Senador ameaça diretor da Cosama, para manter Waldivia Alencar como funcionaria

13 de março de 2019 13:200 comentários

A ex-secretária de infraestrutura Waldivia Alencar,  que já passou por três gestos (Braga , Omar e Melo) mesmo após tantas denúncias de corrupção e depois de ser presa, em 2018. Agora protagoniza uma briga entre o senador Omar Aziz e Armando do Vale, diretor da Cosama desde 01 de janeiro deste ano.

Waldívia é servidora da Cosama (em regime CLT e com salário de R$ 17 mil) há três décadas. No governo Amazonino Mendes, ela foi disponibilizada para o gabinete do vice-governador, Bosco Saraiva.



Apesar do vínculo de Waldívia com a Cosama, poucos se lembram da presença dela por lá depois que a engenheira deixou a Secretaria de Infraestrutura, em outubro de 2015. O marido dela, José Maria Pertote de Figueiredo, também é contratado da empresa desde 2001. Ganha R$ 11 mil.

De acordo com nossa fonte, a briga é seria por causa de exoneração de Valdivia Alencar, que é funcionaria da Cosama, e desde o inicio da nova gestão não deu o ar de sua graça ao trabalho.

Ainda segundo a fonte, Armando do Vale solicitou que Waldivia se apresenta-se ao trabalho, o que não aconteceu durante 30 (trinta) dias. Decorridos os 30 dias de ausência não justificada, Waldivia foi notificada a se apresentar, o que não aconteceu, sob pena de demissão por justa causa devido à caracterização de abandono de emprego.

O senador Omar Aziz, fez questão de ligar pessoalmente para Armando do Vele, para saber o que estava acontecendo e pedir para que não demite-se Waldivia. O diretor da Cosama disse ao senador que ela seria demitida por abandono de emprego caso não comparecesse. Omar taxativo e em tom ríspido disse que ele não faria isso e que em iria falar com o governador.

Passado o carnaval, Omar retornou a ligar para Armando que já havia demitido Waldivia e em tom ameaçador disse que o diretor da Cosama iria sabem quem era Omar, “Você não sabe em que se meteu isso não ira ficar assim, você vai ver” disse o Senador ao diretor da Cosama.

Deixe um comentário


TEXTO

%d blogueiros gostam disto: