fbpx

Saída de Weintraub foi motivada por pressão do Supremo

18 de junho de 2020 16:040 comentários

O presidente Jair Bolsonaro anunciou hoje a demissão de Abraham Weintraub do Ministério da Educação. Weintraub cai após um longo desgaste político com os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), agravado com o episódio do último domingo (14) em que compareceu a um protesto em Brasília de apoiadores do governo.




No encontro com manifestantes, sem citar ministros do STF, Weintraub voltou a usar a palavra “vagabundos”, em uma referência a afirmação dele na reunião ministerial de 22 de abril, em que disse: “Eu, por mim, colocava esses vagabundos todos na cadeia. Começando no STF”.

Deixe um comentário


%d blogueiros gostam disto: