanizzare, pelo Governo do Estado.

“Se analisarmos o contrato de trabalho feito no Amazonas, em comparação a outros Estados, como Minas Gerais – onde o governo decretou calamidade pública financeira, diferente do Amazonas – é como tarifa de ônibus: os componentes da tarifa são diferentes. Portanto temos de detectar os componentes do contrato e saber quais são e como são para poder avaliar os números. Os números que o deputado Luiz Castro apresentou agora há pouco são diferentes dos contratos feitos fora do Amazonas”, argumentou.

O deputado afirmou ainda que, mesmo com possíveis falhas humanas, o governador José Melo (PROS) tem feito um bom governo. “Como todo ser humano, ele não é perfeito. Mas não podemos deixar de reconhecer que o Amazonas está entre os três estados do país que são apontados como modelo de austeridade na gestão pública”, lembrou.

Caíque Varella

Caíque Varella

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.